Blog de Marketing Digital de Resultados

Como reduzir o custo de aquisição do cliente? Confira 7 dicas

Da segmentação do público ao pós-venda, veja como reduzir o Custo de Aquisição de Clientes e garantir a saúde financeira da empresa

Sua empresa precisa reduzir o Custo de Aquisição do Cliente? Se esse for o seu caso, saiba que você não está sozinho.

O Custo de Aquisição do Cliente (CAC) é calculado somando todos os gastos com aquisição de clientes é dividindo esse valor pelo total de clientes obtidos em determinado período — em um mês, por exemplo. Assim, se você gastou R$ 5 mil com aquisição de clientes em um mês e obteve 20 clientes no período, seu CAC é de R$ 250.

Essa é uma das métricas mais importantes a serem acompanhadas por uma empresa. Isso porque, a partir dela, é possível tomar decisões estratégias e estabelecer limites de investimento na captação de clientes.

Um CAC alto pode denotar que você está gastando dinheiro demais para trazer novos clientes — normalmente, considera-se que o valor é alto quando supera o do Lifetime Value (LTV).

Como ajuda a manter a saúde financeira do que negócio, reduzir o Custo de Aquisição do Cliente é desejo comum entre empresas. Mas você sabe como fazer isso? Entenda neste artigo!

Como reduzir o Custo de Aquisição do Cliente? 7 dicas práticas

1. Segmente o seu público

Para fazer campanhas de marketing mais efetivas, é importante ter o seu público-alvo bem segmentado. Para isso, a empresa pode usar ferramentas como o perfil do cliente ideal e as personas.

Isso é benéfico porque, sabendo o tipo de cliente que interessa para a empresa, será possível focar os esforços em atrair essas pessoas ou negócios, sem desperdiçar energia com aqueles que não se encaixam nesses pré-requisitos.

2. Invista em marketing de relacionamento

Depois de atrair esse perfil de cliente ideal, é preciso ficar próximo dele para mantê-lo perto por mais tempo. Uma estratégia que ajuda a reduzir o Custo de Aquisição de Cliente é o marketing de relacionamento, cujo objetivo é tornar os clientes em verdadeiros fãs da empresa.

Isso pode ser feito por meio de estratégias de email marketing, redes sociais, programas de fidelidade e outros canais.

3. Melhore as conversões do site

Você está aproveitando todas as possibilidades de conversão que o seu site oferece?

Só gerar tráfego não basta, é preciso captar as informações de contato desses visitantes.         E, é claro, qualificar esses Leads. Esses contatos qualificados estão mais próximos do funil e, sendo rapidamente convertidos em clientes, ajudarão a reduzir o CAC.

Para melhorar a taxa de conversão do seu site, uma dica é fazer testes A/B, modificando, por exemplo, os Calls-to-Action, as cores, o layout e outros elementos das páginas.

4. Invista no pós-venda

O pós-venda tem um papel importante na redução do Custo de Aquisição de Clientes, pois também ajuda a fidelizar a clientela.

A empresa pode ter um suporte de qualidade, mostrar ao cliente como aproveitar melhor o produto ou serviço, presentear os clientes mais antigos, criar conteúdo pós-venda, dentre outras estratégias.

5. Aproveite os clientes atuais

Você já pensou em aproveitar os clientes atuais para atrair outros e, assim, reduzir o Custo de Aquisição de Clientes?

Usar a sua base de clientes atual custa bem menos que atrair novos clientes do zero! Se a sua clientela atual for fiel, pode indicar amigos e familiares para a empresa. Por isso, aproveite seus clientes mais evangelizadores para atrair outros potenciais consumidores.

6. Reduza a taxa de cancelamento

A redução da taxa de cancelamento (o temido churn) também tem relação com a redução do CAC.

Clientes que cancelam costumam ser aqueles que não viram o valor no produto ou serviço e que não foram fidelizados, o que vai na contramão do que se recomenda para reduzir o Custo de Aquisição do Cliente. Portanto, a redução do churn deve fazer parte da sua estratégia.

7. Faça bons conteúdos

Um conteúdo pode ser de má qualidade por vários motivos: por ser mal escrito; por ser superficial; por não ter relação com os problemas que os seus possíveis clientes de fato enfrentam, não se encaixando na estratégia da empresa.

Quando atende a todos esses pré-requisitos e, portanto, tem qualidade, o conteúdo ajuda a atrair os melhores clientes em potencial para o seu blog ou outros canais. Esses materiais atendem às necessidades dessas pessoas, fazendo com que vejam sua empresa como autoridade e reconheçam no seu produto ou serviço uma solução para essas dificuldades.

Além da atração, o bom conteúdo serve para nutrir esses contatos ao longo do funil, aumentando a chance de descerem até o fundo, tornando-se clientes. E o melhor é que um mesmo conteúdo pode ser usado diversas vezes, reduzindo também os custos.

E você, gostou dessas dicas de como reduzir o Custo de Aquisição do Cliente? Tem alguma para compartilhar?

Além de reduzir o CAC, outra maneira de manter a saúde financeira da sua empresa em dia é precificando corretamente os seus produtos ou serviços. Afinal, um valor alto demais pode afastar os clientes, enquanto um preço baixo pode não cobrir seus custos de produção.

Para ajudar nessa tarefa, lançamos o guia Como precificar produtos e serviços e garantir bons resultados em vendas. Nele você vai aprender, da teoria à prática, a importância e os meios de precificar seus produtos e serviços. Baixe gratuitamente agora!

Guia Completo: Como precificar produtos e serviços e garantir bons resultados em vendas

Neste guia completo, você vai aprender, da teoria à prática, a importância e os meios de precificar seus produtos e serviços.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários