Blog de Marketing Digital de Resultados

Notícias da Semana: Google suspende a licença para Android da Huawei

Governo dos Estados Unidos proibiu empresas americanas de fazerem negócios com a fabricante chinesa. Veja também notícias do Facebook e do Instagram!

O post dessa semana traz uma notícia envolvendo uma batalha entre dois países. Eles não pegam diretamente em armas, mas disputam uma partida de xadrez econômica. Estados Unidos e China estão escalando uma batalha comercial, que começa a ter consequências.

Guerras sem armas não são exatamente uma novidade para o mundo. Talvez você seja jovem e não se lembre da Guerra Fria, mas saiba que era um tempo em que o próprio tempo poderia acabar a qualquer momento. Ficou, aparentemente, para trás.

Portanto, ao nos aproximarmos do fim de mais um mês, pense duas vezes antes de dizer que em outros tempos as coisas eram melhores. Pode ser só uma impressão desinformada! Enquanto isso, não perca mais tempo e assine a nossa newsletter, clicando abaixo.

Google suspende a licença para Android da Huawei

Tecnologia e política têm se reaproximado cada vez mais nos últimos anos. Influência de mídias sociais em eleições, regulações e vigilância de cidadãos por governos totalitários (e democráticos, também) se misturam na notícia mais importante em tech da semana.

O Google anunciou que a Huawei, gigante chinesa das telecomunicações, não terá mais a licença para usar o sistema operacional Android em seus aparelhos. O governo dos Estados Unidos proibiu empresas americanas fazerem negócios com a Huawei e suas subsidiárias.

Vale lembrar que a empresa chinesa voltou ao Brasil neste ano, após uma tentativa frustrada de entrar no mercado em 2013. Àquela época, a Huawei tentou vender seus modelos intermediários, enquanto agora está comercializando os mais avançados.

Guerra comercial

A suspensão imposta pelo Google é mais um capítulo da guerra comercial declarada pelo presidente Donald Trump à China. O país asiático foi um alvo constante do republicano durante a campanha de 2016 – ele diz que a relação comercial com os EUA não é justa.

A Huawei é um alvo do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, com acusações de roubo de segredos de concorrentes e, também, de potencial espionagem de cidadãos americanos. Na semana passada, por isso, Trump decretou “emergência tecnológica”.

trump twitter

Os chineses dizem que se trata de “histeria ocidental”, e que por trás de tudo isso há o interesse em impedir a Huawei de liderar o mercado do 5G. Além do Google, a empresa também tem outros fornecedores americanos, como a Microsoft e fábricas de chips.

Ok, mas e o Google?

O Google alega que só está seguindo as ordens do governo do seu país. Quem já tem um telefone da Huawei não o verá deixando de funcionar de uma hora para outra. A tendência é que simplesmente não seja possível mais atualizar o Android e outros aplicativos Google.

Já novos consumidores não teriam acesso a nada disso. Lembrando que a família de apps é bem grande, tendo algumas marcas bem populares como o Gmail, o YouTube e até mesmo o Maps. Não custa lembrar que, ironicamente, na China nada disso funciona.

china

Até por isso, especialistas apontam que a Huawei vai conseguir desenvolver alternativas aos apps oficiais da gigante de tecnologia americana. A intenção de Trump, porém, é clara: inviabilizar as operações da empresa nos Estados Unidos e, talvez, até na Europa.

Links relacionados:

Facebook elimina 2 bilhões de contas fake (é isso mesmo?)

O Facebook divulgou um relatório completo sobre Transparência. Nele, é possível ver números relativos a tudo que foi marcado como impróprio, removido ou mesmo impedido de ser postado na maior rede social do mundo.

Os dados são separados por tipo de violação de regras: posts contendo violência, pedofilia, nudez, drogas, discurso de ódio, bullying e propaganda terrorista estão entre as mais graves. Há, ainda, informações sobre spam e contas fake.

O número de contas fake eliminadas do Facebook no primeiro trimestre de 2019 acabou chamando a atenção: foi um total de 2 bilhões! Fica mais impressionante ainda quando levamos em conta que, atualmente, o número de usuários ativos é 2,4 bilhões.

tumblr oglardPJUm1vbcnq8o1 500

Porém, há uma explicação: a grande maioria, quase todas na verdade, é composta por contas que nem chegaram a ser criadas. Ou seja, o Facebook detecta tentativas de criação em massa de contas – às vezes milhões delas simultaneamente – de um mesmo local ou IP e não permite que o processo de cadastro automatizado continue.

A empresa, inclusive, soltou um texto explicando os diferentes tipos de contas fake que violam as regras. Em geral, a intenção por trás, dessas contas é “hackear” o sistema de anúncios, por diversos motivos. Seus criadores poderiam oferecer serviços como ações para prejudicar concorrentes com cliques em ads, por exemplo.

Links relacionados:

Instagram cede e agora permite vídeos horizontais no IGTV

Quando lançou o IGTV, sua plataforma de vídeos mais longos, o Instagram bateu o pé: as produções teriam que ser na vertical, contrariando o padrão do mercado. Fazia sentido, pois era o formato consagrado pelos Stories.

Agora, quase um ano depois, o Insta mudou de ideia. Será possível fazer o upload de vídeos horizontais. Bastará ao usuário girar o celular para que ele se adapte e ocupe a tela inteira. O motivo é muito simples: não estava dando certo.

letterman oprah

Os produtores de conteúdo não tinham motivos suficientes para fazer vídeos de boa qualidade na vertical. O IGTV ainda não tem nenhum tipo de monetização, então era difícil convencer quem vive disso – e gera engajamento – a participar da plataforma.

Com a mudança, será possível usar o mesmo vídeo criado para o YouTube, por exemplo, evitando ter que fazer uma gravação exclusiva na vertical.

Links relacionados:

RD lança o Guia de Gestão de Marketing

A semana que passou também foi de lançamento de um novo material da RD! O Guia da Gestão de Marketing vai te ajudar a fazer o caminho entre a geração de Leads até a conquista de brand lovers.

Você vai saber tudo para dar um salto de qualidade na sua gestão de marketing. Veja as métricas mais importantes, aprenda a construir jornadas mais rápidas, saiba como controlar o budget das ações e alinhe Marketing e Vendas para conquistar clientes, transformando-os em verdadeiros fãs da marca! Baixe gratuitamente preenchendo os dados abaixo:

Guia de Gestão de Marketing: da geração de leads à conquista de brand lovers

Reunimos as principais estratégias seguidas por grandes líderes de marketing do mercado e mostramos como eles atingem seus resultados no fim do mês!

Marcadores:

Deixe seu comentário