Redator freelancer: o que você precisa saber antes de contratar um

A escolha certa desse profissional será determinante para o sucesso da sua estratégia de Marketing de Conteúdo


Sem tempo de ler? Experimente ouvir o artigo no player abaixo :)

 

 

Investir em Marketing de Conteúdo é uma tendência cada vez mais forte. Segundo a pesquisa Content Trends de 2017, 71% das empresas já adotam essa estratégia no Brasil. Porém, colocá-la em prática é um desafio — a começar pela formação da equipe.

Um dos profissionais indispensáveis para o sucesso do Marketing de Conteúdo é o redator. Ele atua diretamente por meio da criação de textos para blogs, redes sociais, sites e anúncios online. Ou seja, ele é responsável pela matéria-prima da estratégia de Marketing de Conteúdo!

Mas será que essa produção de conteúdo pode ser feita internamente? Ou é melhor contratar um redator freelancer? E quais cuidados são necessários ao escolher esse profissional?

As dúvidas são naturais, pois se trata de uma atividade nova. Mas agora vamos resolvê-las: neste post, veja tudo o que você precisa saber antes de contratar um redator freelancer!

Se você quer dar um passo atrás e saber mais sobre metodologia, baixe gratuitamente o eBook Marketing de Conteúdo para Resultados, um PDF completo para empresas que querem crescer utilizando uma estratégia de conteúdo.

eBook Marketing de Conteúdo para Resultados

Um ebook em PDF completo para empresas que querem crescer utilizando uma estratégia de conteúdo

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Quando é necessário contratar um redator freelancer?

Se você tem um site, blog ou perfis nas redes sociais, precisa produzir conteúdos para abastecer esses canais.

No começo, é natural que o próprio dono do negócio ou o responsável pela comunicação faça esse trabalho. Porém, eles começam a ficar sobrecarregados quando as estratégias amadurecem.

Nesse momento, a empresa percebe a necessidade de investir no Marketing de Conteúdo, e passa a ser essencial um profissional dedicado especialmente à produção de textos. Então, essa é a hora de contratar um redator freelancer.

Ele vai agregar qualidade à sua estratégia e consistência à frequência de posts, por se dedicar exclusivamente ao conteúdo com todo o seu conhecimento e experiência.

Enquanto isso, os demais profissionais que estavam envolvidos podem, agora, focar suas atividades nas suas áreas, tornando a empresa mais eficiente.

Produção de conteúdo interna, externa ou mista: qual a melhor opção?

Talvez você já tenha percebido a necessidade de contratar um redator, mas ainda está em dúvida: vale a pena mobilizar a equipe interna para produzir conteúdo ou é melhor contratar um freelancer?

Na maioria das empresas, são os profissionais de marketing que assumem a produção de conteúdo para a web. O problema é que, geralmente, essa equipe é enxuta, formada por 2-5 funcionários, que têm outras diversas responsabilidades.

Dessa forma, a equipe não dá conta, e os conteúdos não recebem a dedicação que precisam para gerar resultados.

A contratação do redator freelancer é uma boa solução. Como já dissemos, com uma dedicação exclusiva ao conteúdo ele ajuda a manter uma boa frequência de publicações e melhora a qualidade dos textos.

Porém mesclar as duas opções pode ser o ideal. A pesquisa Content Trends de 2017 mostrou que 20% das empresas adotam essa combinação — 9% a mais que em 2016.

Assim, enquanto o redator freelancer torna a produção escalável, os colaboradores podem orientar a estratégia e criar textos mais complexos esporadicamente, já que conhecem bem o negócio, o cliente e o mercado.

Pensando no funil de vendas, as pautas do redator freelancer podem se encaixar melhor no topo, que demanda conteúdos mais genéricos e em maior quantidade. Já os posts da equipe interna podem entrar no fundo do funil, que pede conteúdos mais específicos e aprofundados.

O que é preciso avaliar antes de contratar um redator freelancer?

Já está procurando um redator freelancer e não sabe como avaliar os candidatos? Selecionamos alguns pontos importantes para analisar antes da contratação, para que você faça a escolha certa! Confira!

