Blog de Marketing Digital de Resultados

A mágica das grandes ideias com o especialista Paulo Maccedo #RDSummit

Autor do livro “Copywriting: O Método Centenário de Escrita mais Cobiçado do Mercado Americano”, Paulo Maccedo sobe ao palco da 7ª edição do RD Summit para falar sobre anúncios que conquistam e emocionam

Este post faz parte do RD Summit Live Show, a cobertura completa do RD Summit 2019. Além de artigos, teremos entrevistas com palestrantes, fotos, vídeos e mais durante os três dias de evento. Visite a página da cobertura e fique por dentro de tudo!

Paulo Maccedo subiu ao palco do RD Summit 2019 com um sorriso no rosto, agradecendo por ter tido sua palestra favoritada por tantas pessoas e, assim, a oportunidade de palestrar na plenária do evento. 

Com o tema Big idea: a palestra mais importante que você verá antes de escrever seu próximo anúncio, levou à loucura os copywriters presentes e todos aqueles que gostam de uma boa, grande e criativa ideia – ou seja: todo mundo!

A seguir, confira alguns dos hacks transmitidos pelo especialista.

Semana do Futuro do Marketing Digital e Vendas

Assista aos webinars e fique por dentro das tendências e mudanças do Marketing para 2020 e seu impacto sobre Vendas.

 

O conceito de big idea

O termo big idea – em português, grande ideia – simboliza, literalmente, a ideia por trás de uma marca, campanha e/ou ação bem-sucedida. 

“Se você pensa em uma grande ideia, você ativa um clique na mente do seu consumidor. Faz com que a sua mensagem entre pela janela enquanto a do concorrente ainda está batendo na porta”, explica Maccedo. Apesar de estar muito ligado à função de copywriting, o termo pode impactar toda a rotina do Marketing de uma empresa: “a big ideia pode influenciar todo o mix de Marketing. Quando você pensa em uma ideia, pensa no produto, nas possíveis melhorias, no preço, nos pontos de venda…”, conclui. 

Os segredos de um bom anúncio

É preciso uma grande ideia para atrair a atenção dos consumidores e, então, vender. Mas o que seria uma boa ideia? Antes de tudo, ela precisa ser instantaneamente compreendida. E ter também um ponto criativo que faça com que o anúncio se destaque. Deve conter, em outras palavras, um turning point, uma virada de chave.

“A sua oferta também precisa ser plausível. Você precisa provar o que está mostrando”, destaca Maccedo.

A criação de uma big ideia pode ser espontânea ou acontecer por meio do método da pesquisa. Na primeira ocasião, como o próprio nome sugere, o anúncio surge naturalmente, em um momento de mais receptividade do autor. No segundo – e mais comum, inclusive a opção mais usada por Maccedo – envolve encher a mente com informações sobre público, mercado, produto, temas relacionados e, então, encontrar um ponto em comum que amarre a ideia toda. 

Maccedo apontou ainda as vantagens de uma big ideia que pode, por exemplo: 

  • Criar uma forte conexão emocional com o público;
  • Re-significar a maneira como pensamos;
  • Ser universal e compreendida por diferentes públicos, nos mais diversos locais;
  • Ser comunicada em todos os tipos de plataformas. 

Além disso, o especialista soltou um conselho valioso: não se apegue emocionalmente à sua primeira ideia. Não tenha medo de, por menor que seja sua dúvida, começar novamente. Podemos – e devemos! – pensar e repensar nossas ideias. “O conceito de big ideia não precisa ser superestimado ou romantizado. As ideias podem ser simples, apenas precisam, de fato, ser diferentes”, afirma. 

“Se não puder chegar ao que considera uma big ideia, faça o melhor copy que puder, com uma promessa impactante e ganchos fortes e poderosos. Cozinhe o arroz com feijão bem temperado”, finaliza.

Marcadores:

Deixe seu comentário