Blog de Marketing Digital de Resultados

Notícias da Semana: Instagram Cenas, o clone do TikTok, é testado com exclusividade no Brasil

Nova funcionalidade está dentro do Instagram Stories, emulando praticamente as mesmas características do app chinês que está crescendo e assustando o Facebook

Ouça o post no player abaixo:

 

 

Após o mergulho deste blog no RD Summit 2019, estamos de volta com mais uma edição do post de notícias da semana de tecnologia! Esperamos que você tenha sentido a nossa falta, mas, ao mesmo tempo, aproveitado o conteúdo que compartilhamos das palestras do super evento da semana passada. Se você perdeu, está tudo aqui para recuperar.

Você também deve ter percebido que o post de hoje saiu na quinta-feira, ao invés da sexta, como de hábito. Deve presumir, também, que é por causa do feriado de 15 de novembro. Mas e se não for? E se for mais uma prova de que adaptamos as realidades temporais de acordo com as nossas necessidades, endossando a abstração de dias, semanas e meses?

oh my god

Bem, o que importa é que a rotina está sendo retomada. Trazemos novidades sobre o Instagram, streaming e muito mais. E para garantir que vai receber nossos posts, independentemente da relatividade do tempo, assine a nossa newsletter. É só preencher o formulário abaixo!

Instagram Cenas: clone do TikTok é testado no Brasil

Você se lembra quando, há 2 meses, comentamos que o Instagram estava para lançar um clone do TikTok? Pois então: nesta semana, o Brasil foi escolhido para iniciar os testes do Instagram Cenas (ou Instagram Reels, em inglês), uma nova funcionalidade dentro dos Stories. Ele está disponível para iOS e Android – se o seu ainda não tem, tente atualizá-lo.

O teste pode ou não dar certo, então o Cenas pode ou não se consolidar e ser expandido em todo o mundo. Porém, o Facebook, dono do Insta, vê com apreensão o crescimento do TikTok, que já bateu na casa de 1,5 bilhão de usuários. O app chinês é bem popular em dois países enormes: sua terra natal e a Índia. Ou seja, o Cenas deve vir para ficar.

Como você deve se lembrar, o próprio Instagram Stories é um clone do SnapChat. Assim, o Facebook continua seu modus operandi de copiar aplicativos que, por um motivo ou outro, não consegue comprar. Para botar mais tempero nesse arroz, Mark Zuckerberg classificou a China e o próprio TikTok como sérias ameaças à liberdade de expressão.

Mas e a funcionalidade em si?

Tretas à parte, você deve estar querendo saber como funciona o Instagram Cenas. Basicamente, como já deve imaginar, é bem parecido com o TikTok. O usuário pode produzir vídeos de 15 segundos, adicionando música ou áudios retirados de outro clipezinho. Há ainda efeitos de corte, legendas e sobreposição para transições mais limpas.

O usuário poderá postar apenas para seus Melhores Amigos ou publicamente. No último caso, pode aparecer em destaque na aba Explore. A questão, agora, é a seguinte: será que os usuários do Instagram vão imitar a “pegada” do TikTok? No app chinês, destacam-se pessoas comuns fazendo coisas criativas e engraçadas. Vai funcionar no Insta?

Em termos de adoção, vale a recomendação de sempre: se faz sentido para você ou sua empresa, comece a testar a brincadeira. Embora o TikTok tenha muitos jovens, no Instagram você estará atingindo seus seguidores já existentes. Pense se a sua base tem interesse no formato, e de que forma você pode se comunicar com ela.

Links relacionados:

Disney+ tem 10 milhões de assinantes no primeiro dia

Se os brasileiros estão testando o TikTok do Instagram com exclusividade, teremos que esperar um pouco mais pelo serviço de streaming Disney+. Agregando conteúdos da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic, a TV do Mickey Mouse já está disponível nos Estados Unidos e Canadá. Pelo jeito, o sucesso é inevitável.

disney

Apenas no primeiro dia de funcionamento, o Disney+ já passou dos 10 milhões de assinantes, de acordo com o site The Hollywood Reporter. Embora seja feita a ressalva de que Pato Donald e sua turma fizeram acordos promocionais e de gratuidade, ainda assim é um número impressionante. Não foi revelado o total de pagantes ainda.

O serviço custa 7 dólares por mês (ou 70 dólares em um pagamento anual) e pretende chegar a algo entre 60 e 90 milhões de usuários em 5 anos. Seu grande concorrente, o Netflix, já passou dos 150 milhões, enquanto o Amazon Prime Video passou dos 50 milhões. Os olhos do Tio Patinhas devem brilhar só de imaginar as cifras.

O investimento em marketing para o lançamento foi pesado, incluindo a produção de uma série exclusiva do universo Star Wars chamada Mandalorian. Funcionou tanto, como aliás mostra o número de assinaturas, que o Disney+ teve problemas de transmissão na noite de lançamento, gerando reclamações na internet. Talvez o Pateta tenha pisado em um fio.

Links relacionados:

Twitter explica como vai lidar com deepfakes

Os deepfakes já foram tema de um post de notícias aqui no blog. A preocupação com esses vídeos aparentemente divertidos e potencialmente devastadores só cresce. As redes sociais, principal foco de distribuição dos deepfakes, estão se apressando para tomar medidas que evitem sua propagação, de olho nas eleições do ano que vem nos EUA.

A mais recente ação foi tomada pelo Twitter, que divulgou uma série de regras para lidar com o problema. A mais importante delas é a de que se o deepfake levar a enganos graves ou tiver o potencial de ameaçar a segurança e a integridade física de alguém, poderá ser retirado do ar pela plataforma.

Além disso, tuítes com deepfakes terão um aviso de que aquilo é falso e vão gerar um passo extra para usuários que tentarem retuitá-los. Por fim, o Twitter poderá incluir um link para um site de notícias confiável desmentindo o vídeo. A companhia esclarece que se trata de um rascunho, e o público pode sugerir mais medidas no link ali em cima.

Links relacionados:

RD lança a Semana do Futuro do Marketing Digital e Vendas

Depois de dias intensos mergulhados nas tendências apresentadas nos palcos do RD Summit 2019, decidimos manter o ritmo! Por isso, estamos lançando a Semana do Futuro do Marketing Digital e Vendas, que acontecerá no início de dezembro.

A boa notícia é que você já pode garantir o seu lugar! Os webinars serão gratuitos e transmitidos ao vivo, trazendo especialistas em LGPD, redes sociais, áudio marketing, hábitos de consumo, ferramentas e muito mais. Que tal se preparar para o que vem por aí?

Semana do Futuro do Marketing Digital e Vendas

Assista aos webinars e fique por dentro das tendências e mudanças do Marketing para 2020 e seu impacto sobre Vendas.

Marcadores:

Deixe seu comentário