O que é Endomarketing? Saiba como usar e 13 ações para motivar seus colaboradores

O Endomarketing não é só um diferencial, é uma necessidade para sua empresa crescer


Endomarketing, ou Marketing Interno, é um conjunto de ações que visa desenvolver um bom ambiente de trabalho para os colaboradores. Entre elas estão campanhas de satisfação, programas de bem-estar, fortalecimento da cultura da empresa e políticas de benefícios para os trabalhadores.


Colaboradores engajados e comprometidos com o crescimento da empresa. Qual gestor não sonha com esse cenário? Porém, na hora da prática, muitos não conseguem liderar suas equipes, o que consequentemente acarreta o aumento do turnover, a rotatividade de funcionários.

Nesse cenário, praticar o Endomarketing é fundamental, pois é ele quem vai melhorar a imagem da empresa entre os seus colaboradores. Não sabe do que se trata? Nós contamos neste post!

Como estruturar times de Marketing e Vendas

Tudo o que você deveria saber sobre gestão de time está aqui. Este eBook surgiu para ajudar você a construir equipes de Marketing e Vendas efetivas e aplicáveis à estrutura do seu negócio.

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

O que é Endomarketing?

Voltado para ações internas da empresa, por isso também chamado de Marketing Interno, o Endomarketing é um conjunto de ações que visa desenvolver um bom ambiente de trabalho para os colaboradores.

No Brasil, o termo foi utilizado pela primeira vez em 1975 por Saul Bekin, especialista e pioneiro do assunto no Brasil. Gerente da empresa Johnson & Johnson à época, Bekin percebeu que era necessário desenvolver uma integração maior entre os seus funcionários.

Desde então, ele tem sido explorado e executado por várias empresas que buscam se posicionar melhor no mercado. O Endomarketing não se trata apenas de criar uma comunicação com os colaboradores, mas sim de envolvê-los em estratégias e ações voltadas para alcançar resultados.

Quando bem elaborado, o Marketing Interno pode trazer resultados significativos para uma corporação, além de torná-la referência no mercado pela sua boa reputação entre os colaboradores.

Como funciona o Endomarketing?

Trabalhar o Endomarketing nas empresas, muitas vezes, é um desafio. Especialmente quando ainda acreditam que o Marketing é apenas uma estratégia que deve ser executada externamente, com foco total nos clientes.

Muitas empresas que já entendem a importância dos seus colaboradores conseguem criar uma comunicação efetiva e um ambiente de trabalho mais participativo. Porém, para que o Endomarketing seja executado da melhor forma, é fundamental que o time de Marketing esteja aliado com o setor de RH.

Como o RH é um setor estratégico, que está sempre em contato com os colaboradores, fica mais fácil entender quais são os principais desafios a serem enfrentados. Dessa forma, esses dois times precisam dialogar para traçar estratégias reais e encontrar soluções para os problemas encontrados.

Para te ajudar a entender melhor, detalhamos, no próximo tópico, a diferença entre Comunicação Interna e Endomarketing, que muitas vezes são tratados como semelhantes.

Comunicação Interna x Endomarketing: entenda as diferenças

Muita gente confunde os dois termos por acreditar que eles possuem o mesmo foco: o público interno. Entretanto, apesar de complementares, a Comunicação Interna e o Endomarketing apresentam ideias diferentes.

A Comunicação Interna, por si só, envolve processos de informação. Ou seja, ela é utilizada para transmitir informações de uma organização por canais internos ou de lideranças para colaboradores. Assim, a equipe recebe as informações transmitidas pelos canais oficiais e tomam atitudes alinhadas com a organização.

>> Leia também: Comunicação Interna na pandemia: como a RD adaptou seus canais mantendo o engajamento do time

Quando falamos de Endomarketing, nos referimos ao incentivo e a interação entre colaboradores e empresa. Dessa forma, esse termo não se refere apenas às formas como os colaboradores vão receber uma informação, mas sim sobre as ações desenvolvidas para criar um relacionamento com esses profissionais e conseguir gerar melhor a equipe.

No Endomarketing o foco é na integração, alinhamento de metas, objetivos e feedbacks. Por isso, é preciso estar atento às diferenças para não confundir as estratégias dentro de uma organização.

Vale lembrar, também, que o Endomarketing está mais acentuado a ações a longo prazo, já a Comunicação Interna atua de forma imediata. Porém, é importante frisar que ambos visam benefícios para a empresa, como organização e lucratividade.

Agora que você entendeu a diferença entre essas duas estratégias, entenda, na prática,  como manter seus colaboradores engajados com o propósito da sua marca.

13 ações para motivar colaboradores nos ambientes corporativos

1. Desenvolva ações de melhorias para a comunicação interna

Parece óbvio, porém muitas empresas que querem começar a implantar o Endomarketing não desenvolvem bem a sua comunicação interna. E quando falamos disso, não nos referimos apenas a quadros de gestão à vista ou e-mail padrões. Para criar uma comunicação interna e eficiente, é preciso ir além.

Desenvolva ambientes onde os colaboradores também possuam vozes ativas para fornecer feedbacks e sugestões para a empresa. Isso só fortalece a cultura do envolvimento na tomada de decisões importantes.

2. Crie políticas de benefícios

Conhece aquela famosa frase “é dando que se recebe?”. Pois bem, ela também é aplicável no dia a dia das empresas. Muito além dos famosos vales, você deve encontrar formas de reconhecer e premiar um colaborador que realiza ações benéficas para a empresa.

Metas cumpridas, estratégias lançadas, soluções para o dia a dia… Tudo isso é motivo para demonstrar ao seu colaborador o quanto ele é importante e especial para a equipe.

3. Ofereça capacitações

Nada melhor que contar com colaboradores atualizados nas principais novidades do mercado. Então, ofereça cursos e treinamentos com uma boa frequência para que eles estejam em constante aprendizado.

Isso será positivo para ambas as partes. A empresa contará com profissionais qualificados e preparados para novas soluções, enquanto o profissional tem a chance de se especializar.

4. Promova ações de interação

Investir em ações informais que promovam a interação entre os colaboradores das mais variadas áreas é fundamental para estreitar relações. Isso evita competições desnecessárias entre setores diferentes e estimula um ambiente colaborativo.

Eventos internos, confraternizações, aniversariantes do mês… Essas são apenas alguns eventos que podem ser realizados com frequência. Sempre com foco na boa convivência e troca de experiência.

5. Realize campanhas de satisfação

A pesquisa de satisfação é, muitas vezes, elaborada para entender as dores e necessidades dos clientes. Então, que tal realizar também essa pesquisa para entender melhor os seus colaboradores?

Isso permite identificar quais são as opiniões deles em relação à empresa, além de entender pontos negativos que muitas vezes passam despercebidos. Ou seja, essa é uma ação fundamental do Endomarketing, pois permite que entender diversos pontos sob o olhar do colaborador.

Assim fica mais fácil e assertivo propor soluções para necessidades reais e não especuladas.

6. Planeje ambientes agradáveis

Nada melhor que trabalhar em um ambiente que inspire criatividade e inovação. Dessa forma, é fundamental que os ambientes corporativos possuam áreas para compartilhamento de ideias, espaço para alimentação e outros ambientes que torne tudo mais acolhedor.

Além disso, também é importante que a identidade visual da empresa esteja sempre presente. Isso gera identificação e faz com que o colaborador sinta-se inserido em todos os ambientes.

7. Foque em uma cultura inovadora

Chega de ficar preso às tecnologias obsoletas que só demandam tempo e esforço dos colaboradores. Para isso, mantenha suas equipes em constante inovação.

Novas ferramentas de trabalho e novas abordagens de processos, por exemplo, são soluções que criam uma cultura inovadora na empresa. Afinal, a inovação não se faz apenas com ferramentas, mas com novas perspectivas sobre processos antigos.

8. Estabeleça metas

Criar metas é uma boa estratégia para manter os colaboradores motivados, desde que elas sejam tangíveis. Isso porque de nada adianta trabalhar para alcançar algo fora da realidade.

Com metas bem estabelecidas, o colaborador  visa ao sucesso da equipe e ao alcance de bons resultados.

9. Ofereça programas de bem-estar

Nem todo mundo gosta de trabalhar sob pressão. Na maioria das vezes, o que todos procuram é um ambiente leve e descontraído para produzir. Pensando nisso, promover o bem-estar é uma ótima solução para manter os colaboradores engajados.

Ginásticas laborais e espaço para meditação, por exemplo, são algumas iniciativas que oferecem bem-estar aos colabores na correria do dia a dia.

10. Não seja apenas um chefe, seja um líder

Pessoas gostam de se inspirar em outras ao longo da caminhada. Dessa forma, um chefe que assume o papel de líder também motiva seus colaboradores. Por isso, sempre abra espaço para diálogos e feedbacks. Isso faz com que a equipe se mantenha próxima.

