Blog de Marketing Digital de Resultados

Estratégias de Marketing: conheça os principais tipos

Qual será a estratégia de Marketing ideal para a sua empresa? Provavelmente mais de uma! Conheça os principais tipos

Marketing, de acordo com o guru Peter Drucker, é a ciência e arte de explorar, criar e proporcionar valor para satisfazer necessidades de um público-alvo com rentabilidade. Já para a Associação Americana de Marketing (AMA), é a atividade, conjunto de instituições e processos para criar, comunicar, entregar e oferecer trocas com valor para os consumidores, clientes, parceiros e sociedade em geral. Qual definição você prefere?

Independentemente da linha adotada – seja a mais sucinta de Drucker ou a mais ampla da AMA – o fato é que existem muitas formas de se comunicar com esses públicos. Essas formas são divididas em tipos de estratégia de marketing, que podem variar em formato, conteúdo, abordagem e, até mesmo, posição dentro do funil. Em um mundo ideal, a sua empresa pode combinar vários, atacando em múltiplas em frentes.

Neste post, vamos mostrar os principais tipos de estratégia de marketing, com suas características, ideias e conceitos. Continue lendo!

Semana das Estratégias de Marketing Digital para tempos de crise

Em meio a tantas mudanças rápidas, você precisa criar ações o quanto antes para minimizar o impacto dos próximos meses.

Principais exemplos de estratégia de marketing

Vamos falar de 11 tipos de estratégia de marketing. São eles: Digital, de Conteúdo, Inbound, Outbound, de Relacionamento, de Produto, de Guerrilha, Viral, Endomarketing, Social e Pessoal.

Como dissemos acima, eles não são isolados entre si. Muitos conceitos se cruzam e são complementares. Um bom planejamento estratégico de marketing conta com ações de diferentes tipos, adaptadas à realidade do negócio.

Índice

Marketing Digital

A internet faz parte da nossa vida de tal maneira que é praticamente impossível fazer algo sem ela. De coisas simples, como obter o endereço de uma farmácia, até coisas mais complexas, como realizar pesquisas de opinião pública ou desenvolver um software de controle de caixa, quase tudo passa pela internet.

Assim, é cada vez mais raro ver as pessoas desconectadas com a internet ao alcance dos dedos em seus smartphones. E se a nossa rotina mudou completamente com a internet, com o processo de compra isso não seria diferente.

Procuramos produtos e serviços que queremos na internet, seja para pesquisar os melhores preços quando já sabemos o que queremos ou para buscar informações sobre determinado produto ou serviço quando ainda estamos estudando a possibilidade de compra.

Por fim, usamos a internet também para descobrir mais sobre um problema que temos, isso quando ainda nem sabemos se existe uma solução para nos ajudar…

Isso tudo é Marketing Digital: conjunto de estratégias voltadas para a promoção de uma marca na internet, usando diferentes canais online e métodos que permitem a análise dos resultados em tempo real.

As possibilidades de aplicações do Marketing Digital são múltiplas. No entanto, existem técnicas que se destacam por serem muito usadas e quase sempre trazerem resultados positivos. São elas:

  • Produção de Conteúdo;
  • Email;
  • Redes Sociais;
  • Otimização de Conversão – CRO;
  • Otimização para Motores de Busca – SEO.

O vídeo abaixo mostra como fazer um Plano de Marketing Digital do zero:

Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo é uma estratégia de marketing focada na criação e distribuição de conteúdo relevante, sem promover explicitamente a marca. Com ele, a empresa ajuda seu público-alvo a resolver seus problemas e vira uma autoridade no assunto.

Essa estratégia de marketing informa as pessoas para fazer com que elas não só respeitem a sua marca e a vejam como referência, mas também – e principalmente – se tornem seus clientes. Quem sabe até fãs!

Sem uma estratégia bem arquitetada, porém, o Marketing de Conteúdo não é o suficiente para gerar os melhores resultados. O método entrega resultados, mas é preciso dedicar-se ao planejamento e à estratégia.

Uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo pede formatos variados, dentro do que fizer sentido para o seu negócio. Alguns dos mais populares são

  • Blog;
  • eBooks;
  • Vídeos;
  • Redes Sociais;
  • Emails.

Marketing de Conteúdo, portanto, não se resume a escrever um texto em um blog, postá-lo no Facebook e aguardar que os resultados apareçam magicamente.

