Como realizar uma gestão de franquias eficiente? 5 formas de melhorar a qualidade da sua rede

A boa gestão de franquias promove crescimento amplo, em que a satisfação dos franqueados se reflete na consolidação da marca e alcance de novos investidores


Gerenciar um negócio não é uma tarefa fácil. Cuidar de todos os setores que existem dentro de uma organização – e garantir que tudo funcione da melhor forma – demanda aprimoramento constante e muita dedicação.

Quando se trata de uma rede de franquias, o desafio é ainda maior. Além de ter uma marca para dirigir, um franqueador também precisa garantir que todas as unidades franqueadas da sua rede estejam de acordo com os propósitos e direcionamentos da marca.

Neste post, vamos falar sobre como realizar uma gestão de franquias de qualidade, garantindo a qualidade da rede e o seu crescimento por meio da expansão. Vamos lá!

Curso Como Vender Online

O que significa ter uma gestão de franquias eficiente?

Um negócio que opera no formato de franquia realiza sua expansão por meio de unidades replicadas da sua marca em diferentes locais. Com isso, além de definir os objetivos e estratégias para a marca, o franqueador precisa auxiliar a gestão das unidades, prestando suporte ao franqueado que investiu em uma franquia.

Diante disso, fazer uma gestão de franquias de qualidade vai além de ter objetivos definidos e um planejamento bem definido. Para ter uma franqueadora, é preciso definir um mindset voltado para o sucesso dos franqueados. O bom desempenho dos franqueados é o bom resultado da franqueadora.

Sendo assim, a gestão de uma franquia deve ser planejada de forma que os franqueados estejam no centro dos seus esforços. Todos os setores nos quais a franqueadora atua deve ser pensado levando em conta como isto afetará o franqueado e como pode ser realizado de forma que o ajude a crescer.

Uma gestão focada no sucesso dos franqueados é desenvolvida em todos os níveis da operação: desde a definição de missão, visão e valores da marca até o suporte e atendimento. Com essa definição, sua rede garante que a gestão promova um crescimento amplo, em que a satisfação dos seus franqueados irá refletir na consolidação da sua marca e alcance de novos investidores.

Como realizar uma boa gestão de franquias em sua rede?

Como já falado neste artigo, uma gestão de qualidade é composta de uma atuação em diversos setores, todos com foco no sucesso do franqueado. Por isso, iremos falar das principais áreas de uma franquia que precisam ser bem estruturadas para alcançar uma gestão qualificada em sua rede. Confira!

1 – Planejamento estratégico bem definido

Para ter um alvo a se atingir e um caminho a seguir, é preciso ter objetivos definidos. Objetivos e metas são traçados por meio de um planejamento estratégico bem estruturado.

Um planejamento estratégico é definido a partir da missão, visão e valores da marca, realizando análises internas e externas para encontrar oportunidades e desafios. Dessa forma, a rede terá uma direção, onde buscará aplicar suas ações e atuar para alcançar este alvo.

É possível traçar este planejamento por meio de metodologias específicas, como Matriz BCG, Análise SWOT, Matriz Ansoff, entre outras conhecidas na Administração de Empresas. O franqueador pode fazer isso por conta ou com ajuda de um administrador que trabalhe auxiliando na gestão da franquia.

2 – Fortalecer gestão de marca da franquia

Para ter uma boa gestão de uma rede de franquias, é preciso ter uma marca forte, onde todas as unidades irão seguir seus padrões e ajudar a consolidar a identidade dessa marca. Para isso, é preciso trabalhar o branding da rede, tendo bem definido seu posicionamento, os ideais e valores, para que toda a franquia mantenha a padronização.

A gestão da marca pode ser trabalhada por meio do marketing, seja ele endomarketing para os franqueados e colaboradores da rede ou externa, sendo esta, sobretudo, pelo Marketing Digital. Com as estratégias de marketing, a rede pode fortalecer a marca e garantir a principal proposta do franchising: expansão padronizada.

A necessidade de ter uma comunicação externa bem estruturada exige a criação de um plano de marketing para a rede. Com isso, a franqueadora terá planejado, por um período, quais as estratégias que a marca irá adotar para atingir clientes e novos franqueados. Com um bom trabalho de marketing, a rede fortalece sua posição no mercado e também fixa sua identidade em todas as franquias.

>> Leia mais: Marketing Digital para franquias: 9 dicas de como fazer

3 – Know-how da marca estruturado

A capacidade de gerir diversas franquias só é possível quando há um conjunto de práticas e regras definidas pela rede. A manutenção da padronização só é possível quando as unidades têm um padrão a seguir, e este deve ser definido pela franqueadora.

Portanto, para que se consiga realizar a gestão da qualidade das redes, é preciso ter um know-how bem definido. O know-how são estas práticas de como a franquia opera, quais os processos e como devem ser executados.

Esse conjunto pode ser definido por meio de manuais. Os manuais em franquias contêm o know-how da marca e são disponibilizados às unidades, detalhando todos os processos e a direção de como devem ser realizados.

4 – Expansão da franquia qualificada

O crescimento de uma rede só é possível com uma gestão qualificada, e o gerenciamento das negociações com novos franqueados é essencial dentro da gestão de uma franquia. Esse gerenciamento é feito para a qualificação de candidatos a franqueados, onde a abertura de novas unidades terá um maior sucesso com um processo de negociação de qualidade.

A gestão de negociações pode ser realizada por meio de um CRM para franquias. Essa ferramenta auxilia os gestores da rede a acompanharem as etapas da negociação e ter uma relação mais estreita com os novos candidatos. Um exemplo é o RD Station CRM, que conta com um plano gratuito para iniciantes.

Para que a expansão possa ser qualificada e melhore a gestão de crescimento da rede, é preciso atrair interessados qualificados para abrir uma franquia. Isto deve ser feito por meio da captura de Leads em canais especializados em franquias.

Portanto, uma boa estratégia seria anunciar a marca em um portal de franquias. Esses portais atingem um público empreendedor em busca de negócios, o que melhora a captura de novos interessados, que realmente buscam oportunidades.

Investir também em ferramentas de marketing em paralelo acelera o alcance do seu público. Por meio de diversos canais, como campanhas de email, redes sociais, anúncios, etc., sua rede aumenta as fontes de novos leads. Neste caso, vale conhecer o RD Station Marketing, plataforma tudo-em-um de Marketing Digital líder na América Latina.

Tendo um processo de expansão qualificado, o engajamento dos novos franqueados já se torna maior, facilitando a comunicação interna da franquia.

5 – Investimento em tecnologia

A transformação digital tem mudado a sociedade em diversos setores – e o mundo dos negócios é um dos mais impactados. As redes sociais, os smartphones e o desenvolvimento de softwares vêm modificando as rotinas nas empresas.

No universo das franquias, os softwares de gestão estão revolucionando a forma como as redes se comunicam, gerenciam seus processos e arquivos e realizam sua expansão.

Com um sistema completo para franquias, a franqueadora mantém o engajamento dos franqueados com uma comunicação eficiente, consegue garantir a padronização da rede com ferramentas de controle de qualidade e acelera a expansão de forma qualificada com CRM e gerenciador de projetos para implantação de novas unidades.

Diante disso, é inegável a vantagem que a tecnologia traz à gestão de franquias. A otimização e automatização de processos proporcionada por uma ferramenta ajuda na qualidade gerencial e no crescimento da rede. Se você busca uma solução que ofereça todas estas funcionalidades e muito mais para otimizar sua gestão, conheça a Central do Franqueado.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários