Blog de Marketing Digital de Resultados

8 dicas de como montar um bom formulário para geração de Leads

Um dos componentes essenciais de uma Landing Page para geração de Leads qualificados (potenciais clientes) é o formulário de captura.

Muita gente gasta um esforço tremendo para montar uma oferta e atrair os visitantes para o site, mas acaba pecando na parte mais sensível da Conversão: quais informações de contato pedir para o visitante.

O resultado acaba sendo uma taxa de conversão muito baixa.

Como exemplo, podemos citar o caso do hotsite do novo Jetta da Volkswagen, como bem percebido pelo Marcelo Toledo na semana passada pelo seu Twitter. A imagem abaixo mostra o formulário de cadastro pedido para o usuário receber mais informações sobre o carro.

Chamam a atenção a enorme quantidade de campos, bem como o pedido de informações sensíveis, como o CPF. Isso sem contar a questão de exigir a criação de uma senha… Posso apostar que um grande número de pessoas desistiu de se cadastrar depois de ver esse formulário.

Por outro lado, a solução também não é ir para o outro extremo e não pedir nada.

As informações dos Leads são importantes para identificar melhor que tipo de pessoa o seu site está atraindo e principalmente para fornecer dados suficientes para que a sua equipe de Vendas possa qualificar e iniciar uma abordagem com os melhores Leads.



eBook Como criar Landing Pages que convertem

Descubra as melhores práticas para fazer Landing Pages e converter mais visitantes em oportunidades de negócio

Pensando nisso, selecionamos 8 dicas para a boa elaboração de um formulário de conversão de Leads:

1. Enfatize o que o usuário ganha em troca de preencher o formulário

Por mais que a chamada na página anterior já tenha feito a promessa do benefício que o usuário vai receber, deixe bastante visível na Página de Conversão qual é esse benefício.

Por exemplo, no caso da oferta de um eBook (veja uma mostra aqui), mostre a imagem da capa deste eBook.

2. Peça apenas informações essenciais para a qualificação do Lead

Lembre-se que esse formulário é apenas o primeiro passo da sua aproximação com o potencial cliente.

Pense quais são as informações realmente relevantes para que você ou sua equipe de vendas possam fazer o filtro inicial, lembrando que quanto mais campos houver no formulário, menor é a taxa de conversão.

3. Não peça informações delicadas e/ou que você pode pegar depois

Como no exemplo do Jetta mencionado acima, pedir informações como CPF logo de cara é algo que assusta os potenciais clientes.

Esse tipo de informação também pode ser obtida facilmente mais à frente no processo de venda.

4. Dê uma resposta imediata ao usuário depois do preenchimento

Se o formulário “esconde” um conteúdo exclusivo, libere o link para o conteúdo imediatamente após o preenchimento pelo usuário.

Além disso, envie a mesma informação por email para ele (a) na sequência. Assim ele terá uma segunda chance para consumir o conteúdo, possivelmente em uma hora mais adequada.

5. Repasse para a sua equipe as informações do Lead gerado

Garanta que o sistema envie um email automaticamente para a sua equipe assim que um novo Lead for gerado contendo todas as informações preenchidas no formulário e eventuais informações complementares obtidas pela ferramenta de Web Analytics.

Também é importante salvar essas informações em um banco de dados para consulta posterior.

6. Deixe claro para o visitante que você não pretende enviar spam

É importante colocar junto ao formulário um aviso de que você se compromete a não usar aquelas informações de contato para outros fins, muito menos para o envio de spam.

Escreva algo curto, objetivo e em português claro, não aquelas políticas de privacidade de três páginas que ninguém lê.

7. Evite fazer o usuário ter que pensar e escrever muito

Procure não colocar campos de texto com perguntas abertas onde o usuário precisa pensar muito no que escrever. O ideal é fazer perguntas objetivas e, caso possível, deixá-lo com opções bem definidas de respostas.

Isso inclusive facilita o processo de qualificação automática dos Leads futuramente. É comum também deixar um único campo não obrigatório no final do formulário para uma pergunta mais aberta.

8. Preste atenção nos pequenos detalhes de usabilidade

Evite alguns pequenos erros de usabilidade que são cometidos com frequência e atrapalham a conversão, como por exemplo:

  • Abusar de fontes pequenas e com pouco contraste;
  • Deixar um botão Apagar (Reset) no final do formulário;
  • Ter um campo extra de “confirmação de email”;
  • Não aproveitar o call to action de envio para reforçar o benefício esperado (use “receba o eBook” no lugar de “enviar”, por exemplo).

Marcadores:

Deixe seu comentário