Pesquisas apontam para o crescimento do Mobile Marketing com estratégias de Social Media

Número de brasileiros que usam redes sociais através de smartphones já passa de 148 milhões, com uma média de uso diária de quase 4 horas; marcas podem impulsionar seus resultados a partir desses canais.


Já não é novidade que vivemos uma era de intenso consumo de informações online com o combo que juntou o amplo acesso à internet com a disseminação dos smartphones. É essa combinação que vem chamando a atenção e provando ser uma das tendências de Marketing Digital mais relevantes para o mercado.

Acontece que poucos setores evoluíram tão rapidamente quanto o Mobile Marketing.

  • O Mobile Marketing é o conjunto de ações de marketing que sua empresa pode fazer para atrair os usuários de dispositivos móveis. Afinal, a forma de consumir conteúdo de diferentes formatos muda quando comparamos um smartphone com um desktop, não é mesmo?

Os hábitos do consumidor e as tecnologias móveis evoluíram tanto que as empresas precisam olhar diretamente para isso se querem estar um passo à frente da concorrência. Para continuar relevantes, já não dá mais para fugir do princípio mobile first: o foco inicial é direcionado aos dispositivos móveis, e só em seguida para os desktops.

Hoje existe quase o dobro de smartphones sendo utilizados do que pessoas no mundo: em 2021, a estimativa é que a população mundial esteja na faixa de 7,8 bilhões de habitantes, de acordo com dados do portal WorldO’meter, enquanto o número de dispositivos móveis já chegou a quase 15 bilhões, segundo os dados da Statista.

smartphones x popuação mundial

Em 2022, teremos o dobro de smartphones na comparação com a população mundial (Fonte: Statista – Number of mobile devices worldwide 2020-2025, Published by S. O’Dea, Sep 24, 2021)

A expectativa é de que em 2025 já sejam 18 bilhões de aparelhos usados. E sabe o que grande parte deles têm e terá em comum? Aplicativos de redes sociais instalados.

Hoje é muito fácil fazer essa associação: o tráfego nas diferentes redes sociais vem a partir do mobile. E aqui, vamos entender juntos, com o apoio de especialistas no tema, qual o impacto que as ações de Marketing Digital direcionadas para redes sociais – e por tabela para os dispositivos móveis – podem gerar hoje e no futuro.

8 passos para ir além dos likes e tornar suas Redes Sociais lucrativas

Preencha o formulário para acessar o eBook com as estratégias para dar o próximo passo nas redes!

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Sabia que você passa mais de 3 horas por dia nas redes sociais?

Na verdade são 3 horas e 42 minutos para ser mais exato levando em conta os usuários do Brasil. É isso que mostra o relatório Digital 2021, publicado em parceria entre We Are Social e Hootsuite.

tempo que os brasileiros gastam na internet

Brasileiros passam mais de 10 horas usando a internet diariamente e mais de 3 horas usando Redes Sociais (Fonte: Digital 2021 – Brazil, fevereiro/2021)

Esse número é 53% maior que a média global de uso diário das redes sociais, que está em 2 horas e 25 minutos. Portanto, não é de se espantar que mais empresas estão aproveitando o potencial dessas redes a cada dia. Se você deseja ser notado, a regra é clara: concentre-se nos usuários que estão olhando agora para as telas dos celulares.

Hoje já são 150 milhões de usuários ativos de redes sociais no Brasil, o que representa 70,3% da nossa população. Mas o destaque vai mesmo para o total que navega nessas redes usando seus dispositivos móveis: 98,8%!

Isso mesmo, são 148,2 milhões de usuários – só no Brasil – que podem ver o seu perfil ou o da sua empresa usando um aparelho que cabe no bolso, ou no pulso…

tempo que os brasileiros passam nas redes sociais

Alto índice de Brasileiros usando Redes Sociais a partir de dispositivos móveis: mais de 148 dos 150 milhões que possuem contas ativas nessas redes (Fonte: Digital 2021 – Brazil, fevereiro/2021)

Isso significa que uma coisa está conectada com a outra: se quer pensar em estratégias de Mobile Marketing, automaticamente você precisa pensar em ações práticas para os perfis de redes sociais da sua marca.

  • 🎯 Insight → Seu sucesso com Mobile Marketing passa diretamente pelas estratégias nas redes sociais

Alguns outros números presentes no mesmo relatório reforçam essa tese:

  • Existem agora 4,20 bilhões de usuários de mídias sociais em todo o mundo;
  • Esse número cresceu 490 milhões de 2020 para 2021, gerando um crescimento ano a ano de mais de 13%;
  • O número de usuários de mídias sociais é agora equivalente a mais de 53% da população total do mundo.

Número de downloads do Instagram supera Facebook e WhatsApp pela primeira vez

No estudo The Evolution of Social Media Apps (A evolução dos apps de Redes Sociais, em português), realizado pela App Annie, que atua com a análise de dados de mercado mobile, a mudança no competitivo ranking de downloads de aplicativos chamou a atenção:

  • No 1º semestre de 2021, o Instagram foi o 2º aplicativo mais baixado na categoria de Social and Entertainment Apps (Aplicativos de redes sociais e entretenimento), atrás só do TikTok, mas na frente de Facebook e WhatsApp;
  • A última vez que o número de downloads do Instagram foi maior que um dos outros dois foi em 2012, quando ficou à frente do WhatsApp;
  • Detalhe importante: todos os 3 pertencem ao conglomerado Facebook.
Top 5 no ranking de downloads no 1º semestre de 2021

Top 5 no ranking de downloads no 1º semestre de 2021 contou com TikTok, Instagram, Facebook, WhatsApp e Telegram (Fonte: The Evolution of Social Media Apps, App Annie)

Mas será que isso já indica uma tendência de oportunidade para as marcas, que podem usar esse canal – e o TikTok também – para gerar negócios? É um bom momento de investir em produção de conteúdo por lá?

Na visão de Júlia Munhoz, especialista em Marketing Digital e criadora de perfis como @maquiagemx e @penteadosx no Instagram, onde soma uma audiência de 10 milhões de seguidores, “hoje, os consumidores usam muito as redes sociais para tomarem decisões de compra. Toda hora são influenciados por postagens, vídeos, anúncios, influenciadores digitais e conteúdos compartilhados. Por isso, é tão importante para quem tem um negócio, seja ele físico ou digital, estar bem posicionado nas redes sociais”.

Convidamos Júlia, que também é autora Best Seller com o livro Instagram para Negócios, para compartilhar algumas dicas.

“Se você começou agora a sua jornada ou pensa em começar a usar as redes sociais para vender mais, aqui estão algumas dicas que fazem toda a diferença:

  1. Escolha as principais redes sociais que você quer trabalhar o seu negócio e entenda que, cada rede, funciona de uma maneira diferente;
  2. Lembre-se de que as redes sociais não são canais diretos de venda, e sim canais para gerar conteúdos e criar conexões (isso gera vendas);
  3. Tenha paciência e seja constante: se você quiser resultados imediatos, você se frustrará. O segredo está em seguir uma estratégia, ser constante na execução dela e ter paciência para colher os resultados;
  4. Invista em conhecimento, produção de conteúdo, divulgação e relacionamento com a sua audiência;
  5. Planeje o que você irá postar em seus canais: a organização faz toda a diferença para você não perder tempo e energia dentro das redes sociais.”

Já dá pra considerar o TikTok como um canal para geração de resultados de Marketing?

Desde que apareceu no ranking de aplicativos mais baixados, o TikTok aparece entre os 4 principais. Em 2020, liderou o ranking. Para 2021, a previsão é a mesma: liderar essa lista bem disputada. 

É claro que os principais concorrentes dessa rede social, que passaram de uma década de mercado, ainda estão muito à frente no número de usuários ativos. Mas não podemos deixar de destacar que o app segue em ritmo acelerado desde sua criação:

  • Dados da Statista mostram que em julho de 2021 o TikTok alcançou a marca de 732 milhões de usuários ativos no mundo;
  • O Facebook lidera a lista, com quase 3 bilhões de usuários.

 

Ranking de redes sociais mais populares em todo o mundo em julho de 2021

Ranking de redes sociais mais populares em todo o mundo em julho de 2021, classificadas por número de usuários ativos. (Fonte: Statista – Social Media & User-Generated Content, julho de 2021)

Para Lizandra Muniz, coordenadora de Social & Community aqui na RD Station, “a tendência gigantesca de crescimento do TikTok e do Instagram no último ano é um bom indício da importância da diversificação de formatos e públicos quando estamos falando de canais em mídias sociais. O Instagram já deixou claro que vai priorizar vídeos – em um movimento para tentar concorrer com a audiência do TikTok”.

Um grande diferencial do TikTok é a facilidade para criar conteúdos. “O TikTok já se mostra como o maior concorrente aos canais do Facebook e seu algoritmo valoriza até criadores pequenos. Você não precisa seguir ninguém no TikTok para ter conteúdos que são a sua cara no app. Para marcas, vale muito estudar como utilizar a plataforma e sua audiência diferenciada para conquistar novos públicos”, destaca Lizandra.

Perguntada se este parece um canal a ser explorado pelas marcas a partir de agora, a resposta é de que “são poucas as empresas que já estão usando no TikTok, enquanto no Instagram já vemos indícios há um tempo da saturação de conteúdo corporativo. Pode ser uma boa aposta para 2022”, sugere a especialista.

O link na bio do TikTok – sim, ela existe e já usamos lá no perfil @resultadosdigitais – é uma das formas de conseguir impactar sua audiência positivamente e conquistar uma base de contatos para trabalhar em outras ações.

Aproveita e já segue nosso time de atores Marketing por lá!

@resultadosdigitaisQuem nunca? 🤪🥵 Confira no LINK na BIO um calendário que vai te ajudar a organizar seus posts por plataformas, horários e editorias ##carregando♬ ahAAAAA HAHAAAA – ryn, the mean lesbian wifeguy

 

  • 🎯 Insight → O TikTok já é uma boa aposta para produção de conteúdo. No Instagram já existe uma saturação de conteúdo corporativo.

Crescimento do acesso a sites de ecommerce é influência das estratégias de Mobile Marketing?

Não é de surpreender que a escala do M-commerce ou mobile commerce tenha crescido exponencialmente. O uso dos smartphones abriu caminho para que essa área ganhe uma fatia maior do mercado de marketing.

Esse é um dos importantes impactos da pandemia do Covid-19, que nos afastou ainda mais das compras presenciais e direcionou para as compras online.

Mas aqui é preciso falar que, com os consumidores cada vez mais confortáveis ​​ao fazer compras online, otimizar seu site para dispositivos móveis é crucial. Ainda mais se sua intenção é contar com as redes sociais para levar o público até suas páginas de produtos.

Dados mundiais do Salesforce Shopping Index, um conjunto de estatísticas globais de compras online, tendências de marketing e crescimento do comércio eletrônico, mostram que o percentual de visitas a sites de ecommerce em que a fonte de referência é via Redes Sociais está em 8,9%, considerando o acesso a partir de qualquer dispositivo.

percentual de visitas a sites de ecommerce em que a fonte de referência é via Redes Sociais

Quando olhamos para todos os acessos a sites de ecommerce a partir de dispositivos mobile, esse percentual de visitas a partir das redes sociais aumenta para 11,6%.

Como o gráfico mostra, essa taxa vem aumentando com o tempo:

  • subiu de 7% no final de 2019 para 8,9% considerando todos os dispositivos;
  • subiu de 9% no final de 2019 para 11,6% considerando apenas dispositivos mobile.

Mas ainda podemos considerar esse crescimento, de cerca de 1% ao ano, levando em conta o volume de pessoas que estão presentes nas redes sociais diariamente e o tempo que ficam por lá, bem pequeno.

