Blog de Marketing Digital de Resultados

Como e por que escrever guest posts: dicas e boas práticas para você aplicar em sua estratégia de conteúdo

Publicar posts como convidado em outros blogs é uma forma de seu negócio alcançar uma nova audiência, se posicionar como autoridade e conseguir bons links

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

 

 

Se você acompanha alguns blogs já deve ter percebido que ocasionalmente é comum aparecerem alguns posts escritos por terceiros, como convidados.

Essa é uma prática interessante para quem publica, já que é difícil manter uma frequência de bons posts, mas também é muito indicado para quem escreve.

Por isso nossa recomendação aqui é que você, em nome da sua empresa, faça isso também.

Neste post vamos apresentar os benefícios de escrever um guest post, mostrar como encontrar veículos para publicar e como criar um conteúdo adequado para a ocasião.



eBook: 31 tipos de conteúdo que você pode produzir para seu blog

Descubra quais tipos de post você deve utilizar para atrair mais tráfego e gerar mais resultados

Os benefícios de publicar guest posts

Já vimos algumas empresas questionarem os motivos de investir tempo na produção de conteúdo e publicar em outro site, gerando tráfego para ele ao invés de publicar no próprio blog e colher os frutos.

É sem dúvida um ponto relevante, mas que pode ser explicado por algumas vantagens:

Alcançar uma nova audiência

O trabalho para se formar uma comunidade e ter um bom número de pessoas ao redor da sua marca é árduo e os números costumam crescer lentamente.

Só que nesse período, existem outros veículos fazendo a mesma coisa e que já falam com o seu público. Escrever para um desses veículos é alcançar uma audiência nova, com grandes chances de chegar a pessoas que nunca ouviram falar da sua empresa antes.

Posicionar-se como autoridade

Estar presente em diversos veículos falando como especialista sobre determinado tema oferece um grande valor que é dar a você – e consequentemente sua empresa – a posição de autoridade.

É possível posicionar essa imagem na cabeça dos leitores e fazer com que seu nome venha à mente sempre que pensarem no assunto.

Conseguir bons links

Se tratando de SEO, receber links de outros sites é um dos principais fatores para melhorar o posicionamento orgânico.

Quanto mais links de qualidade sua empresa receber, maiores as chances de conseguir alcançar as primeiras posições do Google nas palavras-chave importantes para o negócio.

Publicar posts como convidados em blogs relevantes no mercado é uma forma garantida de receber alguns desses links.

Como conseguir a publicação

Há um processo que nem sempre é muito simples entre encontrar algumas opções e conseguir o ok para a publicação.

Por isso trazemos algumas dicas que podem aumentar suas chances:

Encontre bons alvos

O primeiro passo para publicar como convidado é escolher um bom blog ou portal.

Priorize aqueles que já possuem alguma relação com o seu tema ou que ao menos tenham um público interessado no seu assunto de domínio.

Acompanhe alguns experts do mercado nas redes sociais e veja as fontes de conteúdo que eles utilizam. Essa é uma ótima forma de encontrar bons veículos. Pesquisas no Google também podem ajudar a encontrar alguns resultados.

Há ainda um plugin do Google Chrome que indica página similares e pode ajudar a encontrar mais opções.

Feito isso, tente identificar se realmente vale a pena publicar nesse veículo. Veja qual a repercussão (compartilhamento em mídias sociais) dos últimos posts ou quantos seguidores o blog possui no Twitter e/ou Facebook.

Outra opção é usar o Open Site Explorer e medir a autoridade do domínio.

É possível fazer um processo milimétrico e identificar com grande precisão os veículos com maior benefício.

Tente construir algum relacionamento previamente ou procure contatos em comum

Não costuma ser muito fácil publicar em um veículo de qualidade, já que eles têm uma reputação a zelar e não podem confiar em qualquer pessoa que os aborda.

Por isso é muito importante iniciar o relacionamento antes de fazer o pedido para publicar. Tente começar esse contato por meio de comentários nos posts, emails ou mídias sociais. Também pega bem compartilhar conteúdo do site nas redes sociais de sua empresa.

Uma estratégia pouco valorizada, mas sem dúvida a mais efetiva é o contato presencial, em reuniões, cafés e eventos, por exemplo.

Por fim, outro caminho que funciona muito bem é ser indicado por algum contato em comum. Pode valer a pena procurar o editor do blog no Linkedin ou Facebook e verificar se compartilham alguma conexão por um amigo próximo.

Tenha um bom portfólio de conteúdo

Se sua empresa já tem um blog com bom acervo, fica muito mais fácil ganhar credibilidade e receber o ok para publicar.

O histórico mostra domínio do conteúdo, da forma coesa de expor ideias e da gramática, além de indicar se o tema é realmente atrativo.

É muito mais fácil você ser aceito se tiver um blog com conteúdo já publicado do que ainda não tiver começado.

Procure ter algo a mostrar de antemão

Quando não há uma relação próxima com o editor do blog e você for iniciar um contato para publicar como convidado, procure já descrever o tema e a estrutura do texto, mostrando comprometimento e conhecimento do assunto.

