Blog de Marketing Digital de Resultados

As 9 grandes mudanças no mundo do Marketing que você precisa conhecer

Veja quais são as maiores mudanças no mundo do marketing nos últimos anos e entenda como elas influenciam na adoção de novas táticas

Você já parou para pensar no quanto a tecnologia se desenvolve rápido atualmente? É até difícil imaginar uma vida sem tantas engenhocas, dispositivos e aparatos que tornam nossas vidas mais fáceis.

Se você acha que isso é um exagero, confira uma lista de inovações que ocorreram há menos de 15 anos e se surpreenda:

  • o Facebook foi criado em 2004, ainda como uma rede acadêmica;
  • o primeiro iPhone foi lançado em 2007;
  • o Waze foi fundado em 2008;
  • o Instagram apareceu nas telinhas pela primeira vez em 2010;
  • a Netflix chegou ao Brasil somente em 2011;
  • os smartwatches só receberam aportes significativos em 2013;
  • O Nintendo Switch estreou ainda em março deste ano.

Alguns desses itens são tão comuns em nosso cotidiano que parecem sempre ter feito parte dele, não é mesmo?

Se você parar para refletir, não faz muito tempo que ainda preciso de CDs para ouvir música, disquetes para transferir arquivos e de esperar o sábado chegar para se conectar à internet com economia. Bons tempos…

É claro que, com o advento dessas novas tecnologias e funcionalidades, o comportamento do consumidor também muda.

E, com isso, o marketing precisa se adaptar. Afinal, o grande objetivo das estratégias de qualquer negócio é conseguir alcançar clientes, não é mesmo?

Neste artigo, você saberá quais são as maiores mudanças no mundo do marketing e entender como elas influenciam na adoção de novas táticas. Ficou interessado? Então continue a leitura!



Kit Marketing Digital para Iniciantes

Aprenda mais sobre Marketing Digital e aumente as oportunidades de negócio da sua empresa

O que é a transformação digital

Hoje em dia, muitos profissionais e especialistas debatem com frequência sobre o que é transformação digital.

Alguns defendem a ideia de que se trata da tecnologia da informação trabalhando para atender às novas necessidades e desejos das pessoas. Outros afirmam que o foco é a melhora das experiências cotidianas da sociedade.

Apesar de algumas pequenas diferenças, fica claro que, no marketing, trata-se da adequação aos novos hábitos e costumes do consumidor. E isso inclui diversas áreas, como:

  • estratégia;
  • publicidade;
  • liderança;
  • modelos de negócios;
  • operações;
  • análise.

Saber como adaptar-se às tendências de consumo é, então, essencial para o ambiente corporativo. E elas andam de mãos dadas com os avanços tecnológicos.

É fácil observar que a transformação digital explora as novas possibilidades geradas por meio da tecnologia da informação, prevendo mudanças e gerando novas oportunidades.

E não pense que isso é uma responsabilidade apenas das grandes empresas. Toda organização que vislumbra um futuro próspero precisa estar atenta a essas transformações.

As grandes mudanças no mundo do marketing

Algumas delas trazem impactos imediatos; outras, embora ainda não sejam tão usuais, premeditam o futuro, criando novas possibilidade de exploração.

Diante de tantas inovações, você deve estar se perguntando: “tá, mas o que está acontecendo nesse exato momento?”.

A seguir, veja uma lista com as 9 mais impactantes mudanças que você precisa ficar de olho:

1. Marketing baseado em contas (account-based marketing)

Essa estratégia pode ser descrita em uma palavra: foco.

Você acha que a sua empresa realmente precisa de uma cartilha vasta de clientes? Pois saiba que quantidade nem sempre é sinônimo de prosperidade.

O account-based marketing concentra os esforços para contas específicas, mas que são de fato relevantes para um negócio.

Assim, é possível realizar um trabalho de maior qualidade, levando em conta, claro, os clientes que geram melhor ROI.

O mercado é amplo e, se você está se matando para lidar com o maior número de clientes possível, pode estar seguindo o caminho errado. Concentrar-se em parceiros que trazem melhores resultados pode ser a melhor saída.

2. Automação

Você provavelmente já utiliza a automação em suas estratégias, certo?

Isso acontece quando se programa o envio de uma newsletter, cria relatórios automaticamente ou delega funções específicas aos bots de softwares.

Ela é muito importante, principalmente em estratégias que requerem atualizações e cuidados constantes, como o Marketing de Conteúdo, links patrocinados e redes sociais.

A tecnologia de automação é responsável por otimizar os mais variados processos e operações dentro da empresa. Isso implica em agilidade, segurança e eficiência nas ações de marketing.

3. Big data

Uma das grandes vantagens em se fazer marketing na internet é a possibilidade de recolher um grande número de informações relacionadas aos usuários.

Se você trabalha com o digital, deve conhecer ferramentas de análise como Google Analytics, Facebook Insights, Buzzsumo, Socialbakers, Google Trends, RD Station, entre outras.

Elas oferecem dados mensuráveis que norteiam as ações estratégicas de uma empresa, traçando táticas para alcançar os objetivos planejados.

O conceito de big data engloba todos os dados coletados acerca do usuário e suas ações na rede mundial de computadores, funcionando como um guia para compreensão do comportamento do internauta.

Apesar de ser mais comum online, pode-se considerar como big data todas as informações conhecidas acerca do consumidor moderno, independentemente de sua origem.

