Blog de Marketing Digital de Resultados

Dicas práticas para otimizar resultados com anúncios no Facebook e no Instagram, por Fabio Prado Lima #RDSummit

Para anunciar em plataformas como Facebook e Instagram é preciso contar as histórias certas, para pessoas certas, no momento certo

Este post faz parte do RD Summit Live Show, a cobertura completa do RD Summit 2019. Além de artigos, teremos entrevistas com palestrantes, fotos, vídeos e mais durante os três dias de evento. Visite a página da cobertura e fique por dentro de tudo!

O fundador e diretor da AdResults, Fabio Prado Lima, já é bem conhecido nos eventos da RD. Na edição de 2019 do RD Summit, ele trouxe dicas práticas para quem quer otimizar resultados no Facebook Ads e no Instagram Ads.

De acordo com Fábio Prado Lima, 74 milhões de brasileiros já estão no Instagram, enquanto cerca de 130 milhões estão no Facebook. Anunciar nessas plataformas traz grandes oportunidades, mas também é preciso contar as histórias certas, para pessoas certas, no momento certo, usando empatia.

Assista nossos webinars sobre Mídia Paga

Aprenda a atrair mais oportunidades de negócio e vendas com canais pagos como Facebook Ads, Google Ads, Native Ads e outros modelos de anúncio

 

“Às vezes a gente só comunica razão, mas o conteúdo também precisa se comunicar com a parte emocional do público”, diz.

Ele sugere pensar em anúncios para cada estágio do funil. No topo, por exemplo, o foco são os públicos semelhantes, dados demográficos, comportamentos e interesses, e você pode excluir quem já interagiu com a empresa, por exemplo visitantes do site, Leads, compradores e fãs.

Já no meio, foque em visitantes do site, Leads, fãs e envolvedores, e exclua os compradores. No fundo, por sua vez, é o momento de incluir quem adicionou produtos ao carrinho, mas não concluiu a compra, e excluir, mais uma vez, os compradores. 

fabio prado rd summit 2019

Muitas pessoas também perguntam quanto investir. A resposta é: depende. Fábio Prado recomenda começar pequeno, escalar e encontre os melhores caminhos para o seu caso.

O especialista também citou uma pesquisa que mostrou que a frequência ideal de anúncios é de dois por semana. Com um só, é muito difícil gerar resultado. Já com uma frequência elevada, as conversões podem cair.

De acordo com o mesmo estudo, ao final de 72h atinge-se um ponto ótimo de ROAS (Return on Adversiting Spend). Depois disso, o desempenho dos anúncios tende a ser menor. “Os testes têm que ser constantes, quando algo está indo bem, não é garantido que vai continuar assim”, diz. A pesquisa apontou também que as campanhas iniciadas às terças-feiras e aos domingos têm desempenhos superiores. 

Outras recomendações do palestrante foram fazer testes A/B, sempre com curiosidade e mais perguntas do que respostas. “Em termos de mentalidade, o pulo do gato é não depender de um pulo do gato”, diz.

Marcadores:

Deixe seu comentário