Blog de Marketing Digital de Resultados

Rafael Damasceno: como criar a Landing Page perfeita #RDSummit

Confira as dicas do especialista para fazer as suas páginas campeãs de conversões

Este post faz parte do RD Summit Live Show, a cobertura completa do RD Summit 2018. Além de artigos, teremos entrevistas com palestrantes, fotos, vídeos e mais durante os três dias de evento. Visite a página da cobertura e fique por dentro de tudo!

Além da cobertura da palestra, também conversamos com Rafael Damasceno no RD Summit Live Show. Assista abaixo:

Quem não quer aumentar a taxa de conversão das Landing Pages? O co-fundador da Supersonic (consultoria especializada em Otimização de Taxa de Conversão), Rafael Damasceno, dedicou uma palestra a mostrar como você pode chegar lá.

“A função de uma Landing Page é transformar visitantes em dinheiro, que pode ser entendido como cadastro, trial, venda etc”, afirmou. Apesar de não existir um template mágico, as páginas que têm boa performance possuem características em comum. O que elas fazem?

Convencem o usuário a ouvir você: “a atenção do visitante está cada vez mais dispersa. Numa Landing Page, você tem sete segundos para explicar qual é a sua oferta”, afirmou Damasceno. De acordo com ele, o título é a principal arma para você convencer o potencial cliente a ficar na sua página. “O headline deve apresentar uma única proposta de valor, o motivo que o usuário deve escolher a sua marca e não a concorrente”, completou. Além disso, alinhe ao máximo o título com o interesse do usuário.

São a versão digital do melhor vendedor: essas Landing Pages sabem e lidam com a dor do cliente. “É fundamental um diagnóstico anterior para entender o problema do público, o que ele procura”, afirmou o especialista.

Apresentam os benefícios mais persuasivos: tais páginas mostram os benefícios mais eficientes do produto ou serviço. Lembre-se de deixá-los numa área visível.

Segundo Damasceno, dados e números relacionados ao benefício da oferta conferem precisão e objetividade.

Esclarecem as dúvidas: Damasceno citou o exemplo de um cliente que aumentou o faturamento na casa dos milhões de dólares ao inserir uma seção de perguntas e respostas na páginas. “A audiência procurava esclarecer dúvidas bastante específicas.”

Fazem a oferta mais irrecusável possível: “Valorize ao máximo a sua proposta. O usuário tem de perceber que não há motivos para não converter”, afirmou.

Têm um design que empodera a argumentação: mesmo as páginas mais bonitas fazem ajustes, como deixar o tamanho da fonte suficiente para incomodar. “Quando você pensar ‘nossa, está muito grande’, esse é o momento de parar”, sugeriu Damasceno. Além disso, páginas campeãs possuem o máximo contraste entre o fundo e o texto e usam estrategicamente recursos como itálico e negrito. O especialista foi taxativo sobre o tamanho da página “isso é irrelevante. Ela tem que ser grande o suficiente para o usuário ter motivos para dizer sim a sua oferta. Não coloque qualquer palavra a mais”, afirmou. A cor do botão? “Não importa. O que faz diferença é que exista contraste entre texto e fundo. No mais, não perca tempo testando cor de botão.”

Convencem o usuário a agir agora: se valer do princípio da escassez e da urgência ajuda nessa intenção.

Possuem um formulário perfeito: ele é como se fosse o pênalti num jogo de futebol. Você teve tanto trabalho para trazer o usuário até ali! Aproveite essa chance e peça somente as informações que são realmente necessárias. “Não subestime o formulário”, declarou o especialista.

Usam CTAs descritivos: deixe claro no botão o que acontecerá depois que o usuário clicar. O visitante continuará a montar a loja online? Irá para o carrinho de compras?

Têm versões específicas para desktop e mobile: “não precisa ser um layout completamente novo”, avisou. Em um dos cases mostrados por Damasceno, deixar a barra de busca na página para desktop e exibir as categorias de produtos mais populares na versão para celular aumentou em mais de 70% as vendas via mobile.

Elas mudam o tempo todo: “De tempos em tempos, otimize a sua página. Mas atenção: todas as mudanças só devem ser feitas após a realização de teste a/b. Sempre”, declarou.

Ferramenta CRO

Marcadores:

Deixe seu comentário