Marketing de Permissão: o que é, vantagens e como usar na sua empresa

Marketing de Permissão surge como uma solução para clientes e marcas conviverem online em harmonia, através de um relacionamento recíproco e consentido


O Marketing de Permissão foi criado pelo escritor americano Seth Godin, em 1999. O grande segredo desse tipo de estratégia está na abordagem direcionada, que impacta exclusivamente quem solicitou aquele tipo de conteúdo. A marca precisa ter o consentimento da audiência antes de enviá-lo.


Com a velocidade de expansão da internet, a forma de se comunicar, de consumir e até mesmo de ofertar precisou se adaptar a uma nova era de muita informação e pouco tempo disponível. Os usuários passaram a selecionar muito mais o que consomem, rejeitando aquilo que não foi solicitado e que até interrompe a sua navegação, seja ao assistir a um vídeo, ouvir uma música ou simplesmente entrar em um site.

Para tornar a experiência na Internet mais agradável e criar estratégias assertivas para as marcas, o Marketing de Permissão surge como uma solução para clientes e marcas conviverem online em harmonia, através de um relacionamento recíproco e consentido.

Aplicar essa estratégia na sua empresa não é nada difícil e ainda pode trazer muitas vantagens a longo prazo. Por isso, este post vai te ajudar a entender como colocar o Marketing de Permissão em prática.

Guia Definitivo do Inbound Marketing

Quer entender o que é e como funciona o Inbound Marketing? Baixe este eBook e aprenda, de forma simples, como essa estratégia pode ser aplicada no seu negócio

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

O antes e depois do marketing

Quando pensamos no marketing utilizado pelas grandes marcas antigamente, é fácil lembrar de propagandas que venciam pelo cansaço através da repetição, de músicas-chiclete e interrupções que esfriavam um momento de lazer e entretenimento.

Aliás, até hoje esse método é utilizado na televisão, no rádio, em jornais, revistas, telemarketing… Ou seja, ainda temos um compilado de informações que, muitas vezes, se tornam desagradáveis e geram um sentimento de impaciência no consumidor.

Quando passamos a depender muito mais da internet para fazer um negócio funcionar, foi necessário adaptar a maneira com que as empresas abordam as pessoas, utilizando o Marketing Digital para segmentar e converter o público em potenciais clientes. 

Isso funciona até certo ponto, uma vez que o Marketing Digital como conhecemos hoje também carrega alguns vícios da propaganda de antigamente. Com certeza você já teve um vídeo interrompido por propagandas mais de uma vez, por exemplo.

Com a proposta de deixar esses vícios de lado e trabalhar com uma comunicação direcionada, o Marketing de Permissão busca o diálogo entre marca e potencial cliente, feito através de uma autorização prévia.

Mas não pense que esse conceito é recente! Muito pelo contrário…

marketing de permissão

Afinal, o que é o Marketing de Permissão?

O termo Marketing de Permissão foi criado pelo escritor americano Seth Godin, em 1999. Assim, perceba como a necessidade de estreitar relações com os consumidores de uma forma passiva e amigável já é de longa data. O grande segredo desse tipo de estratégia está na abordagem direcionada, que impacta única e exclusivamente quem solicitou aquele tipo de conteúdo. A marca precisa ter o consentimento da audiência antes de enviá-lo.

Também vale lembrar que quem busca pelo seu serviço é o próprio público, de maneira natural. Sabe quando você entra em um site atrás de uma solução e, consequentemente, procura maneiras de continuar recebendo as informações disponibilizadas pela marca, sejam ofertas, dicas e afins?

Dessa forma, não é necessário fazer nenhum tipo de anúncio agressivo ou de interrupção, que só vai gerar sentimentos negativos no potencial cliente. A sensação de que a decisão está na mão dele é que faz o Marketing de Permissão ser tão vantajoso para as empresas, criando relacionamentos de longo prazo.

Vantagens da abordagem amigável

O nome Marketing de Permissão já diz o quanto ele pode ser benéfico para uma empresa. Afinal, todo relacionamento a ser construído pede um consentimento prévio, não é?

Por isso, as vantagens são bem claras: apenas quem realmente está interessado no seu negócio é impactado pelo conteúdo, o que resulta em estratégias muito mais efetivas e personalizadas com altas chances de conversão.

A redução de gasto de tempo (e dinheiro) também é visível, uma vez que o serviço oferecido pela empresa é direcionado estrategicamente para quem solicitou. Logo, fica muito mais fácil produzir conteúdo, gerar materiais, disponibilizar ofertas e outras demandas ao focar em quem realmente interessa.

Outro impacto que o Marketing de Permissão tem na audiência é o crescimento da credibilidade da empresa. Ao enxergar o público como algo que vai além dos números, a venda é apenas uma consequência. Isso porque o cliente final já foi conquistado de diferentes maneiras, com informações que agregam e acabam com as suas dores sem que seja necessário invadir sua privacidade.

Dicas para colocar o Marketing de Permissão em prática

Agora você já sabe o que é Marketing de Permissão e os motivos que o tornam tão poderoso para as empresas. Mas será que consegue imaginar como é possível colocá-lo em prática da maneira correta?

Na grande maioria dos casos, o interesse do cliente em autorizar receber anúncios e informativos de uma marca está diretamente ligado ao conteúdo disponibilizado, que é trabalhado no Inbound Marketing.