Você precisa planejar o que escrever, quando publicar, em quais canais divulgar, quais formatos usar, qual persona atingir e, fundamentalmente, qual resultado alcançar.

No vídeo abaixo, você descobre como fazer uma estratégia de Marketing de Conteúdo:

Inbound Marketing

Inbound Marketing é o conjunto de estratégias de marketing que visam atrair e converter clientes usando conteúdo relevante. Com ele, a empresa não vai atrás de clientes, mas explora canais como mecanismos de busca, blogs e redes sociais para ser encontrada.

Essa atração é conquistada oferecendo conteúdos de qualidade para o seu público. Como a produção de conteúdos é o principal combustível para o Inbound, é necessário que o público perceba valor neles e, portanto, que você se comunique com as pessoas certas.

Assim você primeiro tem que saber quais são os interesses, dúvidas e desafios do seu público. Dessa forma, poderá oferecer materiais que ajude as pessoas ou empresas a resolverem os problemas que têm.

Essa estratégia de marketing pode, ainda, fazer esse público perceber uma oportunidade que não tinha se dado conta – e a solução é exatamente o serviço ou produto que você oferece.

Esse caminho é o que chamamos de funil de vendas. Nele, o objetivo da sua empresa é ajudar esse público a “caminhar” até o fundo desse funil, convertendo-o em clientela.

O vídeo abaixo disseca a estratégia de Inbound Marketing:

Outbound Marketing

O Outbound é a estratégia de marketing tradicional. Tem como objetivo trazer clientes oferecendo serviços ou produtos, indo ativamente atrás dos clientes. Assim, não necessariamente gera o interesse genuíno desse possível consumidor na sua empresa.

Esse tipo de marketing cresceu muito com o uso de propagandas no rádio, TV, jornais, revistas, mala direta, cartazes, patrocínio de eventos, ou seja: nos meios mais tradicionais de publicidade.

O Outbound vive no meio digital também. Você já deve ter tido um vídeo interrompido no YouTube por uma propaganda, certo? Banners em sites de notícias, emails em massa e pop-ups de terceiros são alguns tipos de publicidade presentes nessa metodologia.

O investimento no Outbound costuma ser bem mais caro. E se, por exemplo, você precisar cortar o investimento de uma hora para outra, vai sumir da mídia. Isso não acontece no Inbound, pois seus conteúdos continuam na internet e podem ser acessados a qualquer momento.

Marketing de Relacionamento

Marketing de Relacionamento é a reunião das estratégias de construção e disseminação de marca, prospecção, fidelização e criação de autoridade no mercado. Sua meta é ajudar as empresas a conquistar novos clientes e fidelizá-los.

Uma estratégia de Marketing de Relacionamento bem executada pode fazer, ainda, com que esses clientes se tornem fãs, defensores e divulgadores da marca.

Assim, é possível tornar-se referência no mercado oferecendo boas experiências aos usuários. Para conseguir isso, a empresa desenvolve um relacionamento em que oferece vantagens para clientes e prospects.

A Apple é um exemplo de empresa que entendeu bem como fazer isso, e assim conquistou legiões de fãs devotos. Como você pode notar, o resultado são clientes satisfeitos, o que se reflete nas vendas, no faturamento e na sobrevivência da sua empresa.

Marketing de Produto

O Marketing de Produto é o segmento que divulga e comercializa o produto propriamente dito para Leads, clientes recorrentes e outros. Essa estratégia de marketing também tem a a fundamental responsabilidade de apresentar um novo produto da empresa ao mercado.

O foco é conectar o produto da empresa com as pessoas, encontrando, dessa forma, o público ideal deste produto. Entre algumas funções desse segmento do Marketing estão:

  • Posicionamento do produto;
  • Criação da mensagem da empresa sobre o produto;
  • Desenvolver o diferencial competitivo do produto;
  • Alinhar as equipes de Vendas e Marketing.

Costumamos falar em 7 estágios do Marketing de Produto:

  1. Desenvolvimento do perfil dos consumidores;
  2. Posicionamento e mensagem;
  3. Educação da empresa sobre o posicionamento e mensagem;
  4. Criação de um plano de lançamento;
  5. Elaboração de conteúdo para o lançamento;
  6. Treinamento da equipe;
  7. Lançamento.

Marketing de Guerrilha

Marketing de Guerrilha é uma estratégia que pode ser adotada quando uma empresa deseja promover produtos e serviços com uma abordagem pouco convencional. É uma tática alternativa, feita para impressionar e criar uma experiência memorável no consumidor. Às vezes, até mesmo provocar uma reação, pois mexe com a emoção.