3 dicas para usar as redes sociais a seu favor

Analisando esse resultado, Carolina Lima, palestrante e Head de Social Media na Loja Integrada, confirma que “as redes sociais possuem um grande potencial de levar acessos para as lojas virtuais”.

Na visão dela, “apesar de pesquisas mostrarem que o número ainda é baixo, apenas 8,9% de tráfego dos ecommerces vem via Social Media, é possível trazer os canais como grandes aliados, basta ter estratégia e aproveitar as oportunidades”.

Se você tem uma loja online e quer aproveitar esse potencial ainda pouco explorado das redes sociais, confira as 3 dicas que a especialista compartilhou, indicando como usar as redes sociais ao seu favor:

  1. Finalize seus posts sempre com uma chamada para ação, neste caso, para sua loja. Use links encurtados, link na bio no Instagram, figurinha com link nos stories;
  2. A sacolinha do Instagram é um recurso incrível também para quem é lojista. Imagina ter seus produtos linkados em suas próprias publicações com valor, e o link direcionando para seu site? Não deixe de ativar!
  3. Vídeos são uma ótima forma de conseguir alcance em redes sociais, principalmente se tratando de lives ou reels/TikTok. Consiga este alcance sempre finalizando com chamada para sua loja.

Tendências de Marketing - poder das redes sociais no mobile

Vá além das redes sociais para levar suas estratégias de marketing para o próximo nível

Sua estratégia de marketing nas redes sociais é sim um pilar importante para alcançar seus objetivos. Toda marca pode olhar para essas diferentes ferramentas e canais como peças chave para alcançar os consumidores, atuando nos espaços em que eles mais acessam durante o dia.

Mas lembre-se: eu, você e literalmente todo o mundo ficamos sem acesso às principais redes sociais do mundo no último dia 4 de outubro de 2021. Não importa se Mark Zuckerberg tropeçou nos fios, se a culpa foi do Mercúrio retrógrado ou se o Bug do Milênio chegou atrasado: a verdade é que passamos quase 7 horas sem acesso a 3 das 4 redes mais usadas. Então será que vale a pena mesmo contar com elas?

Claro que sim! Está na cara que essas plataformas são essenciais para que as marcas alcancem mais pessoas e consigam vender mais. Mas não podemos confundir as coisas e pensar que fazer Marketing Digital é o mesmo que postar no Facebook ou só usar o WhatsApp para vender.

Dicas que você precisa ver antes desse conteúdo terminar 👀

A dica número 1 e a mais importante de todas é contar com seu próprio site. Tenha um canal próprio, que sua empresa tem total controle para administrar.

É claro que um site pode ficar fora do ar, mas tudo está sob o seu controle. Quando algum erro acontece, é mais fácil encontrá-lo e voltar a ficar online em minutos. Já as plataformas controladas pelo Facebook, por exemplo, realmente costumam levar algumas horas para conseguir deixar bilhões de usuários – bilhões! – ativos novamente.

Outra dica importante é diversificar seus canais e ter sempre um plano B. Afinal, se o seu público não estava te encontrando no Instagram, será que eles não pensaram que sua marca tinha um perfil no Twitter?

Acredito que agora, conhecendo os indicadores e tendências de marketing, você tem algumas reflexões a fazer e decisões a tomar, mas certamente todas com um único objetivo: tornar suas ações mais efetivas e gerar mais vendas

Gostou dos dados indicados aqui? Então que tal ter esse mesmo nível de análises na sua operação de Marketing Digital, seja com as campanhas de email, conversões nas suas páginas e links usados nas redes sociais? Ah, e o melhor, centralizados em um único lugar?

É só contar criar sua conta gratuita do RD Station Marketing, ferramenta líder em automação de marketing no Brasil e usada por mais de 32 mil clientes. Conte com ela para aplicar tudo que precisa e dar o próximo passo:

Deixe seu comentário

Comentários