Blog de Marketing Digital de Resultados

Como criar fluxos de nutrição no RD Station Marketing

Um fluxo de nutrição bem feito pode gerar resultados incríveis para a sua estratégia de marketing. Confira um passo a passo de como criar um fluxo de nutrição no RD Station Marketing

Em vez de ler, que tal ouvir o post? Experimente no player abaixo:

 

 

Faça o teste: anote em um papel todos os produtos e serviços que você lembrar e que estaria disposto a adquirir hoje. Guarde esse papel em um lugar feito para ser esquecido. Deixe um lembrete no seu calendário para olhá-lo daqui a 3 meses. Faça o comparativo: quantas das suas compras ao longo desse tempo não estavam na lista?

Provavelmente, neste meio tempo, você foi impactado por anúncios, cadastrou-se em novos sites, acessou conteúdos em locais que já estava cadastrado, recebeu emails de empresas que conhece, recebeu de empresas que nunca ouviu falar… Muita coisa aconteceu durante esse período, fazendo com que você criasse novas necessidades ou olhasse com carinho para algumas que não considerava tanto assim.

Isso acontece porque somente 3% do público está ativamente buscando por opções e querendo comprar algo. Em contrapartida, 90% sequer está pronta para uma abordagem comercial. É muita gente com poder de compra, mas como “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”, a maioria delas não fica pensando em gastar.

Neste post, vamos mostrar como desenvolver esses Leads dentro do seu funil de vendas através de um fluxo de nutrição. Para isso, utilizaremos o RD Station Marketing como referência. Peça agora mesmo um período de 7 dias de teste grátis e acompanhe o passo a passo apresentado aqui na prática!



Faça um teste gratuito do RD Station Marketing

A ferramenta tudo em um para gerenciar e automatizar suas ações de Marketing Digital

Grande parte das suas vendas futuras estão entre pessoas que hoje sequer ouviram falar de você

A maioria das pessoas, ou quase todas elas, não vão dormir e acordam pensando no seu produto. Elas estão vivendo suas vidas, refletindo sobre os boletos e se preocupando com outras coisas e assuntos que, quase nunca, envolvem diretamente o nome da sua marca.

Uma estratégia de Inbound Marketing é o começo da quebra dessa parede invisível que todos os consumidores carregam. Quando você oferece um conteúdo de qualidade e que resolve algum problema ou dúvida de seus potenciais consumidores, o primeiro contato fica muito mais fácil de ser feito. E, como todos sabemos que não existe almoço grátis, a troca de conteúdo relevante por dados já é uma prática comum e de grande aceitação por parte dos usuários. Pode colocar em prática sem medo!

Quem tem e-mail, tem tudo. Portanto, cabe à sua empresa garantir que esses possíveis consumidores que se interessaram no que você tinha a dizer continuem se desenvolvendo dentro do seu funil de vendas até se tornarem potenciais compradores. É sua responsabilidade fazer com que eles conheçam, desenvolvam confiança e cogitem fechar negócio.

Um fluxo de nutrição bem feito pode garantir que até aqueles Leads mais incompletos, que só compartilharam um e-mail com você, passem a receber todas as informações necessárias para se desenvolver dentro do seu funil de vendas.

Como montar um fluxo de nutrição no RD Station Marketing

Antes de começar a desenvolver seus Leads com um fluxo de nutrição, é muito importante que você tenha bem claro a sua jornada de compra. É ela quem irá te guiar pela construção dos emails que farão parte do seu fluxo.

Abaixo, mostraremos o passo a passo para criar um fluxo dentro do RD Station Marketing.

Preparativos

Antes de começar a montar seu fluxo de automação, é importante que você já tenha estruturado dentro da ferramenta alguns processos.

    1. Tenha separada a base de Leads que irá abordar no seu fluxo de automação. Caso tenha utilizado uma landing page, pop-up, formulário, segmentação ou integração criadas pelo RD Station Marketing, é possível escolhê-las como sendo seu ponto de partida na montagem do fluxo de nutrição;
    2. Desenhe o seu fluxo de nutrição antes de colocar em prática na ferramenta. Durante a construção do seu fluxo de nutrição, você pode notar algumas inconformidades ao longo do processo e querer realizar ajustes. Pode acontecer, por exemplo, de você desejar alterar alguma data de programação ou apagar disparos e ações. Se esses ajustes não forem feitos com atenção, seu fluxo pode ficar comprometido. Portanto, sugerimos que, antes de colocar a mão na massa, você desenhe sua estratégia. Existem ferramentas muito boas, como o Mindmeister ou o Draw.io.
    3. Crie a landing page de conversão. Se o seu objetivo é obter mais informações sobre seu Lead, como dados telefônicos ou levá-lo para outro material, o ideal é que você deixe sua landing page pronta para ser linkada nos emails que serão criados a seguir.
    4. Escreva todos os emails que serão utilizados no seu fluxo. Defina qual é o seu objetivo com esse fluxo de nutrição e pense em todos os emails necessários para que seu Lead atinja o objetivo.

