Mindshifters: mentes que transformam – conheça as pessoas eleitas!

Conheça os eleitos na premiação da RD Station que reconheceu "mindshifters" nas categorias de Marketing e Vendas


Mindshifters

Quando fizemos o estudo para nosso rebranding, no ano passado, uma característica apareceu muito forte entre nossos funcionários, carinhosamente chamados de RDoers, e no nosso ecossistema. Essa característica tem a ver com a energia, vontade e capacidade de transformação que temos como indivíduos e mais ainda como grupo. Para essa característica, demos o nome de “mindshifter”, hoje um dos cinco atributos da nossa marca.

Mindshifters chacoalham o mundo. Inovam. Levantam discussões importantes. Constroem comunidades. Desafiam padrões. Democratizam informações. E assim ajudam na evolução do mercado e da sociedade.

Por isso, achamos importante encontrar e reconhecer as pessoas para além do nosso universo que têm essa “vibe” e estão constantemente inspirando e incentivando outras ao redor. Durante o mês em que a lista foi aberta para indicações – 3 de outubro a 3 de novembro – recebemos mais de 700 nomes. Estudamos cada um, chegamos a 30 pessoas em cada categoria e nosso comitê interno elegeu os 10 finalistas em Marketing e em Vendas

Muitos deles poderiam estar em ambas categorias e foram inclusive indicados para as duas, o que nos mostra uma sintonia cada vez maior entre as áreas, uma das tendências que levantamos durante o RD Hostel 2021

Vamos conhecer os nomes?

Índice

Mindshifters Marketing

Wolo TV (Licínio Januário e Leandro Lemos) – [conteúdo/streaming] 

A Wolo TV, plataforma de streaming com foco na cultura negra latina e lusófona, lançada em dezembro de 2020, ganhou o Brasil e começou a ganhar o mundo em 2021. 

Os planos de expansão foram acelerados com a seleção da Wolo para receber investimentos do Black Founders Fund, da Google. 

Atualmente possuem conteúdo gratuito e pay per view na web, mas um dos objetivos da expansão é chegar a 1 milhão de pessoas na plataforma por meio da expansão para aplicativos de celular e smart TVs.

Rosangela Menezes[conteúdo e SEO]

De professora de física a jornalista e, nos últimos 11 anos como profissional de marketing – consultora de SEO e Inbound Marketing – , Rosângela Menezes fundou em 2021 a Comunidade Awalé, uma rede de colaboração e troca de conhecimento que conecta mulheres negras a projetos de marketing digital. 

“Já tinha vontade de voltar a lecionar e, ao ver a situação de muitas mulheres negras desempregadas devido à pandemia, sobretudo em Manaus, lugar onde nasci, resolvi acelerar esse projeto. Queria ajudar além do assistencialismo, gerar oportunidades para que essas mulheres pudessem começar a trabalhar como freelancers ou amadurecer seus próprios negócios no digital”, conta Rosangela

Ela criou um curso gratuito de Conteúdo Criativo e SEO com recursos próprios, e conta com o apoio de um time de mentoras com grande experiência na área. 

A inspiração veio do jogo de estratégia Awalé, baseado na cultura ancestral africana de troca. O objetivo é fazer uma grande colheita. Mas o sucesso dessa colheita depende diretamente da forma como as sementes foram plantadas. 

Pedro Alvim[redes sociais]

Há 9 anos na Magalu, Pedro lidera as equipes de social media e marketing de influência e foi responsável por transformar a empresa em uma das maiores varejistas em número de fãs e seguidores nas redes sociais, que hoje já ultrapassam os 28 milhões.    

A Lu, avatar 3D criada em 2003, deixou de ser apenas um ícone para tornar-se uma das personalidades e influenciadoras virtuais mais cobiçadas da internet. Foi requisitada até para fazer campanhas de outras marcas, representando uma fonte de receita para a Magalu.

Este ano a Lu participou da campanha de combate à violência contra a mulher, lançou um videoclipe com a Anitta na chegada do Magalu ao Rio de Janeiro, apresentou-se na Dança dos Famosos, foi convidada para estar em seu primeiro clipe internacional com o DJ Alok e ganhou o posto de terceira influencer virtual mais seguida do mundo!

