Blog de Marketing Digital de Resultados

O que é o Redirect 301 e por que ele é um bom amigo do profissional de Marketing

Em linhas gerais, o Redirect 301 é uma instrução no servidor que informa que a Página A agora é a Página B, de forma que quando o visitante acessar a Página A será automaticamente remetido para o endereço da Página B.

É através desse mecanismo que quando você acessa bancoreal.com.br cai em santander.com.br e também quando você acessa www.resultadosdigitais.com.br cai em resultadosdigitais.com.br.

Mesmo fazendo parte do universo técnico, o Redirect 301 é uma ferramenta que todo profissional de Marketing deve conhecer, já que ela pode ter forte impacto na experiência do usuário e também nos resultados da sua empresa em ferramentas de busca.

eBook: 27 dicas de SEO acionáveis para impulsionar seu site no Google

Veja algumas estratégias que você pode adotar em seu site para melhorar seu posicionamento e atrair mais tráfego

O que são esses códigos numéricos como 301, 404 e o que querem dizer

Quando você digita uma URL em seu navegador, ele vai até o servidor web, onde a página esta hospedada, e tem a intenção de buscar o conteúdo que ali estiver. O servidor, por sua vez, retorna com um código para seu navegador. Normalmente este código é HTTP 200, que significa que sua página está ok e dessa forma o site é carregado normalmente. Alguns outros códigos de retorno:

  • 500 – Internal Server Error – indica uma falha interna no servidor. Há diversas razões que podem resultar neste erro, como por exemplo, erros de permissões na leitura ou ainda uma falha na estabilidade do site;
  • 404 – Page not Found – indica que a página não foi encontrada. Isso significa que o arquivo (página) hospedado neste servidor não foi encontrado, comentaremos mais abaixo sobre esse erro e como resolvê-lo;
  • 302 Temporary redirect – é um redirecionamento de uma página para outro endereço, mas com indicação de caráter temporário, não permanente.

Entre esses códigos, está o 301, que informa ao seu navegador que a página ou site acessados mudaram permanentemente de endereço;

Uma forma simples de identificar qual o código que um endereço retorna é inserir esse endereço no HTTP Header Checker, ferramenta gratuita dos nossos amigos da Agência Mestre:
http://www.agenciamestre.com/ferramentas-seo/http-header-checker/

Por que e quais os principais casos em que os Redirects 301 devem ser utilizados

O principal motivo para utilizar o redirect 301 é que ele transmite quase que integralmente a autoridade do antigo endereço para o novo, o que não acontece com o redirect 302 ou com redirecionamentos feitos por meio de javascript.

Por isso, são 3 as situações mais comuns em que o redirect 301 faz todo sentido:

Migração de páginas que não existem mais (erro 404):
Em alguns casos, é natural que você queira que uma página, uma campanha ou algum outro conteúdo do seu site deixe de existir. E só tirar esse material do ar não vai manter o site com a melhor experiencia possível ao seu visitante, já que ao visitar algum desses endereços o usuário vai receber o famoso aviso “páginas não encontradas” (erro 404).

Nesse caso, o ideal é redirecionar o usuário para alguma outra página que seja mais amigável, de preferência com conteúdo relacionado ao antigo.

Migração de sites
Há casos em que a intenção não é mudar só uma página: é mudar um site inteiro!

A SEOmoz, uma das principais ferramentas de SEO do mercado, há algum tempo mudou seu nome para Moz. Com isso, vem o trabalho de passar todo o site para o novo endereço. Como já tinham muita autoridade no endereço antigo e queriam transmitir isso para o novo, o redirect 301 acabou sendo a alternativa perfeita.

Todos que acessam o endereço antigo já caem na página nova e o Google entende e valoriza o site novo da mesma forma como faria com o antigo.

Evitar conteúdo duplicado
Sabia que www.suaempresa.com.br e suaempresa.com.br são endereços diferentes? Pelos olhos do Google, isso pode ser caracterizado como conteúdo duplicado, além de diluir a autoridade das páginas. Isso não é nada bom, certo?

É por isso que na Resultados Digitais, ao entrar no endereço www.resultadosdigitais.com.br, há um redirect 301 que te leva ao endereço resultadosdigitais.com.br. Dessa forma, conseguimos levar os usuários que digitam de maneira diferente para a mesma página e unificar a autoridade delas perante o Google.

Se o seu site não faz isso, agradeça: são grandes as chances de seus resultados melhorarem muito quando o problema for corrigido.

Como o Google encara o 301 Redirect

No video abaixo temos a explicação de Matt Cuts, o principal responsável pelo time de Webspam do Google (que responde por boa parte das alterações de algoritmo da ferramenta), explicando como o Google enxerga o redirect 301:

Redirecionei corretamente as páginas do meu site?

Uma forma de saber se o redirect 301 está funcionando é utilizar a ferramenta do HTTP Header Checker que indicamos nesse artigo.

Outro diagnóstico eficiente é usar a Google Webmaster Tools, uma excelente ferramenta para análise geral do site.

Se as páginas não forem corretamente redirecionadas, haverá um aumento, indicado no GWT, de páginas não encontradas – erro 404. Este aumento do numero de páginas não encontradas ao longo prazo vai reduzir o ranking do seu site, já que o mesmo não oferece uma boa experiência para o usuário.

Fica fácil identificar ali quais endereços não foram ajustados e precisam ser redirecionados também.

Como fazer o redirecionamento 301

Como indicamos, o redirecionamento 301 é feito no servidor, por isso vai depender bastante do tipo de servidor que sua empresa usa.

Esse aspecto mais técnico os profissionais de marketing não precisam necessariamente conhecer, mas caso queira indicar para o seu desenvolvedor, há um bom guia no endereço abaixo:
http://www.webconfs.com/how-to-redirect-a-webpage.php

Post escrito por Cristiano Silveiro.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários

30 comentários

  1. Welisson

    Artigo muito bom!

    preciso mudar as url do site, porque na época não intendia muito bem… e acabei deixando a url com a data do post.

    Tenho que mudar umas 58 postagens, são poucos posts ainda. Só que fiquei sabendo que isso é ruim porque vai ter muitos redirecionamentos né?

    Você já passou por isso alguma vez? Sera que perderia o ranck?

  2. VL

    Gente, para páginas internas do meu blog, isso não é algo mais simples de se fazer acessando as configurações do Blogger e Preferências de Pesquisa (http://prntscr.com/fvaxtd)?

    Ou não funcionaria?

    E alguém sabe se isso (alterar o URL) prejudica muito o status da página no Google?

    Obrigado!

  3. Waylle França

    Minha dúvida é a seguinte: é necessário fazer esse redirecionamento 301, se eu simplesmente migrar de hospedagem, mas mantiver todo o conteúdo idêntico? Eu tinha 4 sites numa hospedagem A, fiz um backup completo, apontei os DNS dos domínios para a nova hospedagem B, criei os domínios adicionais com os mesmos nomes, instalei o WP em cada um deles e fiz o upload dos sites na nova hospedagem. A seguir cancelei o plano que tinha com a antiga. Deveria, mesmo assim, ter feito o redirect 301?

    1. Flaubi Farias

      Oi, Waylle. Você mudou o domínio ou manteve o mesmo? Se o mesmo domínio foi mantido, não precisa fazer redirect não.

      Abraços,

  4. Jorge Moreno

    Conteúdo muito bom, tenho uma dúvida pois estou prestes a aplicar o 301 em um projeto, o domínio que vai ser redirecionado é https://www.mudancasemgoiania.com o novo nome de domínio é https://www.levemudancas.com.br que é o nome da marca… A pergunta é, eu vou continuar com os rankings que o domínio mudanças em goiana possui? Tenho essa dúvida, pode me ajudar?

  5. Yandiro Túlio Sandoval

    Pessoal, tenho minhas landing pages todas em um segundo servidor. Meu CNAME está fazendo esse direcionamento. Tudo que está em conteudo.beerkingclub.com.br vai para esse segundo servidor.

    Quero trocar o domínio e manter tudo o resto. Vai ficar assim: conteudo.beerkingstore.com.br

    Como faço esse redirect? Já busquei por tudo e ainda não achei! Tem que redirecionar todo o tráfego do subdomínio apenas.

    1. BBens Promotora

      Pelo que entendi, se mudar o endereço, pode fazer o redirecionamento de todas as páginas de uma única vez com o redirecionamento 301. Mas se está fazendo o redirecionamento de páginas diferentes desta, ficará o redirecionamento do redirecionamento, então pode ter problemas.

  6. BBens Promotora

    Temos um site já a algum tempo, mas em virtude de um problema em nosso servidor, perdemos todos os links e estávamos sem backup. Recuperamos o site, mas foram criados outros links. Entendemos ser o momento de melhorar o site e criamos um novo. Essas duas mudanças deixaram um rastro de links quebrados. Fiz redirecionamento 301, mas recebi uma mensagem após 43 redirecionamentos que havia excesso de redirecionamentos. Perdendo todo o trabalho feito, pois só manteve os últimos 3 redirecionamentos excluindo os 40. Não entendi porque o cpanel limita o redirecionamento em 42.

    1. Cristiano Silveiro

      Olá, edite o arquivo [.htaccess] diretamente via http://FTP... Nele não haverá limitação de redirects.

      1. BBens Promotora

        Cristiano Silveiro, muito obrigado! Vou tentar fazer isso.

