O que é Growth Mindset? Saiba por que ele é importante e como desenvolvê-lo

Em geral, pessoas com mentalidade de crescimento são abertas a feedbacks e a novos desafios, persistem diante de obstáculos e veem o esforço como um caminho para o sucesso. Você é assim?


Em vez de ler, você prefere ouvir o post sobre Growth Mindset? É só clicar no player abaixo:

Diante de uma situação qualquer, no seu dia a dia, como você costuma reagir? Você se considera otimista ou pessimista? Sabia que a forma como você pensa e encara os fatos diz muito sobre sua forma de trabalhar e gerar resultados? É por isso que o Growth Mindset está sendo tão valorizado no mercado.

Não é à toa que o livro Mindset – A nova psicologia do sucesso é o 1º mais vendido na Amazon na categoria Psicologia do Desenvolvimento. Nele, a autora Carol S. Dweck, professora de psicologia na Universidade Stanford e especialista internacional em sucesso e motivação, explica a relevância desse conceito tão falado hoje em dia: mindset.

Segundo Dweck, a atitude mental com que encaramos a vida, que ela chama de “mindset”, é crucial para o sucesso. Ao longo de décadas de pesquisa, ela analisou como o sucesso pode ser alcançado pela maneira como lidamos com nossos objetivos. (Veja um TED Talk da Carol S. Dweck sobre como podemos aumentar a capacidade de nosso cérebro de aprender e resolver problemas.)

E o que isso tem a ver com sua carreira ou a evolução do seu negócio? Neste artigo, vamos explorar especificamente o Growth Mindset (ou mindset de crescimento), a forma de pensar das pessoas que buscam constante aprendizado, melhoria contínua e desenvolvimento de novas habilidades.

Aprenda a desenvolver o Growth Mindset para melhorar suas relações com as pessoas e com o trabalho. Assim, você vai ver que esse é um fator decisivo para que todo o seu potencial seja explorado.

Neste artigo, você vai aprender:

  • O que é Growth Mindset?
  • Mentalidade Fixa x Mentalidade de Crescimento
  • Por que Growth Mindset é importante?
  • Exemplos de pensamentos de quem tem Growth Mindset
  • 4 dicas para desenvolver Growth Mindset
  • Growth Mindset, Growth Hacking e Growth Marketing
  • Relação do Growth Mindset com Agile Mindset

28 Estratégias Avançadas de Marketing Digital

Você quer trazer ações avançadas para fazer a sua empresa crescer com Marketing Digital, atrair mais clientes e, além disso, ser referência no mercado? Então saia na frente e conheça 28 estratégias utilizadas por especialistas!

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

O que é Growth Mindset?

Em um discurso encorajador feito para a turma de formandos da San Jose State University, a artista, estrategista e entrevistadora Debbie Millman disse:

Se você imaginar menos, menos será o que você, sem dúvida, merece. Faça o que você ama e não pare até conseguir o que ama. Trabalhe o máximo que puder, imagine imensidades, não se comprometa e não perca tempo. Comece agora. Não daqui a 20 anos, nem daqui a duas semanas. Agora.

Podemos dizer que uma pessoa que segue esse conselho tem Growth Mindset.

Pessoas com mentalidade de crescimento:

  • Abraçam desafios;
  • Persistem diante de obstáculos;
  • Veem o esforço como um caminho para a maestria;
  • Aprendem com as críticas;
  • Encontram lições e inspiração no sucesso dos outros.

Como resultado dessa forma de encarar a vida, elas têm melhores resultados e alcançam níveis mais elevados de performance e realização pessoal e profissional. Uma receita poderosa para quem quer ter sucesso na vida e no trabalho.

Uma característica importante da mentalidade de crescimento é a forma como lida com o fracasso. Aliás, para esse tipo de mindset, não existe fracasso. São pessoas que olham o mundo com o olhar de aprendiz. Tudo pode ser aprendido e desenvolvido.

Mas, muito longe de autoajuda, o Growth Mindset diz respeito ao desenvolvimento de habilidades, de formas de trabalhar e gerar resultados, de postura diante de situações do dia a dia, que te levam para outro nível.

Como bem disse Carol S. Dweck:

As pessoas com essa mentalidade acreditam que qualquer um pode ser qualquer coisa, que qualquer pessoa com motivação ou educação adequadas pode se tornar Einstein ou Beethoven? Não, mas eles acreditam que o verdadeiro potencial de uma pessoa é desconhecido; que é impossível prever o que pode ser realizado com anos de paixão, trabalho e treinamento.

Mentalidade Fixa x Mentalidade de Crescimento

Para entender melhor o que é Growth Mindset, você deve entender também o que seria o oposto dessa forma de pensar: fixed mindset (ou mentalidade fixa).

A mentalidade fixa desconsidera que podemos desenvolver novas habilidades e construir coisas novas. Neste mundo, o esforço é visto como algo ruim, um peso. Pessoas com mentalidade fixa têm muita dificuldade em lidar com novos desafios e mudanças, por isso tendem a evitá-los.

Além disso, a mentalidade fixa não sabe lidar com críticas e se sente ameaçada pelo sucesso dos outros. Pessoas assim acreditam que o sucesso é provar que você é inteligente ou talentoso, validando a si mesmo.

Ser rejeitada, perder uma partida, errar ou ser demitida é necessariamente um atestado de fracasso para essas pessoas. Significa que não são inteligentes ou talentosas, na visão delas.

Quando falamos de mentalidade fixa, falamos de crenças limitantes: conceitos e verdades imutáveis que impedem o crescimento. E, definitivamente, com o mundo em constante evolução, não temos mais espaço para esse tipo de mentalidade.

Por que Growth Mindset é importante?

Você já deve ter ouvido falar em mundo VUCA, um acrônimo das palavras inglesas Volatility, Uncertainty, Complexity e Ambiguity (volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade). Mudanças, imprevisibilidade, incertezas nos cercam o tempo todo, e não saber lidar com esses cenários nos coloca bem atrás na busca pelo sucesso.

Desde 2020, com a pandemia do coronavírus, vivemos justamente esse mundo VUCA, só que de forma acelerada e exponencial. Já parou para pensar como, em quase 2 anos, tanta coisa mudou? Como tivemos que nos reinventar, aprender, reaprender, inovar? Olha aí o olhar de aprendiz que mencionamos acima.

Agora, imagine se diante de um cenário de caos, permanecemos com mentalidade fixa? Será que sobreviveríamos?

Transformação digital, internet das coisas, inteligência artificial, 5G, Big Data, Metaverso… Você domina esses assuntos? Lembra de quando eles surgiram? Esses são só alguns dos últimos anos, e com certeza surgirão muito mais nos próximos. Porque o mundo está em constante mudança. E se o mundo muda, porque nossa mente haveria de ficar fixa?

No mercado de trabalho, é a mesma lógica. Profissionais com mindset de crescimento são valorizados por buscarem o aprendizado constante, aprenderem com os erros e se satisfazerem com o sucesso de seus colegas e da empresa onde trabalham.

Na busca por melhores soluções, quem você acha que se sai melhor? Uma pessoa com mentalidade fixa ou uma com mentalidade de crescimento?

Se as empresas precisam estar preparadas para os diversos cenários que ainda estão por vir, é natural que busquem profissionais aptos a encararem desafios constantemente, dispostos a errar rápido, aprender rápido e evoluir rápido. E pessoas com Growth Mindset são exatamente esse perfil.

Exemplos de pensamentos de quem tem Growth Mindset

Growth Mindset está longe de ser um conceito novo em nossas vidas. O termo foi usado pela primeira vez em 2012, por Carol S. Dweck, em uma entrevista. No ano seguinte (2013), seu livro foi publicado.

Já em 2016, foi a vez da CEO da Microsoft no Brasil, Paula Bellizia, chamar atenção para o tema. Em um congresso sobre governança corporativa, Bellizia afirmou que é preciso cultivar a mentalidade de crescimento nas empresas e descartar a cultura da mentalidade fixa. Ela apontou o poder de aprendizado na força de trabalho como uma das ferramentas essenciais para uma empresa de sucesso.

Dá para aplicar o mindset de crescimento em absolutamente tudo na nossa vida. Em casa, no trabalho, na escola, nos ambientes sociais. A seguir, veja como pensariam duas pessoas com diferentes formas de encarar os fatos.

Situação: Você trabalha há algum tempo no mesmo cargo, no mesmo setor, fazendo a mesma coisa. Um dia, você é convidado a liderar um projeto novo na empresa, diferente de tudo que você já fez.

Se você tem mentalidade fixa, vai pensar: “Prefiro nem tentar, isso é muito difícil para mim.”

Se você tem mentalidade de crescimento, vai pensar: “É um novo desafio, vou me esforçar e me dedicar para ter sucesso.”

E aí, em qual você se encaixa?

4 dicas para desenvolver Growth Mindset

Se você chegou até aqui e, ao ler tudo, se identificou com o mindset fixo, está tudo bem. Você não precisa virar uma chave para ter Growth Mindset nem abrir sua cabeça e mudar de “modo”. 

Todos podem desenvolver essa postura a partir de práticas perfeitamente aplicáveis no seu dia a dia. Listamos aqui 4 dicas para você começar hoje mesmo!

1. Substitua “fracasso” por aprendizado

Vale falarmos da “Cultura do Erro”, já adotada em muitas organizações. Na escola, desde crianças, nas empresas e na vida, fomos muito educados a somente acertar. O erro levava a uma bronca, a uma nota baixa, uma reprovação ou demissão.

Empresas que cultivam o erro são ambientes férteis para pessoas com mindset de crescimento. Neste caso, as falhas são vistas como grandes oportunidades para aprendizado e melhoria contínua.

Ficar triste porque errou? Considerar que a “batalha” está perdida por conta de um único erro? Sentir-se fracassado? Essas são atitudes de alguém com mentalidade fixa.