Pedro já esteve na lista do YOUPIX Builders em 2017 como uma das 10 pessoas mais influentes de conteúdo digital e em 2020 esteve na edição 100 da Locaweb como um dos brasileiros que transformam a Internet.

Mariana Torquato[conteúdo/social]

Ativista da causa das pessoas com deficiência, Mariana é criadora do maior canal sobre o tema no Brasil. Ela nos educa de forma irreverente e descontraída sobre o preconceito contra pessoas com deficiência, relacionamento e acessibilidade. 

Batizado de “Vai Uma Mãozinha Aí?”, o canal no YouTube criou uma comunidade de pessoas que não se sentem mais sozinhas e podem debater juntas o preconceito profissional, na escola e no dia a dia em geral.

Fez um incrível trabalho durante as Paralimpíadas de Tóquio, questionando a falta de visibilidade para os jogos na TV e nos alertou com conteúdos sobre expressões capacitistas frequentemente repetidas por quem assistia à competição.

Primeira latina com deficiência a concluir um mestrado em políticas públicas na alemã Hertie School, Mariana palestra em diversos eventos e já participou de um TEDx.

João Branco do Méqui[ativações e experiência] 

João tem feito um trabalho constante nos últimos três anos, tanto para modernizar a marca McD no Brasil, quanto para usar mais tecnologia no contato com os consumidores, sem que isso interfira na personalização da relação.

Em 2021, a marca inovou em vários movimentos: estreou no mundo dos games, colocando o Méqui 1000 dentro do Minecraft e do The Sims 4, fez festa do pijama no BBB21, anunciou o Drive Tudo, permitindo a entrada com qualquer meio de transporte, inventou a piscininha do cheddar e chegou aos 50 milhões de downloads do app. Além disso, acaba de lançar uma coleção de roupas!

João também tem um importante papel inspirando outras iniciativas do mercado e assina colunas em quatro publicações: Forbes, UOL, M&M e MIT Technology Review.  

Jana Ramos[growth hacking]

Historicamente uma das maiores evangelizadoras de growth hacking e consultora de várias startups, montou em 2021 a edtech Queen Jay para formar mais profissionais focados no crescimento das empresas. 

“Peguei amor por transformar a vida das pessoas através da capacitação em uma disciplina que as faculdades não ensinam e é tão importante para profissionais de marketing”, diz.

Jana criou seu próprio método chamado de Jornada da Queen Jay, desenvolveu materiais e vídeos e montou uma plataforma com metodologia, mentorias e workshops com especialistas, além de uma comunidade incrível com gamification para fortalecer o networking e estimular o engajamento dos alunos com desafios e recompensas exclusivas. 

É também grande inspiração e referência para empreendedoras que estão iniciando seus negócios.

Hernane Ferreira Jr[newsletter]

Hernane é fundador do @thenews.cc, a newsletter de notícias de mais rápido crescimento no Brasil. 

O the news começou no início da pandemia, a partir da necessidade que Hernane sentiu de fazer uma curadoria com todas as informações que estavam sendo veiculadas. “As pessoas precisavam de informação direcionada e tive vontade de produzir algo que atendesse a mim e às pessoas da minha idade, trazendo um panorama dos fatos de modo que pudéssemos ficar informados rapidamente”

Mas foi em 2021 que a newsletter deu um grande salto: cresceu 10 vezes em 10 meses, chegando perto de 1 milhão de assinantes no momento.

Um dos grandes responsáveis por esse crescimento foi o programa de indicações que ele criou, em que os usuários recebem brindes à medida que indicam conhecidos para receber as notícias. “Em tempos de fake news, a recomendação de uma pessoa que eu conheço é essencial para que eu confie no que estou recebendo”.

Além do sucesso do the news, Hernane também lançou o @thebizness.cc, novo produto que cobre notícias ligadas a negócios e tecnologia e assim ele vai adaptando sua oferta de acordo com o interesse dos leitores.

Felipe Silva – Agência Gana [podcast] 

Sócio e Diretor de Criação da Agência Gana, Felipe Silva assina a direção criativa do Mano a Mano, o podcast mais ouvido no Brasil, que figura no topo do Spotify desde o seu lançamento, em agosto.

Pensado para o mundo “pós-pandêmico”, em que muitos temas estão sendo discutidos, mas não de forma que cheguem à população preta e periférica, o podcast desafia a mesmice e traz conversas francas e claras, como se estivéssemos batendo papo “na esquina de casa”. 