Então, se a sua empresa não utiliza da análise de métricas para desenvolvimento, saiba que você pode estar ficando para trás.

4. Robótica

Você se engana se acha que os robôs são simulações de indivíduos vistas nos filmes de ficção científica, como “Star Wars”, “Robocop” e “O Exterminador do Futuro”.

A verdade é que os eles são comumente utilizados no ambiente de marketing, principalmente em “chatbots”.

Essa tecnologia é muito utilizada no atendimento e suporte ao consumidor, tanto em telefonia quanto na internet.

Muitas empresas já usam esse recurso para facilitar os processos e otimizar os índices de respostas e, consequentemente, de satisfação dos clientes.

Aqui, integra-se o conceito de inteligência artificial, que tem como objetivo programar aplicações cada vez mais próximas a um ser humano real.

5. Computação em nuvem

O termo cloud computing é uma metáfora que remete à utilização da internet para uma série de funcionalidades. Isso inclui:

  • armazenamento;
  • servidores;
  • bancos de dados;
  • segurança;
  • softwares;
  • transferência;
  • análise;
  • otimização de processos;
  • compartilhamento;
  • streaming.

Alguns dos serviços mais famosos em nuvem são o Google Drive, DropBox e iCloud. Mas existem diversas outras empresas que fornecem esse tipo de atividade, que pode variar de acordo com as necessidades do cliente.

6. Aplicativos móveis

Segundo pesquisa divulgada pela Fundação Getúlio Vargas, o Brasil terá um smartphone por habitante até o fim de 2017, o que corresponde a mais de 200 milhões de aparelhos.

As redes de 3G já estão disponíveis para 5.016 municípios brasileiros, o que representa mais de 90% de abrangência nacional. Então, é possível concluir que essa é uma tendência cada vez mais presente no cotidiano do usuário.

As empresas precisam tirar proveito dessa vantagem competitiva, elaborando novas aplicações e aproveitando-se daquelas já existentes em suas estratégias de marketing.

Um bom exemplo é a utilização de aplicativos sociais, como Instagram e Snapchat.

Mas existem também aqueles voltados a outras funções, como a produtividade (Evernote, Google Docs), comunicação (Slack, WhatsApp), vendas (Pipedrive) e finanças (Mobilis).

O importante, no fim, é pesquisar aqueles que trarão benefícios ao seu modelo de gerenciamento.

7. Tecnologias vestíveis

Uma das previsões realizadas pelos especialistas diz que, cada vez mais, as chamadas “wearable” estarão presentes na rotina dos consumidores.

É claro que os celulares não vão desaparecer (por enquanto), mas a tendência é que se observe, cada vez mais, as tecnologias vestíveis como instrumento de rotina. São acessórios ou peças de roupa que levam a tecnologia acoplada.

A mais famosa delas, talvez, sejam os smartwatches, já comercializados por grandes players do mercado, como o Galaxy Gear e o Apple Watch.

Mas existem outras opções, como óculos, anéis, pulseiras, capacetes, tênis e, até mesmo, camisetas com nanofibras e eletrodos que registram alguns sinais vitais do usuário.

Esse mercado deve alcançar as cifras de 19 bilhões de dólares em 2018, segundo relatório da Juniper Research.

8. Experiência do consumidor

Não há dúvidas que a experiência do usuário é um dos elementos mais importantes para aquisição e retenção de clientes.

Afinal, as sensações adquiridas ao usar um produto ou usufruir de um serviço devem ser as mais agradáveis possíveis, possibilitando a manutenção da principal fonte de renda das empresas.

Por isso, é muito importante levar em consideração o aspecto comportamental ao desenvolver estratégias de marketing.

Alguns fatores importantes são a personalização, segmentação da audiência, monitoramento nas redes sociais, SAC 2.0, remarketing, customer success, entre outros.

9. Modelos de negócio

Antes da era digital, os modelos de negócios seguiam estruturas semelhantes, geralmente voltadas ao comércio varejista e atacadista.

Porém, essa realidade mudou. As novas tecnologias trouxeram novos métodos de gestão. Alguns bons exemplos de modelos e negócios consolidados são:

  • Assinatura: Netflix, TAG Experiências Literárias;
  • Cursos online: Open English, FGV;
  • Softwares e aplicativos: Google Play, App Store;
  • Serviços digitais: 99designs, Trivago;
  • Afiliados: Hotmart, Méliuz;
  • E-commerce: Amazon, Submarino;
  • Crowdfunding: Catarse, Kickante
  • Publicidade em conteúdo próprio: Jovem Nerd, Porta dos Fundos
  • Publicidade em conteúdo gerado pelo usuário: Facebook, YouTube, Twitch;
  • Facilitadores: Peixe Urbano, Groupon;
  • Ebooks: Kindle, Kobo.

E esses são apenas alguns dos modelos conhecidos.

A cada dia, mais empresas vêm inovando para se adaptar às necessidades do consumidor. Obviamente, nem todos os formatos foram explorados.

Cabe ao bom empreendedor descobrir quais são as brechas existentes para encontrar um lugar ao sol.

Nesse artigo, você viu quais são as principais mudanças no mundo do marketing. A dica mais importante é: mantenha-se atualizado e acompanhe os principais blogs do mercado para estar sempre um passo à frente da concorrência.

E você, está preparado para o amanhã? Se quer saber mais dicas de como se planejar, leia também sobre como será o profissional de marketing do futuro.

Marcadores:

Deixe seu comentário