Blog de Marketing Digital de Resultados

Social Ads: gere mais resultados para sua empresa anunciando nas redes sociais

Conheça os principais formatos de anúncios que podem ajudar a divulgar o seu negócio nas mídias sociais mais populares

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo:

 

 

A produção de conteúdo é a base do Marketing Digital. Seja um blogpost, um eBook ou um tutorial em vídeo, o material precisa ter qualidade para conquistar a audiência. Antes de mais nada, porém, esse conteúdo precisa ser encontrado e lido ou assistido. Uma boa estratégia de Social Ads pode lhe ajudar muito nesse sentido.

Os anúncios em redes sociais são uma forma de agilizar a distribuição da produção de marketing da sua empresa. Isso por que o alcance orgânico em mecanismos de busca, como o Google, e nas próprias mídias sociais pode demorar a vir. Se a sua empresa não for conhecida, dificilmente será procurada pelo nome.

Mais do que isso, trabalhar com Social Ads lhe proporciona falar diretamente com o público-alvo da sua empresa. Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter, por exemplo, permitem segmentações em níveis muito profundos. As atividades dos usuários fornecem informações valiosas para que as empresas façam ofertas personalizadas.

Neste post, você vai saber mais sobre os principais formatos de anúncios oferecidos pelas redes sociais mais populares. Veja como a sua empresa pode se beneficiar encontrando Leads e clientes sem, necessariamente, gastar muito dinheiro.



eBook Facebook Ads: o guia completo

Descubra como criar campanhas no Facebook Ads e veja dicas comprovadas para aumentar suas conversões

O que são Social Ads?

Social Ads são anúncios que se aproveitam das características sociais da internet para atingir uma determinada audiência. A forma mais comum de fazer isso é pelas redes sociais, como Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter. Cada uma delas tem seus próprios tipos de Social Ads.

Em linhas gerais, você pode pagar por clique no anúncio, por visualização ou até por conversão. Tudo depende do seu objetivo e do seu orçamento para essa ação patrocinada. Todas as plataformas oferecem variadas opções.

A seguir, vamos comentar separadamente o que você precisa fazer para anunciar em cada uma das mídias sociais. A ideia é que você avalie qual pode ser mais interessante para o seu negócio, ou mesmo visualize uma estratégia que contemple mais de uma delas. Vamos lá?

Facebook Ads

O Facebook é a rede social mais popular do mundo, com mais de 2,2 bilhões de usuários. Para muitos deles, inclusive, o Facebook é a internet, ou ao menos a porta de entrada dela. No Brasil, já são quase 130 milhões de pessoas usando. É uma boa oportunidade, portanto, para sua empresa impactar um grande número de pessoas.

O pré-requisito básico é que o seu negócio tenha uma página (e não um perfil), para que tenha acesso ao Gerenciador de Anúncios. Ele dá acesso também a outros apps da família Facebook, como o Instagram, o Messenger e o Stories. Você pode selecionar:

  • O objetivo do anúncio
  • O público a ser alcançado
  • A posição e os aplicativos em que aparecerá
  • O orçamento
  • O formato de exibição

Depois de publicado, a ferramenta oferece uma análise completa dos resultados, para que você analise o que deu certo e o que deu errado. Há, inclusive, a possibilidade de fazer alterações em uma campanha que está em andamento. Você também pode impactar pessoas que não curtem a sua página, ampliando o alcance dos seus produtos ou serviços.

Outra coisa bacana é fazer seus anúncios no Facebook usando uma plataforma completa de Marketing Digital. O RD Station Marketing permite que você faça um trabalho integrado com Leads capturados em outros canais, como o tráfego orgânico do Google, por exemplo. Você pode testar o software gratuitamente, clicando no banner abaixo:

rd station marketing

Instagram Ads

Como falamos acima, os anúncios no Instagram podem ser feitos através do Gerenciador do Facebook. Essa integração, aliás, é um dos pontos que torna os Social Ads feitos no Insta tão interessantes. As possibilidades de segmentação ganham muito com as informações combinadas das redes sociais.