Criando o fluxo de nutrição

Após todas as etapas acima estarem prontas, chegou a hora de começar a montar o seu fluxo de nutrição na ferramenta.

  • No menu superior, clique em “Relacionar”, depois em “Automação de Marketing” e logo em seguida no botão “Criar Fluxo”, disponível no canto superior direito. No RD Station Marketing você trabalhará com fluxos gerenciais. Disponibilizamos apenas esta opção, pois ela garante um maior controle da jornada do seu Lead. Em um fluxo no RD Station Marketing, você pode escolher quando o usuário sairá do seu fluxo ou se ele será direcionado para um outro fluxo de nutrição;

 

  • Dê um nome ao seu fluxo e defina uma condição de entrada na ferramenta. Ela pode ser tanto uma das segmentações de Leads que criou anteriormente ou qualquer uma das conversões feitas a partir dos recursos disponibilizados pelo RD Station Marketing, como pop-up, landing page, formulários e afins. Você também pode combinar essas condições, se assim preferir.

 

  • Selecione as ações que serão utilizadas na construção do seu fluxo de nutrição. Se você já possui o desenho de como esse fluxo será feito, é só ir arrastando os botões para montá-lo. Lembra quando você brincava de Lego? Esse é o momento de matar a saudade.

  • Você conta com duas novas opções da ferramenta: adicionar Lead a outro fluxo ou remover Lead de outro fluxo. Para mais detalhes sobre como cruzar seu fluxo com outros, clique aqui.

  • Após a construção da sua jornada, defina em que momento o Lead sairá do fluxo. Você pode permitir que ele saia do fluxo assim que chegar ao fim ou escolher removê-lo assim que seu contato receber a marcação de oportunidade (seus fluxos também são levados em consideração) ou registrar alguma conversão de sua preferência;

  • Por último, defina as configurações do seu fluxo de nutrição. Escolha se as ações acontecem aos finais de semana e se o seu lead pode voltar a entrar nesse fluxo caso respeite novamente a condição de entrada. Em tipo e nível de fluxo, a opção estará sempre marcada como “Fluxo Paralelo”;

  • Agora é só clicar em salvar e ativar para que seu fluxo comece a funcionar. Se essa é a sua primeira vez, faça um teste e cadastre seu e-mail pessoal na condição de entrada para este fluxo e acompanhe a jornada até o fim. Caso seu fluxo conte com datas muito espaçadas de disparo, crie uma cópia com espaçamento menor entre os envios para realizar o teste.

Dicas importantes durante a sua construção de fluxo de nutrição

Para garantir melhores resultados dos seus fluxos de nutrição, separamos algumas dicas simples e importantes de serem seguidas:

  • Não tenha pressa em converter. Também conhecida como “não vá com sede ao pote”. Lembre-se da jornada de compra do seu cliente e respeite o tempo que ele leva para tomar a decisão. Se você sair tentando convencê-lo a comprar um produto que ele nem sabe que precisa, muito provavelmente você terá um Lead perdido e dificilmente recuperável;
  • Seja pessoal. Assuma a identidade de uma pessoa quando escrever seus emails. Ninguém gosta de ficar falando com empresas e muito menos levam em consideração as sugestões de uma marca, pois sabem que ela sempre tem um interesse de vendas nas comunicações. Estude seu público e fale de uma maneira que o aproxime de você;
  • Acompanhe os resultados. Fique de olho nas taxas de abertura, em quantas pessoas ainda estão dentro do seu fluxo e tire aprendizado dos comportamentos que vêm sendo realizados nos seus materiais. Se ninguém está abrindo seus emails, por exemplo, pode ser que seu título não esteja tão interessante e é melhor mudá-lo. Agora também já é possível comparar a performance dos emails de um mesmo fluxo e analisar por período e intervalo de tempo, portanto faça bom uso desses recursos em prol de suas estratégias.

Espero que esse material tenha ajudado você na construção de um fluxo de nutrição para suas estratégias. Se a facilidade da ferramenta chamou sua atenção, não deixe de pedir o seu teste grátis de 7 dias para conferir essas e muitas outras possibilidades que o RD Station Marketing permite ao seu negócio.



Faça um teste gratuito do RD Station Marketing

A ferramenta tudo em um para gerenciar e automatizar suas ações de Marketing Digital

Marcadores:

Deixe seu comentário