Para alimentar sua mentalidade de crescimento, olhe para os erros como parte do processo para chegar até os resultados desejados. E o principal: o quanto você pode tirar de aprendizado a partir desses erros.

2. Valorize o caminho até o resultado

Já ouviu aquela frase: “O caminho é mais importante que o destino”? É isso. Às vezes, ficamos tão obcecados pelo resultado, por atingir as metas que colocamos, que esquecemos de aproveitar o processo, como chegamos até ali.

Valorize seu processo, que envolve altos e baixos, momentos bons e ruins, erros, acertos e aprendizados. Growth Mindset envolve aproveitar o caminho e desfrutar dos resultados como consequência de um constante processo de crescimento.

3. Encare o reconhecimento como consequência

Já falamos no início deste artigo que Growth Mindset tem a ver com encontrar lições e inspiração no sucesso dos outros. E isso também tem a ver com parar de perseguir o tempo todo seu reconhecimento individual.

Pessoas com mentalidade de crescimento focam no aprendizado, melhoria contínua e desenvolvimento, muito mais do que no fortalecimento do ego. Elas estão tão focadas em aprender para gerar resultados, que o sucesso e, consequentemente, o reconhecimento, vem com o tempo, inevitavelmente.

4. Esteja aberto a feedbacks

Feedbacks são excelentes ferramentas para sua evolução. Encare as críticas como oportunidade para crescer. Considere a visão de pessoas ao seu redor, que gostam de você, se importam com seu crescimento e querem chegar aos resultados tanto quanto você.

Esteja aberto a ouvir as pessoas, peça feedbacks e, principalmente, considere esses feedbacks nas suas próximas atitudes. Não tenha medo nem vergonha de se adaptar incorporando um feedback, se isso for representar uma melhoria.

Growth Mindset, Growth Hacking e Growth Marketing

Para que você não se confunda com alguns termos relacionados a esse conceito, é importante esclarecer alguns mais usados. Entenda a diferença entre Growth Mindset, Growth Hacking e Growth Marketing, e saiba utilizar esses termos da maneira correta.

Growth Mindset

Esse já exploramos bastante aqui, mas aqui vai um resumo para reforçar: Growth Mindset é uma mentalidade que foca no aprendizado para desenvolver habilidades e inteligência. Em geral, pessoas com mentalidade de crescimento são abertas a feedbacks e a novos desafios, persistem diante de obstáculos e veem o esforço como um caminho para o sucesso.

Growth Hacking

O termo Growth Hacking, criado por Sean Ellis, é um conjunto de práticas para gerar resultados de forma acelerada para negócios. Pode ser definido também como marketing orientado a experimentos.

Sean Ellis utilizou essa estratégia para acelerar startups como Dropbox e Eventbrite, hoje gigantes. O trabalho de times de Growth Hacking consiste em levantar hipóteses, validar, fazer testes e, assim, descobrir oportunidades que façam a empresa crescer de forma acelerada.

Growth Hacking é bem orientado à experiência, por exemplo testes contínuos em sites, no conteúdo ou no design, para aumentar rapidamente o ROI.

Growth Marketing

Enquanto o Growth Hacking se concentra nos resultados imediatos, o Growth Marketing aposta no longo prazo. O Growth Marketing utiliza de outras práticas além do Growth Hacking para crescer exponencialmente em vendas, aquisição e retenção de clientes.

É uma estratégia que visa muito mais do que cliques, likes e vendas. Busca construir relacionamentos de longo prazo para gerar vendas recorrentes.

Relação do Growth Mindset com Agile Mindset

Agora que você entendeu a fundo o que é Growth Mindset, está a poucos passos de entender também um pouco da cultura ágil. Isso mesmo!

Os métodos ágeis vêm ganhando cada vez mais espaço nas empresas – quase 70% das organizações no mundo, independente de tamanho, estão usando pilares do mindset ágil.

Mas, afinal, o que é mindset ágil (ou mentalidade ágil, também chamada de cultura ágil)?

A Agilidade envolve três pilares: entrega de valor, ciclos curtos e melhoria contínua. “Responder a mudanças mais que seguir um plano” é parte do Manifesto Ágil e é um valor fundamental para entender a Agilidade.

Por que os métodos ágeis fazem tanto sucesso? Porque os impactos são reais: entregas de valor em ciclos curtos, melhoria contínua, maior produtividade, menos desperdício, clientes e colaboradores mais felizes.

A cultura ágil engloba alguns conceitos que falamos aqui ao abordar Growth Mindset:

  • cultura do erro
  • melhoria contínua
  • aprendizado
  • colaboração
  • abertura a feedbacks
  • empoderamento
  • inclinação a novos desafios
  • não aversão a mudanças
  • adaptação
  • crescimento e evolução em cenários imprevisíveis

Para se aprofundar mais no tema Mindset Ágil, visite o site da K21, uma consultoria que promove a Agilidade como cultura, não como uma simples ferramenta.