Segundo Felipe, a riqueza do projeto está na coletividade. O projeto juntou Mano Brown, historicamente um “tradutor” de assuntos complexos, uma curadoria primorosa com pessoas de ponto de vista diferentes, a empresa Boogie Naipe e a produtora MugShot, para fazerem um conteúdo original Spotify.

Felipe também foi recentemente indicado ao Prêmio Caboré como Profissional de Criação do Ano. 

Clara Fagundes[conteúdo/social] 

Sergipana em SP, futurologista, pesquisadora e comunicóloga. Formada e pós-graduada na USP e habilitada em Future Studies pelo IED. Em seu perfil no Instagram, Clara Fagundes conversa com mais de 128 mil pessoas sobre temas como Feminismo, Educação, Nordeste e Futuros.

Suas “análises pop” discutem comportamento e cultura abordando temas da atualidade, como séries, filmes e reality shows, em uma linguagem simples e leve. Em 2021, criou os podcasts feministas “olá, bruxas” e “Nada Fútil” e o especial “Outubro Nordestino”, com conteúdos sobre orgulho, cultura e uma campanha anti xenofobia.

O seu propósito na internet é educar mulheres para ampliar acessos. Por acreditar no poder da educação para a emancipação feminina, após 8 anos mapeando tendências para clientes como AMBEV, Grendene, Vivo e Natura, abriu uma escola online para ajudar mulheres a co-criar futuros melhores utilizando a futurologia (ciência social que estuda futuros e tendências) e o feminismo.

Atila Iamarino [conteúdo/social]

Atila Iamarino é um biólogo e pesquisador brasileiro, formado em microbiologia e doutor em virologia, que se denomina um “explicador do mundo”. 

Tornou-se conhecido por seu trabalho de divulgação científica no canal do YouTube denominado Nerdologia, que possui mais de 3 milhões de inscritos, e no Instagram, com mais de 1 milhão de seguidores. 

O canal “traduz” informações científicas de forma que fiquem mais acessíveis a todos, cobrindo tópicos como doenças, tecnologia, astronomia e história.

Em 2021, @oatila teve novamente um papel muito importante, trazendo dados científicos para esclarecer verdades e mitos sobre a Covid-19 e o isolamento social, assim como informações sobre as variantes e possíveis cenários mundiais.

Mindshifters Vendas

Mindshifters Vendas

Adriana Barbosa[marketplace] 

Fundadora da Feira Preta e CEO da PretaHub. Em 2021, inovou as vendas de sua plataforma online com a parceria do Banco Santander, proporcionando a comercialização de produtos de seus parceiros negros, indígenas, LGBTQIA+ e quilombolas que tiveram negócios acelerados pela PretaHub.

Este ano o evento terá 20 dias de programação com transmissão via Facebook e Instagram de shows, palestras, videomapping, workshops e a feira de empreendedorismo. Os produtos estarão à venda no Marketplace Feira Preta, portal de e-commerce lançado no ano passado. 

Acaba de estabelecer uma parceria com o Instituto C&A para fortalecimento do empreendedorismo preto na moda. A parceria gerou frutos de seis afroempreendedores comercializando suas coleções na plataforma da C&A. 

Arthur Frota[atendimento] 

Arthur Frota é CEO da Tallos, uma startup cearense de tecnologia, com atuação nacional e na América Latina. Seu produto é uma plataforma de atendimento digital inteligente, criada para centralizar a comunicação com o cliente em uma única plataforma. Tudo isso com a ajuda da TAI, inteligência artificial própria da Tallos.

A startup já recebeu investimentos da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico (Funcap) e de um grupo de investidores do CESAR, mas seu grande crescimento ocorreu durante a pandemia, quando as empresas começaram a procurar a Tallos para estruturar suas vendas no digital. 

Em 2021, Arthur triplicou o número de funcionários da Tallos, atingiu mais de 10 mil usuários no Brasil, traduziu a plataforma para inglês e espanhol e já está em negociação com clientes no Chile, Peru e Portugal.

Camely Rabelo – [mentoria]

Camely Rabelo tem verdadeira paixão por fazer as empresas venderem mais. Não apenas isso: sua missão é desenvolver equipes de vendas, usando todo o potencial humano que as pessoas que fazem parte desses times muitas vezes não sabem que têm.

