Blog de Marketing Digital de Resultados

Conheça os principais formatos de conteúdo que sua empresa pode produzir

Nem só de texto vive uma estratégia de conteúdo; descubra outros formatos e veja algumas dicas de como produzi-los

Falando em outros formatos de conteúdo, que tal ouvir o post? Experimente no player abaixo :)

 

 

Se você investe em Marketing de Conteúdo, sabe que produzir informação de qualidade é a melhor forma de ganhar autoridade no mercado de atuação da sua empresa, atraindo seu público de forma natural.

Mas nem só de textos para o blog vive uma estratégia de conteúdo. Apesar de esse ser um elemento importante, quase obrigatório, há outros formatos que você pode produzir.

Conheça os principais deles:

formatos de conteúdo - textoTexto

O texto é o formato fundamental para quem deseja produzir conteúdo, pois a partir dele é possível produzir posts para o blog, eBooks, tutoriais, checklists, dentre outros (falaremos sobre cada um mais adiante).

Vale a pena investir tempo para aprender a escrever melhor, pois, mesmo que você não esteja produzindo um conteúdo propriamente dito, é uma habilidade útil para outras atividades do Marketing Digital: escrever mensagens de Email Marketing, textos para Landing Pages e por aí vai.

Para dominar esse tipo de conteúdo, a dica é praticar a escrita, além de estudar técnicas de copywriting e ler muito.

Veja alguns tipos de material que é possível produzir a partir do texto:

1. Posts para o blog

O post é o primeiro tipo de conteúdo que vem à mente quando se fala em Marketing Digital.

De fato, é um formato extremamente importante: é por meio dele que você atrai visitantes e ganha autoridade, além de educar o público sobre seu mercado, produtos e serviços.

Aqui no blog da Resultados Digitais publicamos posts de diversos tipos e com objetivos variados: educativos, para instruir o mercado sobre Marketing Digital; tutoriais; guest posts; notícias com novidades sobre tecnologia; dentre outros.

Para saber mais:

2. eBooks

Um formato de conteúdo que também já é clássico no Marketing Digital é o eBook, pela sua eficiência na atração de novos clientes em potencial.

Isso porque muitas pessoas não se importam em deixar seu email e mais alguns dados em um formulário em troca dele, já que vão receber um conteúdo mais rico e denso.

É uma troca que vale a pena tanto para o visitante quanto para a empresa.

O eBook é um formato em que a RD investe desde o início: entre 2011 e 2017, publicamos cerca de 130 deles.

Para saber mais:

3. Checklists

O checklist, uma lista que ajuda a realizar alguma tarefa específica, também tem como base o texto.

A ideia por trás dele é que seu público tem dores que podem ser solucionadas apenas com organização e planejamento de suas tarefas de maneira visual.

Alguns exemplos de checklists que lançamos na RD:

4. Planilhas

Assim como os checklists, as planilhas são modelos que auxiliam seus seguidores em tarefas diversas: na hora de planejar um orçamento para o ano, quando precisam traçar um plano de conteúdo, dentre outras.

As planilhas também têm como base o texto, e o investimento de tempo para fazer é baixo, pois a maioria das empresas já têm modelos que utiliza internamente. Basta adaptá-los, adicionando um texto com instruções.

Alguns exemplos de planilhas que lançamos na RD:

formatos de conteúdo - vídeoVídeo

Numa época em que existe muita informação disponível e falta tempo para consumi-la, os vídeos são um formato de conteúdo fácil de digerir.

Por conta disso, tem sido apontado como uma tendência não só para o ano de 2017, como para os próximos.

Para saber mais:

5. Webinars

O webinar é como se fosse uma conversa ou palestra transmitida ao vivo. Pode ser feito em praticamente qualquer lugar, sem muito esforço. Basta escolher um assunto relevante para o seu público e chamar os próprios especialistas da sua empresa para apresentá-lo.

Também é um ótimo formato para geração de Leads, pois o usuário deve deixar seus dados em uma Landing Page para acessar o vídeo.

O conteúdo pode, ainda, ser transformado em um texto para o blog ou em um eBook depois.

Para saber mais:

formatos de conteúdo - áudioÁudio

Da mesma forma que o vídeo, o áudio pode ser consumido enquanto se executa outras tarefas. É uma forma de levar conteúdo relevante ao seu cliente em potencial enquanto ele dirige, faz exercícios, anda de ônibus.

Além do alcance, outra vantagem do áudio é o fato de não consumir tanto os dados do celular quanto o vídeo.

6. Podcasts

Podcast é como rádio, porém o conteúdo é sob demanda e pode ser ouvido no momento que o ouvinte quiser.

O formato tem uma alta potência de comunicação, que pode levar informação, educação, entretenimento, e mais, ou seja, não existe limite para a criatividade.

Empresas podem utilizá-lo para promover conversas e debates mais informais sobre os mercados em que atuam, por exemplo.

Para saber mais:

7. Narração de posts

Oferecer seus posts em versão com áudio é uma maneira de diversificar seu conteúdo, pois muitas pessoas preferem ouvir do que ler.

Com essa nova opção, você atinge a pessoa com o formato de que ela mais gosta.

Aqui na RD, temos publicado a narração de alguns posts utilizando uma ferramenta chamada Vooozer. Detalhamos mais sobre isso no artigo:

8. Audiobooks

Similar ao eBook, porém narrado, o audiobook também é um conteúdo de fácil absorção para quem não tem tempo de ler muitas páginas.

Alguns audiobooks que lançamos na RD:

formato de conteúdo - gráficoGráfico

São peças fundamentais para uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo.

O conteúdo gráfico pode ser usado como apoio a outros formatos, como fotos em posts de blogs, mas também podem ser usados de forma isolada, como infográficos.

Abaixo falaremos melhor sobre esses dois formatos de conteúdo gráfico.

9. Fotos

Se imagens valem mais que mil palavras, por que não utilizá-las também para impactar seu público-alvo?

Você pode usar o formato para ilustrar seus posts, eBooks e publicações nas redes sociais, por exemplo.

Para saber mais:

10. Infográfico

Um infográfico consiste em apresentar dados ou informações complexas de forma visual. É um tipo de imagem que tem se tornado mais comum entre empresas, pois facilita a absorção de informações pela persona, que, outra vez, pode não ter tempo para consumir conteúdos mais longos.

É um formato de conteúdo em que vale a pena investir pelo seu potencial de viralização. Além disso, já existem ferramentas que o tornam mais fácil de ser produzido.

Para saber mais:

formato de conteúdo - multimídiaMultimídia

Multimídia consiste em juntar dois ou mais tipos de mídia como os que apresentamos acima, combinando formatos estáticos e dinâmicos.

Essa é uma forma de tornar seus conteúdos mais completos, assim como atender às preferências do público, que pode estar mais interessado em consumir áudios, vídeos etc.

Aqui na RD, usamos formatos multimídia em posts de blog: muitos dos nossos posts incluem áudios e alguns incluem infográficos e vídeos.

Na hora de produzir seus conteúdos é importante, como sempre, avaliar em quais canais o seu público-alvo está. E, além disso, lembre-se de que variar os formatos é uma forma de atingir cada vez mais pessoas.

Para ir além e saber mais sobre o tema, baixe o O Guia Definitivo do Marketing de Conteúdo e saiba como se posicionar como referência no mercado e atrair potenciais clientes por meio do conteúdo.



O Guia Definitivo do Marketing de Conteúdo

Saiba quais são os primeiros passos para se posicionar como referência no mercado e atrair potenciais clientes através do conteúdo

Marcadores:

Deixe seu comentário