  7. Marcos Vinicius Velozo

    eu tenho um blog no blogger e usava meupropriodominio.com,:mas resolvi mudar de endereco e fiz umnovodominio.blogspot.com.br, eu preciso fazer o redirecionamento301ou nao é necessário? ps: eu nao voltei pro antigodominio.blogsppt.com. Eu fiz um novodominio.blogspot.com

    1. Flaubi Farias

      Oi, Marcos. Você precisa fazer o redirect para que as pessoas que entrarem no seu domínio antigo possam cair no novo. Abraços!

  8. Felipe Marcelino

    Amigos..
    Estou com uma duvida aqui que nem o Google me ajuda. Aqui onde trabalho o pessoal tinha o costume de fazer redirect 301 de noticias de eventos antigos para eventos novos, por ex, show do Detonautas 2016 passou e vai ter um mês que vem agora em 2018.. Aqui o costume era criar um redirect na noticia do show de 2016 pra um conteúdo diferente da noticia do show de 2018.. Agora no nosso webmaster tools ta a seguinte informação pra correção: “O Google detectou um padrão de links de saída artificiais, enganosos ou manipuladores neste site. Isso pode ser resultado da venda de links para passar no PageRank ou da participação em esquemas de links” … estou desconfiando que pode ser isso. O que vocês acham? Vale propor o teste de remover todos ( pq são muitos ) 301 desse tipo?

    1. Fabiano de Mattos

      Felipe, caso os seus redirects sejam apenas internos, ou seja, não apontem para outro domínio ou subdomínio, eles não configuram como link externo. Portanto não estão relacionados ao problema como Google. Sugiro que vc faça um levantamento de todos os links em seu site que apontam para outros domínios e considere seu volume total e média de links por página. A utilização de “nofollow” nestes links deverá solucionar seu problema.

  9. Helder Ferrari

    Olá, estou passando minha página principal de index.html para index.asp, preciso , isso no mesmo servidor e hospedagem, preciso fazer o redirecionamento 301 ?

  10. Fellipe

    quero mudar todo meu site, mas ainda manter o dominio por causa de sua relevancia em SEO. só usar 301 redirect e está tudo certo?

  11. Victor Queiroz

    No caso, se eu fizer um redirect 301 de um site comprado para um site novo, corro risco de ser penalizado?

  12. ismael

    Tem como eu saber de onde veio a venda usando o redirect 301 ?

    1. Yandiro Túlio Sandoval

      Imagino que sim, ele passa tudo o que vem depois do domínio. Exemplo:

      redirect 301 / novodominio.com.br

      se o cara digitar dominioantigo.com.br/link1 vai para novodominio.com.br/link1

  13. Fernando Pereira

    Olá André, criei um subdomínio para meu site com redirecionamento para um subdiretório. Há contagem de tráfego para ambos ou só para o segundo? fiz assim para não duplicar o conteúdo.

    1. Flaubi Farias

      Fernando, se você fez redirect o tráfego é só para o segundo sim. Você fez certo. Queria aproveitar para recomendar um artigo novo que publicamos sobre conteúdo duplicado: http://resultadosdigitais.com.br/blog/conteudo-duplicado-e-seo/

      Espero que te ajude ainda mais. Abraços!

  14. Carlos Augusto dos Santos

    Olá André, ótimo artigo! Tenho um site wordpress com um tema que gera posts únicos mas no meu segmento a maioria dos sites aparecem nas pesquisas do google no formato de listas, por exemplo site de classificados onde alguém pesquisa um termo em uma determinada cidade e nas pesquisas aparece uma lista. Para não mudar o código criei uma página deixei o google rastrear instalei um plugin de redirecionamento e crie um link com uma lista que é gerada no mecanismo de pesquisa do site depois ativei o 301. Funcionou bem o google rastreou. A minha dúvida é se posso usar isso sempre e se existe um limite de redirecionamentos que posso fazer, além disso tenho o redirecionamento 307 também como opção. Por favor me ajude!

  15. Rodrigo Filardi

    Essa informação sobre dominio.com.br ser diferente de http://www.dominio.com.br ainda procede? Isso significa que todos os principais sites da Internet estão errados, usando o “www”?

    1. André Siqueira

      Oi Rodrigo,
      Não é erro usar o www. Erro é disponibilizar as duas versões sem redirect 301 ou uma canonical tag.
      Fazendo uma dessas coisas está tudo ok.
      Abs,

      1. Dan

        André, alguma dica de como fazer essa mudança do www? Meu dominio é pelo GoDaddy, é diretamento por lá que corrigo para 301?

  16. Beto Pugliese

    bem explicado, valeu mesmo.

  17. Cristiano Silveiro

    … ????

  18. Hermes

    Legal, gostei, as informações por aqui foram ótimas.