Faz isso através da Escola Exchange, da qual é co-fundadora, que mira ser a maior aceleradora de vendas do Brasil. Assim como Camely, a Exchange é focada no desenvolvimento de carreira para pessoas da área comercial, por meio de treinamentos, mentoria e consultoria.

Camely ainda é mentora da FRST Falconi e da Distrito, usando sua experiência de 14 anos no mercado ERP – sendo 10 deles como líder comercial de canais e inside sales. Hoje, ela se define como hipnoterapeuta corporativa, especialista em vendas e liderança e coach de carreira.

Em 2021, Camely e a Escola Exchange fizeram mentorias para mais de 300 profissionais, auxiliando a retomada das vendas e, consequentemente, da economia. Ela ainda foi uma das selecionadas como uma das 21 maiores referências femininas de vendas do Brasil no evento Women in Sales.

Carol Manciola – [treinamento] 

Primeira mulher brasileira a emplacar um best seller de vendas, o Bora Bater Meta, Carol Manciola atua há 18 anos como consultora e treinadora especializada em vendas. É CEO da Posiciona Educação e Desenvolvimento, empresa especializada em treinamento de equipes de vendas, que dobrou de tamanho nos últimos dois anos, impactando mais de 350 mil pessoas diretamente por meio de seus cursos, eventos, palestras e consultorias. 

Carol criou a metodologia Seller Experience, um canvas de diagnóstico de gaps entre estratégia e execução alicerçado na perspectiva do vendedor. Em 2021, viajou o Brasil e ministrou centenas de palestras online com foco na revitalização do papel do vendedor na era digital. “O objetivo é recuperar esse vendedor que está se adaptando ao processo de automatização, utilizando recursos para potencializar, criar experiências e entender como lidar com um consumidor mais consciente e mais informado”, diz.

Como mulher e nordestina atuando em vendas, utilizou sua própria experiência na área para conquistar espaços. Além disso, Carol também participa de projetos  de forma voluntária para fortalecer micro e pequenos empresários, e a Posiciona realiza um evento gratuito para ajudar vendedores que estão em busca de recolocação no mercado. 

Daniel Baunds – [eventos]

Daniel faz parte da NASP, uma rede mundial de Especialista em Aceleração de Vendas, em que estão reunidos os maiores líderes e influenciadores da área. Com a experiência de 14 anos como consultor de gestão e vendas e passagens profissionais e acadêmicas no Brasil, Estados Unidos, México e Bélgica, fundou os dois principais eventos de vendas B2B do Brasil – Vendas B2B Summit e Vendas B2B Experience.

Em 2021 fundou a Inside Sales Academy, uma plataforma de desenvolvimento contínuo de times de vendas, com um modelo inédito no Brasil. “Nossa proposta é ser um hub de conhecimentos, trazendo o que existe de mais atualizado no mundo das vendas. Falo que vendas é como um esporte, precisa treinar sempre para se manter bem, é um trabalho de  desenvolvimento permanente”, conta.

Eduardo Muller – [avaliações] 

Empreendedor, fundador e CEO da B2B Stack, a maior plataforma de avaliações de software B2B do Brasil, Eduardo Muller tem como foco a transformação digital e educação em vendas, como um parceiro de sales enablement das empresas de software.

Lançou a B2B Stack em 2019 com o objetivo de trazer mais transparência e velocidade aos tomadores de decisões nos negócios, utilizando a tecnologia para conectar compradores e vendedores de softwares B2B. Neste ano, o portal atingiu a marca de mais de 350 mil acessos mensais de compradores que procuram softwares e serviços. “Estamos conseguindo trazer cada vez mais para dentro do mundo B2B o conceito de uma comunidade para gerar confiança nas marcas, e as marcas engajando com os seus clientes para gerar confiança nos seus produtos, e com isso gerar vendas de forma mais transparente” 

Eduardo ainda tem experiência internacional em vendas B2B e ajudou a acelerar o outbound no país, trazendo a metodologia Receita Previsível, de Aaron Ross para o Brasil.

Etienne Du Jardin[live sales]  

Empreendedora serial, Etienne já esteve à frente de 7 empresas. Entre elas, é cofundadora e CPO na Mimo Live Sales, a primeira plataforma de Live Commerce da América Latina, startup que cresceu exponencialmente em 2021 após receber investimento anjo em 2020 e fecharem um seed round em 2021. 