Existe muita informação na Internet. Ao navegar, o usuário é bombardeado por diferentes sites em questão de segundos e cabe a cada empresa saber se destacar nesse momento.

Então, para que o seu Marketing de Permissão seja um sucesso de verdade, é preciso criar conteúdo de maneira estratégica e de acordo com o funil de vendas. Veja alguns exemplos para colocar em prática:

Aposte em conteúdos que interessam

Não tem jeito, é o conteúdo quem manda! Gerar conexão e despertar o sentimento de necessidade em seu cliente pede que você compreenda as expectativas dele.

O conteúdo presente em seu site, blog, redes sociais ou em qualquer outra plataforma deve ser atrativo e interessante para despertar a curiosidade. Dessa forma, vai levar a pessoa a querer mais, permitindo que você envie conteúdos de forma direta e personalizada.

Aqui também entra a questão do SEO, que nada mais é do que aplicar estratégias que tornam a sua marca relevante para os principais sites de busca. Assim, ao ter uma dúvida que o seu negócio pode sanar, o cliente vai ser direcionado para a sua página organicamente.

Quanto mais segmentada, mais engajada a sua audiência será. Consequentemente, o Marketing de Permissão vai se tornando cada vez mais eficiente.

Implemente formulário de captura de Leads

Já que estamos falando em permissão, é necessário disponibilizar um canal para esse consentimento, certo? A ideia aqui é implementar formulários pedindo essa autorização para a audiência.

A tarefa de implementação do formulário é simples, mas é importante estar atento a alguns detalhes. Além de ser fácil de preencher, o consumidor deve ser avisado de tudo o que ele receberá. São ofertas? Dicas sobre algum assunto específico? Será via e-mail ou SMS? Quais as opções de horário?

Quanto mais clara a sua captura de Leads for, mais chances de a conversão ser certeira. E também é imprescindível que você nunca quebre o que foi autorizado. Mantenha apenas a frequência e os assuntos autorizados.

Se a sua marca oferece diferentes tipos de produtos, o ideal é disponibilizar diferentes formulários de captura de Leads. Isso porque a audiência é plural e chega até o seu negócio em níveis diferentes de consciência.

Ah, e ao criar o seu método de captação, nada de dificultar o processo. As chances do consumidor desistir no meio do caminho são grandes, caso tenha muitas informações para preencher.

Produza materiais ricos

De nada adianta engajar uma boa audiência através do Marketing de Permissão, e depois entregar conteúdos rasos. Invista em uma boa pesquisa, uma excelente escrita e diferentes formatos que vão estreitar essa relação.

Faça com que o consumidor seja fã do seu trabalho e tenha vontade de usufruir de tudo o que você tem a oferecer. Newsletters, Email Marketing, podcasts, infográficos e até memes são válidos, desde que converse com o seu branding.

A partir desse laço criado com tempo e estratégias é que você conseguirá, de fato, oferecer o seu serviço ou produto e converter em vendas. Mas, lembre-se, uma oferta só deve ser enviada se o seu cliente autorizar.

Possibilite o descadastramento do usuário

Por fim, e tão fundamental quanto tudo o que foi falado aqui, é oferecer a opção de descadastramento. Essa, inclusive, é a máxima do Marketing de Permissão, afinal, o cliente tem o poder de consentir e também de retirar esse consentimento.

Não dar essa possibilidade ao usuário, além de ilegal, é bastante desagradável e pode gerar conflitos na sua audiência. É comum que algumas pessoas queiram desfazer esse relacionamento uma vez que as prioridades e necessidades mudam — e está tudo bem!

Antes um pequeno grupo de pessoas engajadas no seu negócio do que milhares de pessoas que nunca vão comprar de você. Aliás, esse descadastramento deve ser de fácil acesso e o mais claro possível. Menos obstáculos e mais eficiência!

Marketing de Permissão e Inbound Marketing

Viu como o Marketing de Permissão é uma excelente estratégia para agregar o público certo ao seu negócio? A reciprocidade e a clareza são pilares fundamentais para qualquer relacionamento.

Muitas de suas características têm tudo a ver com o Inbound Marketing. Através dele você também oferece conteúdo educativo para seus leitores, convertendo-os em Leads quando eles ativamente deixam um contato com a sua empresa.

Você pode se aprofundar no tema com o Guia Definitivo do Inbound Marketing, um eBook completo para o seu negócio dar os primeiros passos nessa estratégia. Basta preencher o formulário abaixo para receber!

Guia Definitivo do Inbound Marketing

Quer entender o que é e como funciona o Inbound Marketing? Baixe este eBook e aprenda, de forma simples, como essa estratégia pode ser aplicada no seu negócio

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.


Se você ficou com alguma dúvida sobre como aplicar esse conceito em seu negócio ou quer uma empresa especializada para ajudá-lo, a Orgânica Digital está à disposição. Desde 2007 no mercado, temos experiência em projetos de diferentes complexidades e necessidades, mas todos com um ponto em comum: o sucesso!

Temos uma equipe formada por profissionais proativos, multidisciplinares e focados em alcançar os melhores resultados. Nossa missão é ajudar a sua empresa evoluir e alcançar os clientes ideias para o seu negócio.

Quer saber como ter esse atendimento personalizado? É só visitar o site da Orgânica Digital e conversar conosco!

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários