Blog de Marketing Digital de Resultados

Review RD Summit 2016: Como criamos uma máquina de conteúdos com volume e qualidade na RD

Confira os principais pontos da palestra de André Siqueira no RD Summit 2016 e conheça alguns segredos sobre a produção de conteúdo da RD

A palestra do head de marketing e cofundador da Resultados Digitais, André Siqueira, no RD Summit 2016 mostrou como foi criada a máquina de conteúdos com qualidade e volume na empresa. Na abertura, porém, para surpresa de todos, ele revelou que o que realmente sonhava em ser, na infância, era um tenista profissional.

Alguns obstáculos acabaram impedindo que dedicasse a vida às raquetes, mas a experiência deixou alguns aprendizados. O principal deles foi que o seu esforço é diretamente responsável por tudo aquilo que lhe acontece. A disciplina é tão importante no tênis quanto na gestão de conteúdo.

A bolinha amarela acabaria voltando à sua vida anos depois, quando ele já se destacava no marketing da RD — mas isso só vamos contar no final do post. Antes, leia os principais pontos da palestra de André Siqueira no RD Summit 2016.

Assista abaixo à integra da palestra:

Como foi o começo do blog da Resultados Digitais

Antes mesmo de existir o RD Station, a Resultados Digitais já publicava conteúdo em seu blog. A ideia era criar autoridade sobre Marketing Digital até o lançamento do produto. O segredo, diz André, foi nunca parar de escrever.

Ele aponta que podemos nos esbarrar em vãos no processo, principalmente após o começo acelerado. São momentos em que produzir fica menos fácil..

O objetivo dos fundadores da RD era que a empresa fosse a melhor do mundo para seus clientes, e o blog precisava seguir essa linha. Por isso, deveria oferecer os melhores conteúdos para resolver problemas.

Conteúdo bom tem três grandes pilares

Escrever com qualidade e eficiência é resultado de uma combinação de estratégia, comunicação efetiva e conhecimento.

  1. Por estratégia, entende-se ter uma noção clara de quem é sua persona, qual é o posicionamento da empresa e uma conduta editorial coerente;
  2. Já a boa comunicação é um pré-requisito óbvio, exigindo um texto correto e interessante — seja ele falado ou escrito;
  3. O terceiro ponto refere-se à compreensão do mercado e o entendimento profundo das dores do seu cliente. André salienta que a pessoa precisa olhar para o seu conteúdo e pensar: “esse cara vai me dar as soluções”.

Durante a palestra, ele ainda lembrou que o próprio CEO da Resultados Digitais, Eric Santos, escrevia constantemente no blog da empresa. Isso por saber como ninguém sobre a estratégia do negócio, além de ter muito conhecimento a respeito do que os clientes queriam.

André também contou que só recentemente diminuiu seu papel como escritor e editor no blog da RD, conseguindo assumir mais o papel de gestor. Ele ressalta que é fundamental encontrar alguém que reúna as características dos três pilares do bom conteúdo para liderar o projeto editorial de uma empresa.

Invista nos seus pontos fortes

O livro Descubra seus pontos fortes, de Marcus Buckingham e Donald O. Clifton, traz alguns insights para a produção de conteúdo. Seus autores apontam que, muitas vezes, as pessoas perdem tempo tentando corrigir defeitos e fraquezas para evoluir profissionalmente.

Para eles, é mais interessante identificar quais são seus pontos fortes e trabalhar para desenvolvê-los. Na produção de conteúdo, vale muito mais estudar e escrever sobre algo que você domina e é relevante para o seu mercado. O investimento para criar autoridade acaba sendo mais eficiente.

Quais são os papéis do gestor e do editor

Em resumo, André Siqueira diz que o papel do gestor de conteúdo de uma empresa é indicar o caminho, enquanto o do editor é o de botar a mão na massa.

“O editor tem que receber uma bola quadrada e dar um jeito”, enfatiza.

