Qual a melhor frequência para postar no Twitter?

Essa é mais uma das perguntas que recebemos o tempo todo aqui. A nossa resposta não costuma deixar muita gente contente: depende! No entanto, há sim um conjunto de coisas comum à todas as empresas e itens a serem analisados para o ajuste fino de cada tipo de negócio. É sobre esses itens que falamos […]


Essa é mais uma das perguntas que recebemos o tempo todo aqui. A nossa resposta não costuma deixar muita gente contente: depende!

No entanto, há sim um conjunto de coisas comum à todas as empresas e itens a serem analisados para o ajuste fino de cada tipo de negócio. É sobre esses itens que falamos nesse post e esperamos que ele ajude na elaboração de sua estratégia:

Itens que toda empresa deve estar atenta

É preciso postar todos os dias

Podemos considerar que o conteúdo diário é bastante recomendado para todas as empresas. O que muda de uma empresa para outra é se ela posta 3 ou 30 tweets.

Estar sempre em contato  com os seguidores ajuda a consolidar sua posição de referencia e aumenta a chance de receber Retweets e levar a mensagem para mais pessoas.

É preciso dar um intervalo entre os Tweets

3 Tweets em seguida podem incomodar mais do que 10 tweets espalhados a cada uma hora. Tweets em sequência transmitem a ideia de tomar conta da timeline do usuário e não costumam ser bem aceitas.

Intervalos de ao menos 20 minutos entre um Tweet e outro são recomendados. Para ajudar nisso, use ferramentas que permitem agendar os Tweets, assim ninguém precisa ficar um dia inteiro na frente do Twitter para postar com frequência.

Você pode e deve repetir alguns Tweets

Peter de Vanzo tem uma frase que faz bastante sentido aqui. Ele diz que se a Internet fosse um lugar, estaria começando a parecer cada vez menos uma biblioteca e cada vez mais um rio.

Em um rio vemos só o que está passando e o que passou, passou. Se no momento que você postar seu público não estiver online, dificilmente ele voltará para receber a mensagem.  Muitos de nossos novos posts não haviam “pegado” até o terceiro Tweet, quando algumas pessoas influentes leram e divulgaram, dando um novo pico de acessos.

Repetir a mensagem não vai te prejudicar muito com quem já leu, desde que você respeite algumas regrinhas:

  • Intercale o tweet repetido com alguns novos;
  • Dê um intervalo um pouco maior durante as repetições. Não repita, por exemplo, em uma mesma manhã. Espere ao menos um turno;
  • Não repita todos os tweets, só os mais importantes e que você mais quer que as pessoas leiam.

Um bom exemplo no assunto é a @SoapBrasil.

Itens que cada empresa deve analisar individualmente

O seu cliente

Vale a pena investigar melhor o seu cliente. Converse com ele e descubra como ele usa o Twitter, com que frequência ele lê, o que ele está achando da sua estratégia.

Sempre há alguns clientes com quem sua empresa tem abertura para esse tipo de coisa, aproveite!

Analise os seguidores atuais

Há pessoas que encaram o Twitter como uma to-do e sempre voltam atrás e leem todos os tweets. É o que faço no meu Twitter pessoal, por exemplo, o @andresiqueira.

Para essas pessoas, evite postar com frequência muito grande ou você vai ser cortado.

É fácil identificar se seus seguidores são desse tipo: basta verificar quantas pessoas elas seguem. Quem acompanha tudo dificilmente segue mais que 200 pessoas porque ficaria muito difícil acompanhar.

Por outro lado, há uma grande parte das pessoas que encaram o Twitter como um rio: veem o que está acontecendo na hora, mas não voltam atrás para olhar e não analisam com calma tweet por tweet.

Para esse tipo de pessoa, quanto mais tweets melhor. O @empreendemia chegou aos mais de 25000 seguidores focando nessas pessoas.

Se tiver volume, teste

Se sua empresa já tiver um bom número de seguidores, nada vale mais do que os testes.

Passe uma semana postando 3 vezes ao dia e veja quantos retweets teve, quantas pessoas seguiram e quantas deixarem de seguir. Depois faça o mesmo postando 10 vezes ao dia e siga em busca de um ponto ótimo para sua empresa.

Só tome o cuidado de não deixar que a quantidade ofusque a qualidade. Analise o perfil das pessoas que deixaram de seguir e das que começaram a seguir. De nada adianta atrair 100 novos seguidores desalinhados do seu publico alvo e perder 10 que representam exatamente seu cliente ideal ou pessoas influentes no seu mercado.

Se tiver alguma experiência ou dica nova no assunto, deixe para a gente nos comentários. E claro, siga a RD no Twitter :)

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários

10 comentários

  1. Job distriduidora

    sou vendedora e costumo fazer propaganda pelo Face,gostaria de saber se o twitter seria uma  melhor forma de propaganda.

  2. Insight Corporativo

    ótimo post! a aproveito para perguntar: para um blg novo, o ideal é que o twitter mantenha-se “requentando”os próprios posts – para os usuários que veem a internet como um rio – ou que coloque outras fontes que estejam ligadas ao conteúdo do site?
    em outras palavras, há diferença em ser um “propagador” de informações e um “propagandista” do próprio blog?
    Um abraço,
    Thaís

    1. Daniel Conde Perez

      Eu uso o Twitter para divulgação daquelas informações que não são tão relevantes a ponto de merecer um post. E também, as piadas / bobeiras com o tema central do blog devem estar presente, o público necessita dessas coisas.

    2. André Siqueira

      Oi Thaís,

      Sua dúvida é muito boa e bastante pertinente.

      Acredito que pra um blog novo vale atuar como curador de conteúdo por um único motivo: um blog novo ainda não tem um acervo de bons posts e de duas uma: ou haveria repetição com muita frequência ou teriam pouquíssimos tweets.

      Depois, quando o acervo for maior, vale começar a voltar nos próprios posts. Embora indicar conteúdos de terceiros tenha seu valor, você está promovendo eles como referência, não sua própria empresa.

      Acho que esse post explica um pouco melhor:
      http://resultadosdigitais.com.br/blog/producao-de-conteudo-a-melhor-aposta-em-marketing-digital/

      Um abraço,

      André Siqueira
      Resultados Digitais

  3. Pingback: A Bordo da Comunicação » Blog Archive Relações Públicas
  4. Daniel Conde Perez

    Tenho um blog e recentemente começamos a atuar no twitter. Coloquei o widget do twitter na pagina do blog, mas o resultado vem sendo lento. Devo insistir no “siga-nos no twitter” ?

    1. André Siqueira

      Oi Daniel,

      É um pouco difícil responder sem uma análise específica do teu caso. Mas se o blog é bem acessado e o conteúdo postado no Twitter trata do mesmo assunto do blog, deve haver um crescimento sim.

      É possível que o problema esteja no blog. Se ele não estiver recebendo muitas visitas ou o conteúdo não chamar muito a atenção, as pessoas não se sentem atraídas o suficiente.

      Outro ponto importante é que o crescimento no Twitter costuma ser de longo prazo. A coisa demora mesmo, mas no fim vale a pena.

      Abcs,

      André Siqueira
      Resultados Digitais