Para uma campanha de marketing de guerrilha ser bem-sucedida, não é necessário gastar muito dinheiro. Aliás, em geral, a ideia é justamente ampliar o alcance da mensagem gastando menos. É mais importante ser criativo e energético.

Ações desse tipo de marketing são feitas, muitas vezes, em lugares públicos, de grande circulação de pessoas. Os exemplos mais comuns são shopping centers, parques e praias.

Marketing Viral

Marketing Viral é uma estratégia de marketing que pretende explorar as conexões entre as pessoas, espalhando-se e viralizando. É considerada uma técnica mais barata que as ações tradicionais, pois a mídia utilizada é o próprio público-alvo.

Na era das redes sociais, com certeza você já foi impactado por uma campanha de marketing que viralizou. Algo que foi compartilhado por milhares – talvez até milhões – de pessoas, tomando conta das conversas e das timelines.

O Marketing Viral tem elementos em comum com o Marketing de Guerrilha, porém fica mais no mundo digital, enquanto o outro tipo tem ações mais físicas, no mundo real.

Endomarketing

O Marketing, como vimos, é a comunicação da empresa com o mercado. Já o Endomarketing nada mais é do que a estratégia de marketing para os próprios funcionários da empresa.

Esse segmento utiliza estratégias do Marketing tradicional para reforçar a imagem da empresa e dos produtos para seus próprios colaboradores. O objetivo é engajá-los, para que se tornem embaixadores da marca.

O Endomarketing pode ser um aliado do departamento de Recursos Humanos, pois tem um papel muito importante para o público interno. Integrando as relações entre empresa e funcionários com uma comunicação uniforme, a cultura da empresa acaba sendo compartilhada entre todos.

Entre os benefícios do Endomarketing estão: motivação, otimização da produtividade, menor rotatividade de funcionários, colaboradores mais fiéis e comprometidos, clima organizacional mais agradável e saudável, qualidade de trabalho e bem-estar.

estratégia de marketing

Marketing Social

O Marketing Social coloca em prática campanhas cujo objetivo é reduzir ou solucionar problemas sociais. Esse problemas geralmente estão ligados a saúde, educação, trabalho, moradia, transportes e nutrição.

Assim, as técnicas de marketing promovem o bem-estar social. São definidos objetivos, metas, avaliações, dentre outros, comuns a campanhas de marketing. A ideia é fazer o público se sentir parte de uma causa e que seja sensibilizado, contribuindo com ela.

Pensando do ponto de vista do mercado, uma estratégia de Marketing Social é uma forma de conquistar e fidelizar clientes. Em um mundo que as pessoas estão preocupadas com causas, a responsabilidade social é também um diferencial competitivo.

Para ser bem-sucedido em uma campanha de Marketing Social, identifique os valores dos seus clientes. Assim, poderá levantar causas que estejam de acordo com esses valores e escolher aquelas para as quais sua empresa vai se dedicar.

Marketing Pessoal

Marketing Pessoal é o conjunto de ações que buscam aumentar o valor da sua imagem pessoal. Ou seja, é o marketing da sua marca pessoal, para que as outras pessoas vejam você de forma positiva.

Não pense que a ideia é fingir ser algo que não é. Na verdade, o foco é ressaltar os aspectos mais relevantes a respeito da sua personalidade e do seu trabalho. Com as estratégias certas de promoção pessoal, você conseguirá se sobressair.

Assista aos webinars da Semana de Marketing Digital para Tempos de Crise

Agora que você conhece os tipos de estratégia de marketing, poderá direcionar seus esforços naqueles que fizerem mais sentido. No contexto de crise que estamos vivendo, o Marketing Digital pode ser a melhor opção. Ela costuma trazer mais resultados com menos custos, ajudando os negócios a enfrentar essa época difícil.

Assim, convidamos você a se inscrever na Semana de Marketing Digital para Tempos de Crise. Serão 5 webinars entre os dias 13 e 17 de abril, com especialistas do mercado. Para garantir o seu lugar, basta preencher o formulário abaixo, é gratuito.

Semana das Estratégias de Marketing Digital para tempos de crise

Em meio a tantas mudanças rápidas, você precisa criar ações o quanto antes para minimizar o impacto dos próximos meses.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários