Como fazer um mapa mental e usar na sua estratégia de marketing

Você conhece esse tipo de gráfico? Fique por dentro de como criar mapas mentais e de suas aplicações práticas


Como fazer um mapa mental:

1. Escolha um modelo de mapa mental

2. Comece com sua ideia central e ramifique

3. Escolha um tema para o mapa mental

4. Use cores para organizar as informações

5. Crie uma hierarquia visual


Mapas mentais são populares porque são gráficos fáceis de entender. Eles podem ser usados para apresentar visualmente ideias a clientes, chefes, seguidores, colegas ou qualquer pessoa.

É possível encontrar mapas mentais apresentados nos mais variados lugares, incluindo redes sociais, postagens de blogs, apresentações e documentos internos, como apresentações e relatórios. Além disso, eles também são ótimos para planejar projetos e mapear sessões de brainstorming.

Contudo, pode ser desafiador criar um mapa mental que seja verdadeiramente organizado, atraente e, como resultado, eficaz. Neste post, mostraremos como criar peças que comunicam efetivamente a sua ideia quando você deseja explicar um conceito, organizar informações, projetar um processo ou qualquer outra coisa. 

Checklist: Como fazer um infográfico

Conheça uma forma simples e rápida para fazer um infográfico com grande potencial para geração de Leads

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

O que é um mapa mental?

Um mapa mental é um tipo de gráfico que organiza informações e ideias visualmente ao conectá-las e expandir conceitos centrais. Esses conceitos geralmente são o ponto de partida, e as ideias de apoio se conectam à ideia central, assim como outras podem se ramificar a partir desses pontos de apoio, e assim por diante. 

Mas qual é a diferença entre um mapa mental e um infográfico

Um infográfico geralmente usa imagens e textos para explicar um conceito, e a direção de elaboração e visualização costuma ser vertical. Em contraste, um mapa mental sempre começa com um ponto central e se desenvolve para fora.

Para ficar mais claro, veja este plano de lançamento de produto:

Mapa Mental para lançamento de produto

Nesse mapa mental, a ideia central é “lançamento de produto” com listas de tarefas e objetivos como pontos secundários que explicam mais detalhadamente o que deve ser feito. Portanto, para o produto em si, a embalagem, a disponibilidade e o preço precisam ser resolvidos antes do lançamento. 

Como fazer um mapa mental

Você pode criar um mapa mental que seja fácil de entender, atraente e agradável de visualizar. Para isso, tenha em mente os princípios que vamos abordar a seguir e use-os para criar o que você precisa. 

1 – Escolha um modelo de mapa mental

Usar um modelo ou uma ferramenta para criar um mapa mental pode ser uma maneira simples de começar. Escolha um design com base no propósito da sua ideia.

Deseja criar um mapa mental para mídia social ou uma postagem de guest post? Use uma colorido com mais detalhes decorativos, como diferentes formas e diferentes tipos de linhas de conexão.

Já se você estiver criando um gráfico para mostrar sessões de brainstorming ou apresentações internas, escolha um design que seja mais simples, com linhas limpas, formas simples e esquemas de cores neutras. Como este:

Cores neutras para design

Você também pode escolher o seu modelo com base em fatores como quanta informação você tem que apresentar e o interesse do seu público por detalhes.

Um usuário de mídia social apressado, por exemplo, não vai querer olhar muito tempo para uma peça muito detalhada. Porém, uma equipe que está planejando o lançamento de um projeto deseja ter bastante informações e ideias.

2 – Comece com sua ideia central e ramifique 

Se você não sabe por onde começar, coloque sua ideia principal no centro do mapa mental e comece a desenvolver ideias secundárias e tópicos a partir daí. 

Talvez você seja um coach de carreira que deseja criar um mapa mental que envolva seu público nas mídias sociais. Seu tópico é “gerenciamento de tempo”. Você quer mostrar a seus seguidores as diferentes maneiras de gerenciar seu tempo. 

Trace suas dicas para gerenciamento de tempo em torno da ideia central e, em seguida, explique essas dicas usando marcadores: 

mind map a partir de uma ideia central

O resultado é um mapa mental limpo e organizado, pois os marcadores ajudam você a explicar seu ponto de vista sem adicionar pontos extras que irão bagunçar o espaço.

3. Escolha um tema para o mapa mental

Mapas mentais destinados a clientes ou ao público em geral podem se beneficiar de recursos visuais que ajudem a explicar seu ponto de vista. Isso dá a ele o cobiçado “fator surpresa”.

