Blog de Marketing Digital de Resultados

Recursos gráficos: como utilizar para atrair Leads e educar clientes

Saiba como as animações, gráficos, ilustrações e ícones podem ser usadas para facilitar a compreensão de seu conteúdo

Que tal fazermos um exercício?

Imagine a seguinte situação: existe um círculo grande no meio de uma página branca, depois você consegue ver outro círculo um pouco menor dentro deste círculo maior.

Agora imagine que, dentro deste círculo menor, você pode ver saindo das suas bordas dois riscos grandes posicionados verticalmente e dois riscos grandes posicionados horizontalmente.

Depois, você pode colocar oito riscos que circulam internamente o círculo menor. Do centro desse círculo saem duas linhas, uma pequena e outra grande, uma delas está apontando para cima e outra para a esquerda.

Conseguiu imaginar? Se você conseguiu desenhar em sua mente o que este desenho significa, pode ter chegado à conclusão que se trata de um relógio. Se você não conseguiu chegar a essa conclusão, podemos dizer que seria necessário a criação de um recurso gráfico para auxiliar o entendimento do texto descrito anteriormente.

Textos ainda mais complexos do que esse exemplo, em que é necessária a descrição de alguma ferramenta, tutorial de softwares, explicação de sistemas ou qualquer coisa que exija mais da descrição, podem vir acompanhados de grafismos. Eles são facilitadores para melhorar a comunicação e transformar palavras em ilustrações.



Kit Produção de conteúdo para blog

Veja como definir seus posts, planejar seu calendário de publicação e ganhar produtividade em seu blog

A importância dos recursos gráficos

No Marketing Digital, bem como em muitas áreas que estão em constante mudança e evolução, os recursos gráficos são uma ferramenta muito importante para agregar informação e melhorar a dinâmica do leitor.

Por exemplo, dentro da RD University temos uma grande quantidade de conteúdo relacionado à plataforma do RD Station Marketing, e outros materiais que ensinam sobre Marketing Digital. Para facilitar o entendimento do aluno, utilizamos ilustrações, animações e gráficos que ajudam a explicar o texto de outra forma.

Ensinar através de imagens é um método muito eficaz, que pode ajudar a atrair e engajar Leads que possuem dificuldades de compreender materiais que são muito densos e pesados. Vamos entender melhor como isso pode ser feito?

Exemplos de recursos gráficos e como elas são trabalhados

Os tipos de facilitações gráficas podem ser diferenciados em 4 grupos principais que são mais utilizados:

  • animação
  • gráfico
  • ilustração
  • ícones

1. Animação

Na RD University, trabalhamos com a animação para facilitar o uso do RD Station Marketing, por exemplo. Quando queremos trabalhar com simulações de softwares ou qualquer ferramenta que tem uma variedade de utilidades e está sempre atualizando sua interface, o modelo de simulação animada é bem vindo. Com ele, você consegue focar nas partes que realmente importam e fazer uma versão do layout simplificada.

recursos gráficos

Recursos Gráficos

Também estão inclusos na categoria de animação os gifs, que são utilizados, muitas vezes, como um reforço de alguma atividade ou ação que deve ser tomada. As animações em geral facilitam o entendimento do espectador e transformam as falas dos apresentadores em imagens que permitem suas explicações ficarem mais claras.

Na RD University, criamos uma linguagem única para os cursos em vídeo. Com ela, os letterings (animação de palavras) e motions (gráficos animados) funcionam como facilitadores das explicações e agregam conhecimento, além de fazer sentido com o contexto.

Recursos Gráficos

2. Gráfico

Captura de Tela 2018 08 03 a s 16.32.13 1

Um gráfico pode ser entendido como algo criado para explicar dados e informações de forma ilustrativa. Por exemplo, quando precisamos fazer comparativos entre muitas informações que são números, muitas pessoas demoram ou não conseguem assimilar de forma clara apenas com o texto ou com um apresentador falando. Mesmo porque essa informação se perde e é logo esquecida por quem está absorvendo o conteúdo.

Nesse caso, para exemplificar dados, os gráficos são muito bem vindos para que o leitor ou espectador consiga assimilar o conteúdo. Dentro do Marketing Digital, para que você consiga provar suas ações e suas métricas, é muito importante saber apresentar bem os dados de forma que qualquer pessoa consiga lê-los e entendê-los sem questionamentos.

Captura de Tela 2018 08 03 a s 16.31.21 1

3. Ilustrações

Você já se deparou com um texto grande cheio de dados, informações, palavras e mais palavras e, de repente, precisou voltar ao início para poder entender do que se trata? Então, esse tipo de situação às vezes é revertida com a utilização de ilustrações.

Recursos Gráficos

As ilustrações podem ser utilizadas em vários formatos, mas os mais conhecidos no meio do Marketing Digital são os infográficos, ilustração de contexto ou apoio.

Vamos aos exemplos?

Infográficos são imagens grandes, que contêm a informação e seus dados subdivididos em partes. Muitas vezes são ilustrados de uma maneira para trazer fluxo e facilitação para a leitura. Geralmente, um infográfico faz parte de ou acompanha um texto principal, e funciona como um resumo daquele conteúdo.

