Blog de Marketing Digital de Resultados

Como fazer uma transmissão no Facebook Live: tutorial e boas práticas

Confira um passo a passo de como fazer uma live no Facebook e como alinhar a transmissão com sua estratégia de Marketing Digital

Para fazer uma live no Facebook basta só entrar na sua página ou perfil na rede social (seja pelo computador ou pelo celular, usando o aplicativo do Facebook), acessar a área de compartilhamento de status, selecionar a opção “Vídeo ao vivo” e começar a transmitir.


Em vez de ler, que tal ouvir o artigo?  Experimente no player abaixo:

 

 

O Facebook Live é um recurso que está sendo cada vez mais explorado pelas páginas no Facebook. Atualmente, até mesmo mídias mais tradicionais, como a TV, já adotaram essa estratégia para a transmissão ao vivo das notícias. Quem nunca assistiu ao G1 ao vivo?

Esse formato possui diversas vantagens. Em primeiro lugar, é uma forma da sua empresa estar mais próxima do seu seguidor, pois através da transmissão ao vivo você acompanha todos os comentários em tempo real e consegue respondê-los naquele momento, criando uma intimidade muito maior com o seu seguidor.

Além disso, é um ótimo formato para quem quer começar a gerar engajamento com a sua página. Isso porque, além do Facebook valorizar cada vez mais o formato de vídeos no feed de notícias, o formato incentiva a interação com quem está assistindo ao seu vídeo, fazendo com que o engajamento seja muito maior.

facebook live

Aqui na RD, por exemplo, nas lives temos um engajamento duas vezes maior em relação à média dos outros formatos de publicação (links, imagens, outros vídeos etc.).

Por fim, é uma forma muito interessante de mostrar os bastidores da sua empresa, mostrar quem são as pessoas que estão por trás dos conteúdos que a sua empresa produz e quem são as pessoas da sua empresa que são especialistas naquele assunto que está sendo abordado.

Ou seja, é uma ótima oportunidade de agir com informalidade e mostrar um lado mais humanizado da sua marca.

Assim, vamos ensinar a você o passo a passo de como fazer uma live no Facebook e no final vamos dar dicas de como você pode alinhar a sua transmissão ao vivo com a sua estratégia de Marketing Digital e gerar mais oportunidades com isso. Confira!



eBook gratuito: Introdução ao Marketing no Facebook

Um eBook para sua empresa começar a gerar resultados reais no Facebook

Passo a passo para fazer uma transmissão no Facebook Live

Há duas formas de fazer uma transmissão ao vivo pelo Facebook: pela própria página e por um software de codificação.

Como fazer uma Live diretamente pelo Facebook

O mais simples e rápido é começar a transmissão diretamente pelo aplicativo, conforme os passos abaixo:

1. Iniciar a live

O primeiro passo é você entrar na sua página do Facebook (seja pelo computador, se você vai fazer com a sua webcam, ou pelo celular, se você vai fazer pela câmera do celular) e acessar a área de compartilhamento de status, selecionando a opção “Iniciar um vídeo ao vivo”.

facebook live

2. Fazer ajustes de transmissão

Em seguida, você irá visualizar a tela do Facebook Live, onde você deve configurar a descrição que irá na publicação da sua live. Então, é só clicar em “Iniciar transmissão ao vivo” para começar!

facebook live

Transmissão ao vivo com um software de codificação

Se deseja utilizar recursos mais profissionais para a sua transmissão ao vivo, por exemplo, compartilhar a sua tela do computador durante o live, você precisará de um software de codificação.

Aqui na RD nós sempre utilizamos o Open Broadcaster Software (OBS), um programa gratuito que nos permite utilizar mais de um microfone durante a transmissão, compartilhar a tela, além de deixar a transmissão ao vivo já agendada no Facebook.

Se você optar por essa opção, o passo a passo é este:

1. Iniciar a live

Na sua página no Facebook, você deve selecionar a opção “Ferramentas de publicação”, na parte superior da página.

facebook live

Dentro dessa aba, clique em “Biblioteca de vídeos” e em seguida “+ Ao vivo”.

facebook live

2. Ajustes da transmissão

Nessa aba, você deverá copiar a chave de stream que o Facebook irá disponibilizar e colar no software que você irá utilizar. Essa chave de stream é válida por 7 dias. Após uma prévia do vídeo, você tem até 5 horas para iniciar uma transmissão ao vivo. Se precisar de mais tempo, você deverá criar uma nova chave de stream mais perto do horário.

Atenção: a chave de Stream é única para cada transmissão, então se ela for interrompida você precisará iniciar uma nova.

facebook live

Em seguida, você deverá fazer os ajustes, como adicionar um título para o seu vídeo, a descrição e as palavras-chave.

Quando você iniciar a transmissão no seu software, aparecerá uma prévia da imagem na página abaixo. Porém, você só terá iniciado a transmissão quando clicar em “Transmitir ao vivo” no Facebook, e não no software.

Aqui vai uma dica muito importante: fazendo dessa forma, você já consegue deixar a sua publicação agendada com a opção das pessoas assinalarem a opção de lembrá-las através de uma notificação no momento que você for ao vivo. Isso garante que você já tenha conquistado uma audiência antes mesmo de iniciar a transmissão.

facebook live

Assim, é possível definir em qual data e horário você irá ao vivo e adicionar uma imagem para a divulgação da sua live.

