5 insights trazidos por Joe Pulizzi no RD Hostel 2021

Um dos maiores nomes do Marketing de Conteúdo do mundo, Joe Pulizzi conversou com o também especialista Cassio Politi no evento


Joe Pulizzi fundou o Content Marketing Institute, além de ter publicado livros fundamentais sobre Marketing de Conteúdo. É uma das maiores referências mundiais no assunto, e costuma apontar tendências que poucos estão vendo. Por isso, é sempre bom ouvir o que ele tem a dizer.

E é melhor ainda vê-lo à vontade, conversando com seu amigo Cassio Politi, um dos principais estrategistas de conteúdo do Brasil. Em formato de entrevista, o papo rendeu bons insights de Joe Pulizzi para o público que acompanhou o RD Hostel 2021.

Neste post, trazemos alguns comentários feitos pelo Joe, com algumas ideias para você aplicar no seu negócio. Porém, melhor ainda é assistir à conversa na íntegra, de graça. Para isso, basta clicar no banner abaixo, fazer sua inscrição no RD Hostel e indicar mais um amigo para ver o evento!

1. Crie seu próprio canal de mídia

Não, Joe Pulizzi não propõe que a sua empresa crie um grande conglomerado de mídia como a Globo ou a BBC. A ideia aqui é que você tenha canais próprios de relacionamento com o seu público, oferecendo conteúdo de qualidade em troca da atenção dele. Em outras palavras, o bom e velho (e eficiente) Marketing de Conteúdo.

E esse canal pode ser o TikTok, um grupo no Facebook, um canal no YouTube ou um podcast em alguma plataforma de streaming. Idealmente, porém, é melhor que você seja dono dos seus canais: um blog, um site ou uma newsletter são bons exemplos disso.

2. Ou compre seu canal de mídia

Marketing de Conteúdo exige um pouco de paciência para dar retorno. É preciso criar um relacionamento que conduza à fidelidade de centenas ou milhares de pessoas que podem, eventualmente, virar Leads ou clientes. Se você estiver com pressa, comprar um canal de mídia pode ser uma opção. De novo, não é para comprar a Globo ou a BBC.

Nos Estados Unidos, é cada vez mais comum ver empresas comprando um podcast de sucesso, uma newsletter ou um site sobre seu mercado. E há negociações de todos os tamanhos, já que são muitos pequenos criadores de conteúdo que têm uma base leal e local, por exemplo. Joe acredita que esse movimento já está acontecendo no Brasil.

3. Não pense apenas em Leads

Joe Pulizzi deixa bem claro que não há problema algum em pensar o conteúdo como uma forma de gerar Leads. Porém, empresas que se concentram muito em um modelo totalmente focado em relacionar sua estratégia diretamente com o número de vendas no fim do mês às vezes acabam deixando de lado – ironicamente – o relacionamento.

A proposta aqui é se firmar como uma autoridade nos temas relacionados ao mercado da sua empresa. Produzir conteúdo de qualidade sobre aspectos diversos do seu negócio, oferecendo valor de fato para seus leitores (ou espectadores, ouvintes, etc.). Com o tempo essa relação de consumo de ideias vai virar, com certeza, uma relação comercial.

joe pulizzi e cassio politi no RD Hostel 2021

4. Escolha bem onde você quer estar

Um estudo do Content Marketing Institute apontou que empresas produzem conteúdo, em média, de 15 maneiras diferentes. É muita coisa, e Joe Pulizzi afirma que não é possível ser muito bom dessa forma em alguma coisa – no máximo será medíocre em muitas coisas. A dica é experimentar canais e escolher poucos, ou até mesmo apenas um, para focar.

Dessa forma, você pode concentrar seus recursos – humanos, tecnológicos e financeiros – no que lhe dá mais retorno. Além disso, as pessoas estão saturadas de tanto conteúdo, e há enorme concorrência pela atenção delas. Estar por todos os lados pode ter o efeito contrário do esperado, ou seja, provocar aversão e não atração.

5. Pense em (e planeje) vender seu conteúdo

Quem está do outro lado do balcão também pode pensar em ganhar dinheiro com isso. Joe Pulizzi é um grande incentivador da cultura do criador de conteúdo, seja escrito, visual ou em áudio. Sua plataforma, The Tilt, foca nisso, inclusive. Então, quando Cassio perguntou sobre vender uma companhia, Joe deu exemplos nessa linha.

Porém, é preciso planejamento. Criar uma newsletter, por exemplo, e oferecer conteúdo de valor consistentemente por alguns anos, para assim criar uma base fiel com quem você vai se relacionar nesse período – inclusive começando a monetizá-la. Aí, quem sabe, um dia uma empresa se interesse em comprar seu ativo de conteúdo. Joe garante que é possível.

Veja a entrevista com Joe Pulizzi (e o RD Hostel) na íntegra

Melhor do que um resumo com dicas é ver tudo o que Joe Pulizzi e Cassio Politi conversaram na íntegra. Foram mais de 30 minutos de muito conteúdo sobre… conteúdo! Ainda tem muito mais para ver e degustar. 

Para isso, basta você se inscrever no RD Hostel e fazer só uma indicação no nosso programa de premiação. Assim, você terá acesso a todas as palestras e painéis do evento gratuitamente. Clique no banner abaixo para saber mais!

Deixe seu comentário

Comentários