Diversidade & Inclusão nas empresas: que tal avançarmos nessa estratégia?

O processo de desconstrução é necessário, urgente e contínuo, mas precisa ser acelerado; veja dicas para partir da simples sensibilização para a mobilização intencional e assertiva


A primeira lei de Newton vai dizer que um corpo em repouso (ou em movimento) tende a ficar nesse estado até que uma força seja aplicada sobre ele. Mas o que isso tem a ver com Diversidade & Inclusão nas empresas?

É comum hoje ouvirmos empresas – e pessoas – dizendo que estão vivenciando o processo de desconstrução, que tentam ter comportamentos mais inclusivos. Porém, não é uma tarefa fácil, afinal temos todo tipo de preconceito enraizado na nossa cultura coletiva e individual.

Desde 2017, aliás, o Google vem registrando um aumento nas buscas pelos termos relacionados à Diversidade e Inclusão no Brasil. Então por que o avanço nessa discussão ainda é tão devagar?

O problema acontece quando se permanece no processo de desconstrução por mais tempo do que se deve. Quando entramos nesse estágio, negligenciamos as urgências sociais que estão ao nosso redor, como o fato de que a cada 19 horas uma pessoa morre por LGBTfobia. E isso não pode acontecer!

O processo de desconstrução é necessário, urgente e contínuo, mas precisa ser acelerado. Neste post, eu vou trazer algumas dicas de como você e a sua organização podem partir da simples sensibilização para a mobilização intencional e assertiva. Vamos lá?

diversidade e inclusão nas empresas

Como ter mais Diversidade & Inclusão na sua empresa

Eu tenho certeza de que, na sua trajetória profissional, você já deve ter lido vários estudos que afirmam o quanto dizer “sim” para tudo pode prejudicar sua produtividade, suas entregas e a gestão do seu próprio tempo. Possivelmente eles estão certos.

O que, talvez, você não tenha visto por aí é que dizer “sim” tem um efeito colateral impressionante: quando se trata de Diversidade & Inclusão, essa atitude fará muito bem à sua empresa.

Isso acontece porque, ao dizer “sim” para D&I, você não só impulsiona uma transformação social como também acelera seus processos de inovação dentro da própria organização. Não é segredo pra ninguém que empresas diversas são naturalmente mais inovadoras e disruptivas. 

O simples fato de você facilitar os processos da sua empresa, quando se trata de assuntos relacionados a Diversidade & Inclusão, já é uma forma de dizer sim para essa pauta.

O que vou apresentar agora são 3 iniciativas que iremos chamar de “força motora”. Elas irão te ajudar a avançar nas estratégias de Diversidade e Inclusão da sua empresa:

Força motora #1: Crie vagas afirmativas

Ações afirmativas são iniciativas focadas em grupos que sofrem discriminação étnica, racial, de gênero e/ou religiosa. É uma forma de trazer protagonismo para pessoas que estão dentro de um ou mais desses marcadores.

Ao criar vagas afirmativas, sua empresa se torna uma força de atração que aproxima as pessoas que vivem à margem da sociedade, devido às suas diferenças, para o epicentro social do que é aceito.

Isso gera um movimento em cadeia. Ora, quanto mais pessoas diversas estiverem ocupando espaços de destaque, mais elas serão referência e prova social para outras pessoas que partem de um contexto semelhante. “Se ela conseguiu eu também consigo”, é o pensamento natural.

Não ache que será uma tarefa fácil, mas existem uma série de consultorias e especialistas no mercado que poderão te ajudar nesse desafio. O importante é trazer intencionalidade para essa causa e se posicionar como uma empresa verdadeiramente aliada à causa LGBTQIA+.

>> Leia mais: Como promover a diversidade e inclusão nas empresas com iniciativas práticas de acessibilidade

Força motora #2: Incentive a criação de coletivos de diversidade

Diversidade, Inclusão e Acessibilidade são pautas que exigem maturidade. É comum vermos empresas realizando ações sem terem nenhuma noção do que estão fazendo. Como um antídoto para esse ato falho, uma boa estratégia é incentivar a criação de coletivos de diversidade dentro da sua própria organização. 

Isso não vai substituir a contratação de uma consultoria ou um especialista para nortear as estratégias que a sua empresa deverá seguir, mas poderá ser um ótimo ponto de partida para quem quer iniciar essa jornada.

Vale lembrar que os coletivos de diversidade devem estar alinhados com os objetivos que a sua empresa quer alcançar com D&I. Isso não significa que eles precisam obrigatoriamente seguir a mesma estrutura organizacional da sua empresa. 

A principal entrega que um coletivo pode fazer é justamente desconstruir estruturas normativas e abrir espaço para novas formas de organização empresarial. O seu papel é apoiar e incentivar esse movimento.

>> Leia mais: Grupos de afinidade como estratégia de inclusão e diversidade

Força motora #3: Desenvolva pessoas LGBTQIA+

De nada adianta contratar pessoas diversas se sua empresa continua mantendo todas elas na base da pirâmide de colaboradores. Segundo a Forbes, menos de 0,5% dos CEOs da lista de 500 maiores empresas do mundo são LGBT

Isso significa que também é responsabilidade das empresas desenvolver pessoas LGBTIQIA+ para ocuparem cargos de especialistas e líderes de média e alta gestão.

Construir e promover programas de desenvolvimento de líderes, criar goals de desenvolvimento e dar oportunidades para esse crescimento acontecer são excelentes formas de você contribuir para a escalada pessoal e profissional de uma pessoa LGBTQIA+. 

E tudo bem se a sua empresa não tiver espaço para mais uma liderança ou mais uma pessoa especialista, vale muito também o seu comprometimento em formar essas pessoas para o próprio mercado! 

Ignorar esse compromisso é abrir mão da responsabilidade de educar pessoas, que muitas vezes é colocada somente nas costas das pessoas que possuem um ou mais marcadores sociais.

>> Leia mais: Suelen Marcolino, do LinkedIn, reforça a importância da diversidade nas empresas

Abraçar a Diversidade & Inclusão nas empresas é dizer mais “sim”

Tudo bem se você não souber por onde começar. Tudo bem também se você não conseguir aplicar todas essas forças de uma única vez na sua empresa. Contudo, é importante que você saiba que – assim como a terceira lei de Newton – para toda força de ação existe uma força de reação que pode elevar a sua empresa para um novo patamar social: um patamar mais consciente, mais diverso e mais inclusivo.

E eu não vou te dizer todos os benefícios que essa nova posição vai gerar para o seu negócio, isso você pode encontrar no LinkedIn, por exemplo. O que quero te lembrar é que pensar em Diversidade e Inclusão deixou de ser uma necessidade e passou a ser estratégia de sobrevivência. Nenhuma sociedade ou empresa vive se não começar a agir intencionalmente sobre essa pauta.

E aí, por onde você vai começar? Abaixo, veja o tema escolhido pelo coletivo Pride To Be, da RD Station, para o Dia do Orgulho LGBTQIA+ 2021:

Deixe seu comentário

Comentários