No momento do seu agendamento, uma publicação será criada automaticamente em sua página.

facebook live

Dica: ao final da sua transmissão, você poderá escolher se deseja publicar o vídeo na sua timeline ou não. Nós sugerimos que você publique, assim os seus seguidores poderão acessá-lo sempre que quiserem, e ele continuará trazendo resultados para você!

Boas práticas para fazer uma transmissão ao vivo no Facebook

1. Adicione um CTA

É muito importante utilizar a sua transmissão ao vivo não somente para ter mais visibilidade na sua página e mais engajamento dos seus seguidores, mas também para atingir o seu objetivo estratégico na sua página.

Por exemplo, se o seu maior objetivo no seu site é gerar conversões nos seus conteúdos, sempre disponibilize o link de algum material gratuito relacionado ao tema da live para facilitar a conversão do usuário. Se o seu objetivo é vender algum produto no seu site, disponibilize esse link para facilitar a compra.

Você pode fazer isso adicionando o link na descrição do live (legenda) ou nos comentários. O importante é aproveitar o momento ao vivo para recomendar ao seu telespectador que clique no link que você disponibilizou para efetuar a ação de conversão ou compra.

2. Tenha consistência

Quando você cria uma agenda e um compromisso é muito mais fácil manter a sua consistência de lives, como também garantir a presença do seu telespectador.

Ou seja, se você cria um programa como a TV Growth, aqui da RD, onde você já sabe que será realizada no mínimo uma edição por mês, em tal data e em tal horário, você consegue conquistar cada vez mais seguidores fiéis que sempre assistem às suas transmissões ao vivo.

3. Todos podem (e devem!) fazer

O interessante da live é que você pode abordar qualquer assunto que interessar ao seu seguidor, ou seja, não existe essa de “não é qualquer empresa que pode fazer”. Mas gostaria de dar alguns exemplos de empresas que recomendo muito esse formato de publicação.

Empresas de educação e cursos online naturalmente já possuem muito conteúdo pronto, o que facilita a criação desse formato de conteúdo. É importante aproveitar a facilidade que a empresa já possui em transmitir aulas ao vivo e engajar com os seus usuários no Facebook também.

Empresas que são referência em algum assunto — por exemplo, a Resultados Digitais como referência em Marketing Digital — também costumam possuir muito conteúdo pronto sobre o assunto.

No nosso programa de lives TV Growth, abordamos temas como Mídias Sociais, Email Marketing, Growth Hacking etc., que são temas em que já possuímos especialistas que são referências dentro da empresa.

Eventos da sua empresa ou que a sua empresa está participando também são ocasiões perfeitas para fazer uma transmissão ao vivo. Você pode transmitir as palestras, entrevistar palestrantes etc. No RD Summit, por exemplo, fizemos uma live no momento do anúncio do novo RD Station feito durante a palestra do nosso CEO, Eric Santos.

4. Não é necessário equipamentos profissionais

É importante ter em mente que não é necessário ter uma aparelhagem muito evoluída para fazer uma live. Porém, existem algumas coisas que são importantes para garantir o sucesso da sua transmissão ao vivo:

  • Uma câmera: aqui na RD utilizamos uma webcam HD, porém, você pode fazer até mesmo com a câmera do seu celular;
  • Um microfone: para que a live fique audível e os seus seguidores consigam te escutar tranquilamente, é interessante utilizar um microfone, que pode ser um de lapela, de mesa ou até mesmo o microfone que já vem embutido no seu fone de ouvido;
  • Boa iluminação: se você não possui luzes artificiais, procure aproveitar a iluminação natural do dia, lembrando que você sempre deve ficar de frente para a iluminação, ela nunca deve estar atrás de você (cuidado com janelas!);
  • Boa internet: é muito importante que a internet esteja boa e sem instabilidades, pois disso vai depender o sucesso da sua live (com uma internet instável, os riscos de travar no meio da transmissão ou a imagem não ficar boa são muitos altos);

5. Analise os seus resultados

Ao final de uma transmissão ao vivo existem algumas métricas que são importante ser analisadas para otimizar e melhorar cada vez mais a sua live.

O próprio Facebook já possui uma ferramenta de análise muito boa para vídeos, e lá você consegue extrair todos os dados que você precisa.

Você pode visualizar, por exemplo, qual foi o pico de telespectadores que a sua transmissão ao vivo teve e em que momento da live isso ocorreu. Assim você consegue calcular a média de tempo que demora para atingir um número maior de telespectadores e deixar as informações mais importantes das próximas lives reservadas para esse momento.

Ou você pode descobrir qual foi o tempo médio que as pessoas ficaram assistindo à sua live para calcular qual será o tempo de duração ideal para as próximas edições, e não acabar fazendo uma transmissão muito curta ou uma muito longa.

Também é possível ter informações do público que assistiu à sua transmissão, como o número de pessoas alcançadas, quantos visualizadores únicos, quantos engajaram com a publicação, quais foram as reações, o sexo e a faixa etária do principal público e as principais localizações em que eles estavam.

Conclusão

Minha intenção foi compartilhar com vocês um pouco dos aprendizados que tivemos com as transmissões ao vivo no Facebook da RD. Espero que o conteúdo consiga ajudá-los e trazer mais resultados por meio desse tipo de recurso!

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de compartilhar como você está fazendo os lives na sua página do Facebook? Conte aqui embaixo nos comentários! :)

Ah, e não deixe de acompanhar os lives da TV Growth no Facebook da RD!

Até a próxima!

Marcadores:

Deixe seu comentário