Aplique fotografia de arquivo ao fundo para ilustrar uma ideia, como um nascer do sol para simbolizar “esperança”. Ou use uma imagem como o ponto central em vez de texto, como uma lâmpada para simbolizar “ideias” ou o logotipo de sua empresa no lugar do nome de sua marca.

Você também pode escolher ícones temáticos. Por exemplo, os ícones no mapa mental abaixo simbolizam principalmente aprendizagem e crescimento: 

Template criativo de mapa mental

Tente usar cores nas quais os consumidores confiem mais quando se trata de seu setor específico. O esquema de cores do seu mapa mental também deve prestar atenção à psicologia das cores.

Veja o exemplo acima novamente. Azul e roxo geralmente representam “competência”, “ambição” e “poder” – todas qualidades tradicionais de inventores e fundadores de empresas.

4. Use cores para organizar as informações 

Falando em cores, você também pode usar cores em seu mapa mental para chamar a atenção do leitor para certas informações. As cores são importantes para deixar o design do mapa mental mais bonito, mas principalmente para torná-los mais legíveis.

Esse truque é especialmente útil quando você deseja que seu chefe ou cliente se concentre em um ponto específico. No mapa mental abaixo, o ponto central escuro chama a atenção para o conceito principal e se diferencia dos pontos de suporte, em tons de arco íris: 

Mind map de negócios

O uso de ideias de suporte de cores diferentes torna um mapa mental mais fácil de visualizar. Também ajuda a separar as ideias umas das outras. Você também pode codificar com cores diferentes categorias de ideias para ajudar a organizar suas informações.

O mapa mental abaixo usa cores para categorizar diferentes estratégias de marketing:

Marketing-Strategy-Session-Mind-Map-Template

5. Crie uma hierarquia visual 

Usar elementos de design para enfatizar ao leitor quais são as informações mais importantes vai dar um senso de ordem ao seu mapa mental. Você pode fazer isso usando pontos de tamanhos diferentes: pontos maiores para ideias importantes e pontos menores para ideias menos importantes. 

Pode, também, usar linhas duplas para conectar os conceitos mais importantes e linhas simples para conectar informações de suporte extras. Ou use quadrados para ideias-chave e círculos para ideias de apoio. Neste exemplo, círculos maiores significam ideias de nível superior:

Mapa mental colorido

Mapa mental para design de logotipo

Digamos que você queira criar um logotipo para a sua empresa. Por onde começar? Seu logotipo deve fazer seus clientes se sentirem de uma determinada maneira.

Isso também é conhecido como uma “personalidade de marca”. Um escritório de advocacia provavelmente deseja que seu logotipo diga “confiável”, enquanto um estúdio de ioga prefere uma vibração “calma”. 

Veja como projetar seu mapa mental: 

1 – Escreva o nome da sua empresa no centro – esta é a sua ideia central; 

2 – Nos pontos conectados à ideia central, escreva palavras que expliquem como você deseja que os clientes se sintam em relação ao seu negócio, como inspirado, seguro, e aceito;

3 – Adicione marcadores a cada ponto explicando como o logotipo pode alcançar cada sentimento. 

Por exemplo, para “seguro”, você pode escrever “use o esquema de cores azul (na psicologia das cores, o azul está associado à confiabilidade)”. 

Mapa mental de marketing

Os mapas mentais e infográficos mais utilizados pós profissional de marketing são criados para compartilhamento nas redes sociais, envio de Email Marketing ou postagens de blogs. Nesses casos, eles tendem a ter mais recursos decorativos e menos informações.

Mas há outra utilidade bastante interessante para um mapa mental. Se você estiver criando um plano de marketing, por exemplo, é melhor algo simples e fácil de entender, como este modelo de estratégia de marketing, que usa três quadrantes para explorar três estratégias de marketing e bolhas para indicar ações.

Estratégias de marketing usando um mapa mental

Dica final: crie seu mapa mental com base em seu público 

Ao projetar seu mapa mental, sempre tenha em mente o seu público: ele deve conter apenas a quantidade de informações de que seus leitores precisam – nada mais. 

Um mapa mental detalhado pode funcionar para uma equipe interna que precisa de muitos dados. Mas, pode não funcionar para uma postagem de mídia social em que seu público pode não estar tão familiarizado com o tópico. Além disso, pense em maneiras de tornar a sua criação mais atraente para seu público. 

Você pode conseguir isso usando diferentes cores, formas, ícones, tamanhos de pontos, etc. Não exagere, no entanto. Use apenas recursos de design que ajudem a explicar sua ideia e não a compliquem com excesso de informações visuais.

Deixe seu comentário

Comentários