1. Certificações

O que não falta no mercado são pessoas dizendo que entendem tudo de Marketing Digital, Inbound Marketing, redes sociais, SEO ou Marketing de Conteúdo. Mas como saber se elas realmente têm conhecimento no assunto?

Uma das formas de garantir isso é exigindo certificações. Existem várias gratuitas e de qualidade na internet, como a de Produção de Conteúdo para Web da Rock Content. Não tem desculpa para o redator não fazer!

2. Conhecimento em SEO e Marketing de Conteúdo

O redator de que você precisa não deve ser alguém que simplesmente sabe escrever um texto. Ele deve também compreender a estratégia que existe por trás de uma pauta e otimizar a sua redação para que atenda aos objetivos da empresa.

Por isso, avalie o que o candidato sabe sobre SEO e Marketing de Conteúdo, que são essenciais para a qualidade do seu trabalho.

Com esse conhecimento, ele saberá produzir textos agradáveis para o leitor, que podem ser encontrados no Google e que servem à sua estratégia.

3. Portfólio e experiências

Analise a experiência do redator dentro da área para a qual você deseja contratá-lo. Por exemplo, se você é uma agência e precisa atender um escritório de arquitetura, procure redatores que já tenham atendido esse mercado, preferencialmente empresas relevantes.

Outra questão importante do portfólio é o foco da trajetória profissional e a afinidade com o que você deseja. Pode ser que o redator seja expert em redação jornalística, mas o que você precisa é de um copywriter. Será que ele é a melhor opção?

4. Formas e condições de pagamento

Questões práticas também devem entrar na avaliação dos candidatos a redator freelancer, e uma delas é o pagamento. Questione o redator quais são as formas e condições de pagamento que ele costuma oferecer e veja se está adequado ao que você precisa.

Veja algumas questões de exemplo:

  • O pagamento será feito por depósito?
  • O redator emite nota fiscal?
  • Qual será o dia de pagamento no mês?

É importante entrar em acordo sobre essas questões antes de começar a produção de conteúdo para evitar indisposições.

5. Disponibilidade e prazos de produção

Outra questão prática para alinhar junto ao redator freelancer é a sua disponibilidade. Se ele não for capaz de atender à sua demanda, talvez seja necessário escolher outro candidato ou contratar mais de um redator. Veja algumas perguntas importantes:

  • Quantas tarefas o redator pode produzir por semana ou mês?
  • Qual prazo ele precisa para produzir uma tarefa?
  • O redator está disponível para reuniões periódicas?

Mais uma vez, busque essas respostas antes de começar o trabalho, pois elas podem gerar desentendimentos.

6. Atendimento ao cliente

Nessas conversas que você terá com o redator antes de contratá-lo, analise também o trato com o cliente. Procure um redator respeitoso, que seja pontual nas reuniões e calls, que demonstre comprometimento com a estratégia e entusiasmo com a parceria.

Um redator profissional compreende a sua atividade como um negócio, que precisa de clientes para prosperar. Se não há esse profissionalismo, será que você pode mesmo contar com ele como parceiro?

Talvez esse post tenha enchido sua cabeça de questões, mas agora você já sabe avaliar melhor como contratar um redator freelancer. A escolha certa desse profissional será determinante para o sucesso da sua estratégia de Marketing de Conteúdo!

E, já que falamos tanto em criar textos para a internet, vá até o blog da Comunidade Rock Content e entenda definitivamente o que é produção de conteúdo para a web!

Deixe seu comentário

Comentários

3 comentários

  1. Alissa Antonela

    Parabéns, gostei do conteúdo, muito bom o material, vou começar a seguir.

    Obrigada

  2. Nicole

    Sinto-me preparada para uma entrevista!

  3. Édio Cardoso Dias

    Ótimo e oportuno artigo! Foi bom saber disso! Só uma pergunta: o redator contatato deve sempre fornecer uma amostra grátis de seu trabalho, dentro da área(assunto) específica que o cliente quer? Obrigado!