11. Faça reuniões descontraídas

Reuniões costumam ser momentos temidos por muitos colaboradores, pois é quando os problemas e cobranças aparecem. Dessa forma, promova reuniões descontraídas e não apenas com foco nos problemas.

Com um ambiente mais leve, torna-se natural encontrar soluções em vez de apenas problemas. Ou seja, não faça com que reuniões sejam apenas momentos de tensão, mas sim oportunidades para propor soluções e estratégias.

12. Forneça feedbacks para motivar

A conversa com o chefe geralmente é um momento evitado por muitos colaboradores. Isso porque, muitas vezes essa situação, só ocorre para informar demissões ou advertências.

Conversas com líderes devem ser momentos agradáveis, de aprendizado e trocas. Para isso, incentive a cultura do feedback positivo. Assim o colaborador saberá identificar quais ações realizadas foram positivas, além de receber estímulo para melhorar cada vez mais.

13. Comemore resultados com a sua equipe

Pouco adianta estabelecer metas e cumpri-las se você não comemora os resultados positivos.  Isso é fundamental para que os seus colaboradores entendam a importância que cada ação estabelecida representa para a empresa.

Benefícios do Endomarketing para as empresas

Agora que você aprendeu a realizar ações importantes para motivar colaboradores, entenda por que é tão importante assim implementar o Endomarketing no dia a dia da sua empresa.

Quando bem executado, ele pode oferecer:

  • Produtividade;
  • Criação de equipe qualificada;
  • Mais engajamento com as necessidades da empresa;
  • Objetivos bem definidos;
  • Inovação constante;
  • Qualidade na execução de tarefas.

Esses são apenas alguns dos inúmeros benefícios. E o melhor: essa estratégia pode ser aplicada à qualquer empresa, independente do porte e quantidade de funcionários.

Com um Marketing interno bem definido, tanto o funcionário quanto a empresa ganham. Isso porque o potencial de crescimento e visibilidade são fatores primordiais para uma empresa.

4 cases de sucesso de Endomarketing para você se inspirar

Netflix

Essa plataforma de streaming, conhecida pelo mundo afora, também é referência quando o assunto é Endomarketing. Isso porque, em seu ambiente interno, a Netflix desenvolve uma cultura onde os  funcionários são inspirados a ponto de ter autonomia para tomar decisões pelo bem da marca.

Além disso, seus escritórios são completamente personalizados, com muitas referências a suas produções, fotos e mobílias temáticas. Ou seja, os colaboradores vivenciam o que trabalham e consequentemente sentem-se inseridos naquele ambiente.

Magazine Luiza

A Magazine Luiza, sucesso de vendas em todo o Brasil, adotou uma postura bem valorizada: a descentralização do poder. A empresa oferece vários programas participativos, além de incentivos e treinamentos para os seus funcionários.

Dessa forma, a empresa conseguiu se tornar a queridinha de muitos brasileiros, sendo um modelo de referência para muitas outras empresas, independente de ramo de atuação.

Citibank

A Citibank é uma instituição reconhecida pela sua tradição. Para melhorar ainda mais essa imagem, a empresa criou uma campanha que seria implementada apenas no Brasil, porém o sucesso foi tanto que logo foi replicada em várias outras unidades da América Latina.

Chamada de “Sou mais Citi”, a ação de comunicação interna reunia várias fotos espontâneas de funcionários com a mão no peito. A campanha foi bastante positiva e inspirou vários funcionários, que se sentiram parte fundamental da organização.

Toyota

Essa empresa, muito valorizada no mercado, trabalha com foco na integração e criatividade da equipe. Ela investe bastante tempo para entender as necessidades dos seus funcionários, além de estar aberta a sugestões de ideias e melhorias.

Na Toyota, todo colaborador passa por cinco meses de treinamento, em que aprendem os valores e posicionamento que a marca trabalha desde o seu surgimento. Dessa forma, o profissional ganha conhecimento e autonomia para propor inovações.

O resultado, claro, é o colaborador cada vez mais valorizado e satisfeito.

Endomarketing pede uma equipe engajada

Depois de entender um pouco mais sobre como funciona o Endomarketing e como ele pode ser implementado de forma eficiente em uma empresa, chegou a hora da execução.

Mas não se esqueça que todos os detalhes aprendidos fazem parte de um processo que possui uma peça fundamental: uma equipe totalmente engajada.

Então, não deixe de mantê-los sempre motivados com o crescimento pessoal e profissional. Esse com certeza será um grande diferencial para que a sua empresa vire uma boa referência no mercado.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários

Um comentário

  1. Fernanda

    Gostaria de dicas de pós graduação em endomarketing