Recursos Gráficos

Ilustração de contexto ou apoio seriam aquelas imagens ao lado do texto que pegam uma situação daquela parte do conteúdo e trazem para uma imagem de forma didática e simplificada. Por exemplo: no meio de um texto você se depara com um exemplo de uma situação com personagens fictícios ou uma descrição de como utilizar a ferramenta do RD Station Marketing para agendamento e segmentação de Email Marketing.

Fica mais fácil de entender se conseguirmos visualizar essa situação, não é mesmo?Recursos Gráficos

4. Ícones

Esses são os tipos de grafismos mais simples, mas com pouco querem dizer muito. São muito utilizados para apoio de títulos, para introduzir um conteúdo novo, para dar sentido a botões, ações e ferramentas.

Recursos Gráficos

Existem muitos ícones conhecidos no mundo todo, que já são universais e por isso seu entendimento pode ser em qualquer lugar. Outros são criados para determinados contextos e fazem sentido com o público que você quer atingir e a sua maneira de se comunicar.

Na RD University, procuramos sempre trabalhar com uma mesma linguagem de ícones para manter a unidade do conceito, o que facilita também no reconhecimento de uma marca.

Além disso, um layout que não mantém a mesma linguagem para os ícones ou não tem a mesma unidade de comunicação muitas vezes acaba confundindo seus usuários. Pode também trazer a sensação de falta de foco e objetividade na sua comunicação.

Estilos diferentes e o que eles atendem (linguagens e públicos)

O público para recursos gráficos é muito amplo. Dependendo da forma como é desenvolvido, pode acarretar interpretações diferentes das que você está procurando.

Para um livro infantil, os desenhos, a capa e todas as suas estruturas são pensadas para dialogar com a mente de crianças de até uma certa idade. Dentro do mundo escolar, as ilustrações auxiliam no entendimento do conteúdo das aulas de biologia ou geografia, por exemplo, graças aos infográficos explicando como cada célula funciona ou as camadas que o planeta Terra possui.

Já para o público adulto, temos uma linha tênue que consegue dialogar com pessoas que gostam de um traço mais duro e quebrado, que transmita segurança e força. Há também pessoas que preferem algo mais orgânico e natural, que transmita simpatia.

Você deve se perguntar: de onde vem esse conhecimento e como vou saber o que usar? Não é uma pergunta tão simples de responder, mas no meio do design é o que chamamos de semiótica.

Complicou? Semiótica não é tão difícil assim, quando precisamos fazer alguma peça gráfica (vídeo, animação, infográfico, embalagem, folder, revista, livro, etc.), antes é realizada uma grande pesquisa de mercado e de situação. A semiótica entra como o estudo de linguagens, formas e o que elas representam em forma de signos e símbolos.

Por exemplo: quando você assiste um desenho animado em um canal infantil e se depara com personagens de formas simples. Na verdade, aqueles personagens foram pensados e projetados para que crianças de 2 a 4 anos possam interagir e tenham um entendimento da história que está sendo contada através das suas formas e cores. Tendo em vista que na semiótica, e principalmente na psicologia, a mente de uma criança ainda não é bem desenvolvida, portanto não consegue processar formas e cores muito complexas.

“Ok, mas como aplicamos isso ao meu público?” Na RD University, nosso foco vai desde pessoas entre 20-25 anos até 60-70 anos, ou seja: quase todo mundo. Adultos de todos os jeitos, manias, culturas e com um ponto em comum: querendo o mesmo acesso ao conhecimento. Para isso, você precisa entender os tipos de objetos gráficos e quais deles funcionam melhor para que todos consigam entender o conteúdo de forma clara.

A RD University trabalha com a diversidade de conteúdo, então temos desde materiais em vídeo até materiais em texto, infográficos e animações. Muitas pessoas, no meio da tecnologia, conseguem assimilar o conhecimento com vídeos rápidos e explicações que sejam sucintas, enquanto outras preferem textos e conteúdos mais densos.

Temos cada vez mais aplicado o modelo de microlearning, que são formatos de “cápsulas” que trabalham conteúdos independentes, mas fazem parte de um curso maior. Esses modelos permitem uma maior variedade de objetos gráficos que consegue atender a todos os gostos e públicos diferentes que temos.

Para os adultos, é sempre bom que haja uma mente mais aberta para criar e principalmente ouvir feedbacks que possam vir quando seu material for lançado. Tudo isso pode te ajudar a ampliar sua pesquisa e finalmente chegar ao melhor resultado.

O importante, dentro da criação e da inserção de recursos gráficos nos seus materiais, é entender que aquele apoio visual deve ter um contexto e sempre ser utilizado para auxiliar o seu espectador a se sentir por dentro do seu conteúdo. Para criar uma ilustração, um ícone, uma animação ou um infográfico, lembre-se sempre de levar em consideração qual é a principal informação naquele conteúdo e o que vale a pena ser reforçado ou ressaltado na sua imagem.

Para ter mais acesso aos nossos materiais e saber mais como trabalhamos com nossos recursos gráficos, não deixe de acessar a RD university. Além de aprender mais sobre Marketing Digital e Inbound Marketing, você pode observar os nossos materiais e inclusive melhorar seu senso crítico com relação às peças gráficas.

Baixe também nosso Kit de Produção de Conteúdo para Blog, é gratuito! Basta preencher o formulário abaixo.



Kit Produção de conteúdo para blog

Veja como definir seus posts, planejar seu calendário de publicação e ganhar produtividade em seu blog

Marcadores:

Deixe seu comentário