Cabe ao editor, também, garantir a publicação dos posts e dos materiais ricos. Na RD, esse profissional também tem um papel pró-ativo, orientando colaboradores de todas as áreas da empresa durante a produção e estruturando o conteúdo após sua entrega.

Quem escreve no blog do RD

O papel do editor de conteúdo da RD é ainda mais importante porque há uma grande diversidade de autores. Internamente, todos os funcionários são estimulados a escrever.

“É o cara de vendas que está todos os dias vendo dificuldades, problemas, que testou diferentes técnicas para dizer qual funciona e o que não funciona”, explicou o palestrante, ao comentar sobre quem escreve.

A grande maioria desses autores, porém, não têm como prioridade a escrita. Eles precisam bater metas e entregar resultados em suas respectivas áreas, o que pode gerar um problema de engajamento.

Mais uma vez, cabe ao editor ser um facilitador, indicando uma estrutura de post, por exemplo, que facilite a produção. Sempre vale a pena fazer um esforço extra para aproveitar a experiência dos colaboradores.

Como estimular a produtividade

O engajamento da equipe pode ser alcançado de diversas formas. Uma opção apresentada por André Siqueira envolve montar uma planilha aberta com o calendário de posts. As pessoas se sentem estimuladas a cumprirem com seus compromissos, até por coerência.

O editor, por sua vez, precisa ter algumas cartas na manga, caso haja um vazio na produção. É normal que isso aconteça, pois os colaboradores não têm, de fato, a obrigação de escrever. Uma atitude legal é sempre dar feedback a quem escreve, mostrar que teve boa leitura e elogios de leitores; isso vai estimular a pessoa a continuar contribuindo.

O grande vilão da produtividade, porém, pode estar disfarçado de estudo ou pesquisa. Muitas vezes já temos o conhecimento necessário para produzir o conteúdo, mas por preguiça de começar inventamos desculpas de que precisamos um maior aprofundamento no assunto. Escrever bem é escrever sempre, sabia?

Existe excesso de conteúdo?

Excesso não é a palavra ideal, mas existe, sim, a saturação de conteúdo. A Resultados Digitais fez testes e chegou à conclusão de que o número ideal de publicação é o de um post por dia. Só que isso não é um padrão: a sua empresa também precisa testar para encontrar o ritmo adequado de postagem.

Uma solução encontrada pela RD foi segmentar o conteúdo. A empresa criou o blog Agências de Resultados, que publica materiais voltados para agências de Marketing Digital.

Outra saída válida é ter guest posts em outros sites, fazendo com que as publicações alcancem novos públicos

André Siqueira - RD Summit - conteúdo de qualidade

Conclusão

Para André Siqueira, esse processo de construção de conteúdo tem funcionado. O sonho de ver a Resultados Digitais e o RD Summit crescerem não seria possível sem o conteúdo. O Inbound Marketing não para de crescer no Brasil e na América Latina, levando junto a audiência do blog e o número de clientes da empresa.

Mas o tênis, o que tem a ver com tudo isso?

André conta que foi pelo conteúdo que se tornou reconhecido e teve contato com o diretor de marketing do Grupo Guga Kuerten, Luciano Faustino. Este, por sua vez, o convidou para bater uma bolinha com o Guga.

No fim das contas, foi o sonho do conteúdo que proporcionou a felicidade da realização do sonho do menino que queria ser tenista.


Essa foi mais uma palestra da edição passada do nosso evento (você pode conferir aqui todas as palestras do RD Summit 2016 publicadas no blog).

Não perca também a edição 2017 do RD Summit. Este ano serão 3 dias de evento, mais de 8 mil participante, 8 palcos de palestras acontecendo paralelamente, mais de 80 expositores, networking, entretenimento e muito mais.

Os ingressos já estão à venda nesse link.

Ainda não está convencido? Então veja como foi em 2016:

Marcadores:

Deixe seu comentário