Lançou duas plataformas próprias em 16 meses: o marketplace Mimo, que funciona como um shopping de live commerce e oferece uma experiência omnichannel para os consumidores, e a plataforma whitelabel Mimo, que permite que marcas realizem a experiência de live commerce com tecnologia Mimo em seu site ou aplicativo (iOS e Android). 

Etienne e sua sócia foram selecionadas para o Future Females UK em 2020, Endeavor Brasil Scale Up Retail Tech 2021 e convidadas para Beta Program Startups do Web Summit 2021 em Lisboa. 

Etienne foi também finalista do prêmio “1st Women In Tech Brazil Awards 2021/Categoria Mulher Disruptiva” – premiação da Women In Tech – Global Movement e foi nomeada como “Most Influential Woman in Impact Strategy Consulting Brazil” pela Acquisition International Magazine e Influential Business Woman Awards 2020.

Luiz Gustavo Pacete[games] 

Editor de Tecnologia e inovação da Forbes Brasil e Head de Conteúdo da MMA Latam, Pacete sempre transitou por várias áreas, entre marketing, inovação, transformação digital e tecnologia.

Em 2016, o jogador Ronaldo comprou um time de e-sports, e Pacete ficou intrigado sobre o mundo dos negócios que haveria por trás do que parecia apenas uma diversão. A partir daí, começou a se interessar e a pesquisar sobre o tema. “Não sou um gamer, mas sou um consumidor do lifestyle”, diz. O game passou então a ser pauta de muitas de suas matérias.

Recentemente, tem sido uma voz bastante ativa na educação do mercado sobre a evolução dos games e sua importância para as marcas. Tornou-se um consultor sobre o tema e tem defendido que as empresas usem esse canal não só para proporcionar uma experiência para o usuário, mas também como potente canal de vendas.

Marcelo Germano[gestão] 

Fundador do Empresa Autogerenciável, desenvolveu técnicas de gestão quando começou a empreender e percebeu que as horas de trabalho nunca seriam suficientes se ele não aprendesse a delegar e a gerir.

“Se você está trabalhando para fazer a sua empresa funcionar, quem está trabalhando para fazê-la crescer?”, questiona. Assim, se dedicou a aprender novas habilidades, estabelecer indicadores e coletar dados. 

Criou um movimento chamado Movimento Empresa sem Caos, que defende a construção de equipes autogerenciáveis, com pessoas que se sintam parte da empresa e sejam capazes de tomar decisões. Sua metodologia está baseada em seis pilares: domínio pessoal, cultura, liderança, gestão, finanças e tração.

Em 2021, o podcast Empresa Autogerenciável está entre os mais ouvidos na área de negócios e tem contribuído para levar donos e donas de pequenas empresas aos outros canais e aos treinamentos. A empresa tem crescido de maneira acelerada e deve dobrar de tamanho em comparação a 2020.

Renata Centurion[escala] 

Do mundo corporativo para a consultoria, Renata é Mindshifter por natureza e sempre está em busca de como fazer algo de forma diferente para evoluir dentro do próprio método. Sócia-diretora da Winning by Design na América Latina, já treinou e ajudou a redesenhar várias empresas, com foco em impacto e escala, utilizando o modelo de recorrência “ampulheta deitada”. Como gosta de dizer, “não existem leads infinitos”!

Os treinamentos da Winning by Design são conhecidos por serem muito dinâmicos, captando a energia dos participantes, e em 2021 Renata trouxe várias inovações para o formato online, com efeitos, música e tecnologia, para que os participantes não perdessem o engajamento. Também desenvolveu a metodologia “High Impact Coaching”, treinamento para gestores apoiarem suas equipes no cenário remoto. 

Em 2021, a WBD lançou um site com uma série de materiais no formato “open source” para que todos pudessem utilizá-los de forma gratuita, formando assim uma comunidade para compartilhamento de informações. Além disso, lançará até o final do ano, um “Programa de Aceleração” focado em empresas menores que ainda estão no começo de suas jornadas (early stage), com programação de seis semanas incluindo conteúdo, coaching e mentoria para empresas pré-selecionadas.

Deixe seu comentário

Comentários