Anunciar no Instagram é ótimo para negócios que têm produtos ou serviços com apelo visual, mas isso não quer dizer que só funcione nesse sentido. Você pode trabalhar com imagens de forma criativa, combinando-as com textos certeiros. Assim, tem boas chances de conseguir resultados relevantes.

Lembre-se que você estará disputando espaço na timeline das pessoas com seus amigos e perfis com elevado apelo visual. Por isso, capriche! Os anúncios podem ser feitos no próprio aplicativo, facilitando um pouco o seu trabalho. Veja os tipos disponíveis de Instagram Ads:

  • Stories
  • Foto
  • Vídeo
  • Carrossel
  • Coleção de produtos

Caso você tenha se interessado em se aprofundar nas possibilidades oferecidas pelo app de fotos mais usado do mundo, temos um material bem bacana para você baixar: Como anunciar no Instagram Ads. Basta clicar no link para acessar gratuitamente. Caso precise de mais um argumento, saiba que o Brasil já tem 69 milhões de usuários do Insta!

Anúncios no LinkedIn

Ao contrário do que muita gente pensa, o LinkedIn não serve apenas para deixar o currículo. Você pode se surpreender com as possibilidades da rede social profissional. Vale a pena estudar a possibilidade de ter uma Company Page na plataforma, divulgando os seus serviços e interagindo com possíveis clientes e parceiros.

Como não poderia deixar de ser, é possível fazer Social Ads também no LinkedIn. A criação de anúncios ganhou um upgrade recentemente, deixando a funcionalidade parecida com a do Facebook. Os valores são um pouco mais caros, mas a proposta é que você fale diretamente com tomadores de decisão do seu mercado.

A segmentação e o contexto profissional são os destaques do LinkedIn Ads. As opções também são bem variadas, indo desde um pequeno anúncio de texto na coluna lateral até um InMail direto – é como se fosse uma DM. Como as pessoas já estão ali em busca de novidades de negócios, os anúncios parecem menos intrusivos na experiência de uso.

Vale lembrar que o LinkedIn tem se esforçado bastante na diversificação de seus tipos de conteúdo. Recentemente, os vídeos vêm ganhando muito destaque nas timelines. Se você ainda está começando a conhecer essa rede social, baixe o eBook Introdução ao Marketing Digital no LinkedIn. É gratuito!

Twitter Ads

Não é porque deixamos por último que o Twitter é menos interessante. Lembre-se: você deve avaliar o que mais faz sentido para o seu negócio. A rede social dos 140 280 caracteres voltou a ganhar popularidade nos últimos tempos.

O Twitter virou uma segunda tela para muitos programas de televisão, trabalhando em parceria com as redes. A pegada instantânea também facilita as conversas, em mais um atrativo para os anunciantes.

Falando em segunda tela, o Twitter tem segmentações de anúncios para quem está assistindo uma novela ou um programa gastronômico naquele momento, por exemplo. Um anúncio inteligente pode inserir a sua empresa nessa conversa.

Para anunciar, você também conta com um plataforma completa de edição e análise, o Twitter Ads. Os resultados são apresentados em detalhes, para que você avalie o retorno do seu investimento.

Comece a fazer Social Ads

Os anúncios fazem parte das nossas vidas há muito tempo, seja em revistas ou na televisão. Os Social Ads vieram para oferecer conversas diretas com o público-alvo, através de segmentações mais precisas com base em dados fornecidos pelos próprios usuários.

A ideia de fazer tudo por conta própria pode assustar no começo, mas o retorno que isso pode trazer à sua empresa faz valer a pena. Se você quer começar, quem sabe pelo Facebook, pode saber mais com um eBook bem legal. É o Facebook Ads: o Guia Completo e Gratuito. Para recebê-lo, basta preencher os dados abaixo!



eBook Facebook Ads: o guia completo

Descubra como criar campanhas no Facebook Ads e veja dicas comprovadas para aumentar suas conversões

Marcadores:

Deixe seu comentário