Blog de Marketing Digital de Resultados

A importância do conteúdo relevante na saúde: do SEO ao consultório

A produção de conteúdo é uma oportunidade para o seu consultório ou clínica receber mais pacientes

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo:

 

 

O número de pesquisas online sobre doenças, sintomas, tratamentos e profissionais que trabalham na área da saúde não para de crescer. Alguns estudos realizados nos últimos anos mostram esse crescimento e ressaltam também a importância — e a oportunidade — da produção de conteúdo relevante na saúde para estes profissionais.

Em 2016, a empresa Minha Vida, desenvolvedora de produtos digitais relacionados à saúde, realizou o trabalho Jornada Digital do Paciente.

A conclusão foi aterradora: 94% dos entrevistados afirmaram que buscam informações de saúde na internet. Esse levantamento escutou 3.800 pessoas. Outro dado interessante mostra que 78,3% das pessoas fazem as pesquisas antes e depois das consultas.

Porém, o movimento de busca por informações na internet sobre saúde é algo que acontece há ainda mais anos.  Em 2011, o estudo internacional de saúde Bupa Health Pulse, realizado pela London School of Economics (LSE), mostrou que, já na época, pelos menos, 8 em cada 10 brasileiros buscavam informações de saúde na internet (87%).

Em contrapartida, o levantamento mostrou que 25% das pessoas não verificaram a confiabilidade das fontes de informação — um dado que deve estimular os profissionais sérios a produzir ainda mais conteúdo relevante na saúde, sempre com base nos parâmetros éticos estabelecidos pelos conselhos federais.

Oportunidade para a sua imagem

Não há mais como manter-se indiferente à internet. A maioria dos pacientes vai ao Google antes e depois de ir ao consultório. As redes sociais, os sites de classificação dos profissionais e os fóruns de debate entre pacientes fazem com que, mesmo sem querer, o nome e a imagem do profissional da saúde circulem pela rede.

Nesse cenário, ter uma estratégia de marketing adequada é fundamental para que o profissional preserve a sua reputação e destaque-se da concorrência. No entanto, para isso, não basta apenas apenas criar um site ou alimentar um perfil em uma rede social. É necessário produzir conteúdo relevante na saúde.

SEO e jornada de decisão dos pacientes

As técnicas de SEO (Search Engine Optimization) permitem melhorar o seu posicionamento nos resultados orgânicos dos mecanismos de buscas, como o Google.

Para um bom resultado, é fundamental uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo. É necessário manter o foco em conteúdo relevante, planejado de acordo com a jornada de decisão dos pacientes.

A jornada de decisão contempla as etapas pelas quais os pacientes passam até realizarem a escolha por um profissional da saúde ou tratamento. É possível mapear esta jornada e direcionar a produção de conteúdo para o interesse do paciente em cada estágio em que se encontra.

A partir da jornada, entra o estudo de palavras-chave: saber os termos utilizados nas buscas na internet. Assim, é possível estruturar o conteúdo atendendo o interesse dos pacientes em cada momento. O resultado é visibilidade para o profissional da saúde.

Para saber como fazer essa pesquisa, confira o [eBook + webinar] Pesquisa de palavras-chave: o que é e como fazer.



eBook + webinar: Pesquisa de palavras-chave: o que é e como fazer

Aprenda a encontrar os melhores termos de busca pelos quais disputar no Google e trazer mais tráfego e vendas para sua empresa

Marketing de Conteúdo relevante na saúde

Desenvolver e divulgar conteúdo relevante é uma excelente estratégia de marketing na área da saúde. Diferente de ações de marketing tradicionais, a oferta gratuita de conhecimentos aproxima o profissional do seu público sem ferir a ética. Projeta a imagem do profissional como fonte de informação e autoridade na área em que atua.

O conteúdo relevante na saúde é o começo de uma trajetória que pode alavancar a imagem do profissional, clínica ou outra instituição da área no mundo digital. Com essa metodologia, o caráter “mercantilista” deixa de existir e se inicia um relacionamento muito antes do paciente chegar ao consultório.

Em vez das campanhas tradicionais, claramente comerciais, pense em fazer o seu marketing com base em conteúdo relevante na saúde. Utilize os recursos digitais disponíveis e adequados ao seu público-alvo. Site, blog e redes sociais irão ajudar você a obter visibilidade e credibilidade, dentro da ética.

Artigo escrito por Fernanda Daura, CEO da Santé Marketing em Saúde.

Marcadores:

Deixe seu comentário