Blog de Marketing Digital de Resultados

6 dicas sobre produção de podcasts diretamente da palestra de Nathan Latka #RDSummit

Em 2 anos no ar, o podcast de Nathan Latka já reúne 5,4 milhões de downloads. O empreendedor compartilhou alguns aprendizados e deu boas dicas para o público que quer produzir seu próprio podcast

Nathan Latka acredita que o podcast é o futuro e compartilhou no RD Summit 2017 algumas experiências que teve baseadas em seu próprio show, o The Top Enterpreneurs in Money.

Antes mesmo de subir ao palco, Nathan Latka já estava conversando com alguns participantes da sala 4 do RD Summit, onde foi a palestra. De cadeira em cadeira, o norte-americano seguia cumprimentando as pessoas e falando com elas.

Depois de algumas conversas, começou a palestra dizendo que era arquiteto, mas que não seguiu na carreira e começou a empreender.

Sobre o tema da palestra em si, iniciou falando sobre seu podcast e disse que que há vários pontos a serem ajustados para a criação de um bom show. Um dos mais importantes que ele frisou foi sobre o nome.

Dar nome ao show significa se posicionar e ele bateu muito nessa tecla. “É preciso pensar em como as pessoas vão procurar pelo seu show nos mecanismos de busca”, disse Nathan.

Latka foi um pouco polêmico ao dizer que quanto mais feio for o logo do podcast, melhor será. Mas na verdade foi uma brincadeira, pois citou o próprio logo, que ele mesmo acha horrível.

O The Top Enterpreneurs in Money foi lançado em agosto de 2015. Em 2 anos, está com 5,4 milhões de downloads. Além disso, cada episódio tem em média 50 mil downloads únicos.

É como se eu estivesse todo dia dando uma palestra para 50 mil pessoas, sem sair de casa.

Compartilho abaixo as 6 lições mais importantes da apresentação:

1 – Não é preciso de um estúdio profissional

Nathan Latka contou que muitas pessoas que fazem podcast ficam presas por acharem que precisam comprar muitos equipamentos técnicos. E enfatizou: “Você não precisa de um estúdio!”.

O estúdio, na verdade, precisa estar com você, disse. Ele mesmo grava vários podcasts enquanto viaja pelo mundo. O que leva na mala? Um bom microfone, um laptop e um headset.

2 – Entrevistas geram mais resultados

Um ponto bem importante foi em relação ao modelo de podcast.

Nathan faz um podcast de entrevistas e disse que esse é um modo muito mais barato e que gera muito mais resultados do que apresentar sozinho.

3 – Grave com antecedência

Nathan falou que você tem que manter a frequência e publicar sempre. Não pode falhar, pois as pessoas estão esperando pelo seu podcast.

Frisou que é importante gravar com antecedência. E sugeriu 3 meses de podcasts gravados previamente para que não haja imprevistos e que você não fique sem conteúdo para publicar.

4. Crie uma sequência e fale sobre outros episódios no show

Usando um exemplo do reality show Survivor, Nathan falou da importância de recapitular o último episódio no começo do podcast e falar sobre o assunto do próximo no final.

Traduzindo o exemplo para o podcast, brincou como se fosse âncora do Casts for Closers, o podcast da Meetime e que foi muito citado por Nathan em sua palestra.

Disse o público começar um podcast dizendo, por exemplo, “Na última segunda-feira, conversamos com Neil Patel, que falou sobre taxas de conversão em Landing Page. Esse é o Cast for Closers número 56, começando agora!”.

E terminar com: “Se você gostou desse podcast, fique ligado no próximo. O entrevistado da vez será Oli Gardner e vamos falar sobre testes AB.”

Ou seja, recapitular o antes e dar um teaser do próximo.

5 – Comece com confiança

Para começar seu podcast de entrevistas, Nathan selecionou 60 pessoas que tinham boa audiência para serem entrevistadas.

Ele convenceu as pessoas no inicio mostrando confiança, dizendo que o até o final do verão o show teria 1 milhão de downloads. E ainda disse que iria fazer o email de lançamento com a programação dos 10 primeiros que responderem. Assim ele conseguiu fazer com que as pessoas respondessem rapidamente para ele.

Se ele cumpriu a promessa de downloads? Muito mais: conseguiu 2 milhões de downloads no período.

6 – Defina um modelo de monetização

O podcast precisa gerar receita de alguma forma, direta ou indiretamente. Por isso é preciso definir bem cedo se o podcast vai ser monetizado com anúncios e patrocínios ou com a venda de um produto próprio.

Para empresas que vendem produtos ou serviços, o podcast é um ótimo aliado na geração de negócios. E não precisa ser diretamente, você não precisa vender o produto no episódio, mas pode criar conteúdo relacionado ao que você oferece.

Por fim, Nathan finalizou defendendo que o conteúdo em áudio é mais fácil de ser consumido do que um post no blog e que você não pode malhar e ler, não pode dirigir e ler, mas pode usar o áudio para consumir conteúdo enquanto realiza essas atividades.

E você? Já produz podcasts em sua empresa? Deixe seu comentário e vamos trocar experiências! :)

Marcadores:

Deixe seu comentário