Motivos para sua página não estar sendo exibida pelo Google

Alguns motivos da sua página não estar sendo exibida pelo Google são: não ter links de outras páginas apontando para a sua; sua página pode estar configurada com a Tag rel=”NoFollow”, que é uma instrução para o Google ignorar a sua página; seu site pode ter recebido uma punição do Google. Uma dúvida que com […]


Alguns motivos da sua página não estar sendo exibida pelo Google são: não ter links de outras páginas apontando para a sua; sua página pode estar configurada com a Tag rel=”NoFollow”, que é uma instrução para o Google ignorar a sua página; seu site pode ter recebido uma punição do Google.


Uma dúvida que com alguma frequência ouvimos em SEO é “porque minha página não está aparecendo no Google?”.

Existem alguns aspectos importantes na forma como as ferramentas de busca descobrem e indexam conteúdo e negligenciar esses itens pode fazer com que alguns conteúdos do seu site fiquem de fora.

Para fugir desse problema, complementando nosso último post sobre os benefícios de um Sitemap XML e como criar um para sua empresa, listamos abaixo alguns itens que podem fazer com que uma página não seja listada pelo Google. Confira:

eBook O Guia Completo do SEO

Tudo o que você precisa saber para ficar na primeira página do Google e atrair mais visitantes qualificados

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Não há links em lugar nenhum para a página que você quer que seja exibida

O Google e outras ferramentas de busca só encontram um conteúdo quando ele é recomendado e isso é feito através do Sitemap e, principalmente, de links.

Se não houver links para a página, dificilmente ela será indexada pelas ferramentas de busca. Por isso, é sempre indicado que todo site e blog faça um trabalho de linkagem interna, pois além de dar mais insumos para o leitor, também direciona o Googlebot para outras páginas, auxiliando no trabalho de rastreamento.

Além disso, fazer a linkagem interna juntamente com um trabalho bem executado de link building podem ajudar a aumentar a reputação e autoridade da sua página tendo maiores chances de não somente aparecer nos mecanismos de pesquisa, mas também de torná-la melhor posicionada visto que links são um fator de classificação do Google.

Páginas exibidas somente após o preenchimento de formulários

Os robôs que fazem a varredura atrás de novos links não conseguem preencher um formulário e identificar qual conteúdo aparece em seguida. Assim, qualquer conteúdo ou link que só é acessível através de um formulário é considerado invisível para os motores de busca.

Para melhor ilustrar, basta pensar no exemplo clássico, que ainda vemos muitas vezes, de páginas que exigem logins de usuários para continuar sua navegação.

Links inseridos em um código JavaScript, Flash, plug-ins, PowerPoint e PDF

Cuidado com utilização de javascript nos links do seu site. É bem possível que as ferramentas não estejam rastreando ou estejam passando um peso muito pequeno para os links inseridos dentro delas, que podem acabar não sendo indexados.

Do mesmo modo, os links inseridos dentro de Flash e outros plug-ins costumam ser invisíveis para as ferramentas de busca. Os buscadores estão fazendo progressos para detectar esse tipo de link, mas por hora, evite confiar demais nestes avanços.

As ferramentas também raramente relatam ligações em arquivos de PowerPoint e PDF.

Links para a página usando a Tag rel=”NoFollow”

A utilização do atributo “nofollow” nos links para a página funciona como uma instrução para a ferramenta de busca não seguir a recomendação e ignorar o link.

Já o uso desse mesmo atributo como meta tag na própria página é ainda pior: serve como proibição para as ferramentas de busca indexarem o conteúdo.

Excesso de links em uma Página

O Google tem uma diretriz em que sugere o padrão de até 100 links por página. Esse número é indicado para não sobrecarregar a leitura dos robôs de busca, que passam a ignorar quando o número de links é excessivamente alto.

Este “limite”, na verdade, é um pouco mais flexível, e dependendo da autoridade da página pode chegar a 150 ou mesmo 200 links sem grandes prejuízos. No entanto, é prudente limitar este número e evitar o risco de ter urls que são importantes para sua empresa fora da indexação.

Seu site recebeu uma punição

Se seu site utiliza-se de black hat (técnicas maliciosas para obter melhores posições), é possível que ele tenha sofrido uma punição do Google.

Para confirmar isso, procure por uma página que já seja popular (como a Home do site, por exemplo). Se ela não estiver sendo exibida e o motivo não for nenhuma das causas acima, tente identificar o motivo da penalidade, corrigir e fazer o pedido de reconsideração.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários

11 comentários

  1. Vânia Farias

    Mais uma questão: como faço para registrar uma queixa no google sobre um endereço que é plágio do meu material?

  2. Vânia Farias

    Fui penalizada pelo google e estou tentando entender por qual motivo.
    Minhas páginas aparecem no top 10 para buscas orgânicas e todo o texto de meu blog é original, de minha autoria e fruto de experiência pessoal.
    Tive parte do conteúdo de texto do meu blog copiado por uma empresa de turismo, que republicou integralmente o texto e agora o link do meu texto original sumiu e a dita empresa aparece em primeiro na busca – com o meu texto!!!!
    Já entrei em contato com a empresa que plagiou meu texto, solicitando para que retirem o conteúdo e eles não respondem e mantém o texto lá.
    Entendo que fui “punida” pela cópia de meu texto. Será isso?

  3. Luiz Felipe

    Será que, seguindo essas dicas, demora muito para o google posicionar bem as páginas?

    1. Joao Marcus Nascimento

      digite na barra de pesquisa do Google: “site:+’seusiteaqui’ . Tem que ser tudo junto, como um link mesmo, então o Google vai fazer tipow uma análise das páginas indexadas!

  4. Condoseg CS

    Muito bom. Através das dicas de vocês, consegui descobrir se o meu site https://www.condoseg.com/ estava no google ou não. Tks

  5. http://esportediario.esy.es/

    eu segui todos passos mas meu site nao indexa na google coloquei ele ontem

  6. Adalberto Bueno

    ..

  7. Agência MACAN

    Um link com o atributo rel=”nofollow” pode ser rastreado, porém, não irá passar relevância para o mesmo, beneficiando-se apenas do tráfego.