Enviar um briefing é muito mais efetivo do que apenas perguntar: posso te escrever um guest post?

Se o conteúdo for rejeitado, e isso pode acontecer por vários motivos como linha editorial, estilo ou formato, pergunte para o parceiro se tem algum tema que você poderia desenvolver para o blog ou envie algumas ideias de temas para que o editor avalie. O ideal é enviar no mínimo 3 sugestões.

Como escrever um bom post como convidado

Existem alguns aspectos importantes na hora de escrever um guest post.

Isso garante melhores resultados e principalmente um bom relacionamento com o dono do blog, que pode mencionar sua empresa e seu conteúdo mais vezes ou mesmo abrir outras portas:

Adapte-se à linha editorial do blog

É muito comum existirem grandes diferenças de abordagem entre cada blog e isso deve ser respeitado na hora de escrever seu texto.

Entre os itens mais comuns devemos observar:

  • Tema: é o mais importante. Não adianta tentar escrever sobre um tema que não é habitual no blog ou atrativo para esse público. Observe algumas postagens antigas, veja o que teve boa repercussão e tente trabalhar bem na definição de um assunto que agrade;
  • Conteúdo: além do tema, o próprio conteúdo deve se adequar. O público pode ser mais iniciante ou mais avançado no assunto e isso faz grande diferença no vocabulário e nas dicas dadas. O blog pode usar uma abordagem mais formal ou informal e isso também deve ser levado em conta no seu texto;
  • Formato do texto: tente identificar se o blog costuma escrever textos mais curtos ou longos, se utilizam imagens ou não, se são quebrados em parágrafos e usam subtítulos ou são blocos de texto maiores. Isso mantém a familiaridade para os leitores.

Escreva bom conteúdo, não propaganda

Só faz sentido para um blog aceitar textos se eles forem de qualidade, que eles próprios escreveriam se tivessem mais tempo ou mais conhecimento sobre o assunto.

Diversos blogs cobram como “publieditorial” quando a intenção é promover um produto ou serviço específico. Para publicar gratuitamente como convidado é preciso gerar valor, escrever textos interessantes.

Quanto maior a qualidade do seu texto e a probabilidade dele se destacar perante os leitores, maiores as chances desse leitor procurar conhecer mais sobre quem é você e o que faz.

Use os links, mas tenha cautela

Um dos maiores benefícios de publicar um post como convidado é ter o controle sobre o texto e isso inclui os links e seus respectivos textos-âncora.

É vantajoso usar links para páginas importantes da sua empresa e usar como âncora desses links palavras-chave que resumam bem o conteúdo. Isso, além de trazer tráfego para o seu site, vai ajudar essas páginas a estarem melhor posicionadas no Google.

No entanto, tome cuidado com o excesso de links ao longo do texto. Além de ser menos eficiente em SEO, também não costuma pegar muito bem com o veículo que abriu suas portas. Dá a impressão que você pode estar escrevendo apenas para se aproveitar, encher de links para conseguir tráfego.

É uma prática interessante equilibrar os links para o próprio site e para terceiros, já que isso demonstra um pouco de imparcialidade.

Existem alguns veículos que só permitem usar o link na assinatura. Procure analisar alguns posts antigos e ver qual é a política de uso do blog.

Facilite o trabalho do parceiro

Procure enviar o material em um formato que seja fácil para o editor do blog copiar e fazer a publicação.

Normalmente o Google Docs é o mais recomendado. Isso porque já inclui a distribuição de parágrafos, imagens, negritos e permite que o editor possa fazer comentários a respeito de alguns pontos que precisam ser mudados, facilitando o feedback.

Devo publicar guest posts de parceiros no blog da minha empresa?

Agora vamos falar do inverso.

O blog de sua empresa já recebe posts de convidados? Os guest posts são excelentes conteúdos que você pode usar para publicar em seu blog.

Mais do que um conteúdo a mais, é uma forma muito valiosa para sua empresa manter um relacionamento com parceiros. E também de garantir uma troca de conteúdos para que as duas empresas atinjam novas audiências.

A vantagem aqui é que você não precisa gastar esforços na produção do conteúdo, pois outra pessoa fará isso.

Importante alinhar sempre o tema e a linguagem do guest post antes do parceiro começar a escrever. Isso é fundamental para que o post esteja de acordo com os padrões de seu blog. Fazendo isso, você não terá o retrabalho em edições exaustivas.

Caso o parceiro já envie alguma primeira versão que esteja desalinhada com a proposta de sua empresa, dê um feedback explicando a situação e solicite um novo tema.

No blog da RD publicamos cerca de 5 guest posts mensais. E fizemos o caminho contrário também, publicando alguns guest posts em blogs parceiros.

E você? Trabalha com guest posts em sua estratégia de Marketing de Conteúdo?

Saiba que esse é apenas um dos vários formatos existentes que você pode publicar. Para saber mais, confira nosso eBook 31 tipos de conteúdo que você pode produzir para seu blog.

Post publicado originalmente em 21 de novembro de 2012. Atualizado e revisado em 8 de dezembro de 2017.

Marcadores:

Deixe seu comentário